Desenvolveu algum estudo sobre o uso da bicicleta? Inscreva-o no RuedaLab

Congresso acontece em novembro de 2016.

Os dez melhores trabalhos receberão apoio para que um representante seja enviado à conferência, com todos os gastos pagos pela organização.

Em pesquisa acadêmica, ciclovias do RJ são comparadas às de cidades como Copenhaguen e Bogotá

Ciclovia no Rio de Janeiro. Foto: Transporte Ativo

Pesquisa sobre os avanços da mobilidade urbana na capital fluminense reposiciona a bicicleta como meio de transporte urbano.

Congresso no Rio trouxe ideias para a mobilidade que funcionaram em outras cidades do mundo

Enrique Peñalosa, ex-prefeito de Bogotá, capital colombiana. Foto: Mariana Gil/WRI Brasil Cidades Sustentáveis

Encontro com prefeitos e ex-prefeitos de vários países promoveu discussão sobre políticas inclusivas e sustentáveis de mobilidade nas grandes cidades.

A diferença entre atravessar uma rua em Copenhagen e em SP – e 5 lições para as cidades brasileiras

O tempo de espera para que o sinal dos pedestres abra nessa avenida em Copenhagen é de apenas 40 segundos. Há então 30 segundos para a travessia. Imagem: Cidades para Pessoas/Reprodução

Veja também várias cidades que têm criado redes de ciclovias para deslocamentos cotidianos nos últimos anos. Priorizar as pessoas é tendência mundial.

Em Bogotá, decisão de restringir o automóvel veio antes de melhorias no transporte público

TransMilenio de Bogotá: BRT da capital colombiana foi inspirada em modelo de Curitiba. Foto: mariordo59 (cc)

Em vez de esperar o transporte público dos sonhos para então pensar em mudanças, Bogotá começou com a meta de restringir o uso do automóvel.

Incentivos ao uso da bicicleta podem melhorar a segurança pública?

Enrique Peñalosa - Foto: Fronteiras do Pensamento/Divulgação

Para Enrique Peñalosa, valorizar quem usa a bicicleta é parte da solução para cidades mais seguras. Entenda por que ele pensa assim.