Pag. 50 de 50« Primeira...510...484950

Bicicleta no Metrô: agora pode!

v de bike

Em dias e horários determinados e com autorização obtida na hora, mas pode. Achei que ia demorar bem mais pra sair isso…

A informação veio hoje de manhã informalmente através do gabinete da vereadora Soninha Francine e agora à tarde já está em vários sites de notícias.

Mas calma lá: não vá tentar entrar agora

Metrô ainda não permite nem bicicletas dobráveis

v de bike

Tem gente que leva mala maior que isso (Foto: Divulgação)

Atualizado em 22/fev/07: agora em dias e horários específicos pode, veja post acima Atualizado em 9/mai/07: durante a semana, continuam encrencando com as inofensivas dobráveis

Algumas estações permitem entrar com a bicicleta dobrável (dobrada, claro), mas outras não. Depende do humor do funcionário. Belém

Expresso Tiradentes contará com bicicletários

v de bike

O Expresso Tiradentes (nova versão do malfadado “Fura-Fila”) é um projeto de corredor expresso de ônibus, que em determinado trecho corre por via elevada. Estão previstos 32km de extensão, ligando o centro à Cidade Tiradentes. O sistema já está em fase de testes e a promessa é de entrar em operação em janeiro próximo.

O

Como foi o Dia Mundial Sem Carros 2006 em São Paulo

Paulista com a Brigadeiro

Relato e fotos da Bicicletada e da Vaga Viva realizados em São Paulo no dia 22 de setembro de 2006, Dia Mundial Sem Carros.

Como foi o Desafio Intermodal (a versão longa e apaixonada)

v de bike

Desafiando o senso comum

Foto: gira-luddista

Na quarta-feira, dia 20, realizamos o primeiro Desafio Intermodal de São Paulo. Além de fazer um barulho e chamar atenção para o Dia Sem Carros, também queríamos mostrar a todos o que nós, ciclistas urbanos, já sabemos. Mas o objetivo não era apenas mostrar que a bicicleta é rápida

Desafio Intermodal foi um sucesso

v de bike

Participantes e organizadores do evento, em foto em frente à Prefeitura. Em cima, à direita, o Secretário do Verde e Meio Ambiente da cidade, Eduardo Jorge.

O Desafio Intermodal foi ótimo! Com ampla cobertura da imprensa, tivemos duas ciclistas fazendo percursos diferentes e três pessoas utilizando alternativas variadas de transporte coletivo, além do carro

22 de setembro – Dia Mundial Sem Carros

v de bike

O que é

Movimento internacional em defesa do meio ambiente e da qualidade de vida nas cidades, que acontece anualmente no dia 22 de setembro.

A Jornada “Na Cidade Sem Meu Carro” surge da preocupação relacionada com a qualidade do ar das nossas cidades. Tendo em vista que o setor dos transportes é responsável

Massa Crítica e Bicicletada

v de bike

(Obs.: texto escrito em 2006; hoje em dia, a Bicicletada de São Paulo reúne CENTENAS de pessoas)

Vejam esse vídeo, de uma menininha participando da Massa Crítica de Budapeste (Hungria). A menina pedala muito bem pra idade dela e consegue acompanhar os adultos. Repare no posicionamento dela ao pedalar em pé, para dar uma acelerada

A evolução da Bicicletada paulistana

v de bike

A Bicicletada de São Paulo tem se tornado cada vez mais criativa. Nas últimas edições, o que se viu foi o predomínio da criatividade, da festa, da alegria de se trocar o carro pela bicicleta. Em vez da postura agressiva com os motoristas, comum – e até certo ponto compreensível – de algumas manifestações do

Praça do Ciclista

v de bike

O pessoal da Bicicletada resolveu “inaugurar” a Praça do Ciclista aqui em São Paulo, sexta-feira passada. Pegaram uma praça que tem no final da Av. Paulista que não tem placa e colocaram a placa deles lá. Fizeram inauguração cortando fita, anunciando no megafone e tudo. Passei lá ontem à noite e ainda estava lá

Lei que obriga a criação de estacionamentos para bicicletas

v de bike

Foi uma grata surpresa descobrir que isso foi aprovado. Não sabíamos nem que estava sendo discutido! Se alguém souber como a gente pode ajudar na fiscalização dessa lei, de quanto tempo os estabelecimentos dispõe para criar esses espaços e outras informações desse tipo, por favor me avise! Pesquisei bastante na internet mas não encontrei nada

Caso USP: foi correto associar as mortes ao fechamento?

v de bike

(publicado em 23 de maio de 2005)

Muita gente, mesmo no meio ciclístico, tem questionado o uso das mortes dos ciclistas como estopim para a manifestação do dia 20/05. Argumenta-se que isso foi uma manipulação dos fatos, já que uma das vítimas, por ser professor da USP, poderia entrar lá de bicicleta quando quisesse.

Concordo.

Pag. 50 de 50« Primeira...510...484950