Love Lane

v de bike

Desde o começo dessa semana, tenho um motivo a mais para sorrir quando saio na rua de bicicleta. Agora todos os dias eu uso a “Love Lane”:

Essa bicicletinha foi pintada no asfalto na minha rua e suspeito que o local não foi escolhido a esmo. Valeu CETB, eu e a Pri adoramos!

Continuem

Gentileza não, é Lei!

v de bike

Os paraciclos que ficam do lado de fora do Pão de Acúcar “verde” continuam sendo chamados de bicicletário e de gentileza.

LEI Nº 14.266, DE 6 DE FEVEREIRO DE 2007 Art. 8º Os terminais e estações de transferência do SITP, os edifícios públicos, as indústrias, escolas, centros de compras, condomínios, parques e outros

São Paulo e Europa pelos olhos de uma ciclista

v de bike

Algumas semanas atrás, a Priscila estava em uma padaria quando viu chegar uma menina numa bicicleta com alforges, com aquele jeito de quem adotou a bicicleta como estilo de vida. Puxou assunto e a conversa fluiu naturalmente, como sempre acontece com quem usa a bicicleta.

Marici é bibliotecária e usa a bicicleta para tudo, principalmente

Pão de Açúcar e o bicicletário que não era

v de bike

No texto anterior, comentei que ainda voltaria ao “Pão de Açúcar Verde”, a loja da V. Clementino, em São Paulo, em busca do bicicletário perdido, já que na visita anterior não havia conseguido encontrar a plaquinha bonita que o site deles mostra, tampouco a área do estacionamento reservada para bicicletas.

Pois bem, achei o bicicletário.

A resposta do Pão de Açúcar e o bicicletário perdido

v de bike

Como continuidade ao assunto anterior aqui do Vá de Bike, que tratava do roubo de uma bicicleta dentro do estacionamento de um supermercado e da falta de tato (para dizer o mínimo) com que a cliente foi tratada pelos funcionários, publico a resposta que recebi do grupo Pão de Açúcar:

O Pão de Açúcar se