Foto: Kelvin Amaral/Bike Vix

Estação para reparo de bicicletas é instalada em Vitória/ES

Estação da Magrela tem ferramentas, calibrador e óleo disponíveis gratuitamente. Saiba o que poder público e universidades têm feito nesse sentido no exterior.

Foto: Kelvin Amaral
Foto: Kelvin Amaral/Bike Vix

Sem muito alarde, uma estação de reparo de bicicletas, com ferramentas diversas, calibrador eletrônico e até óleo, surgiu no final de janeiro no bairro de Jardim da Penha, em Vitória, Espírito Santo. A iniciativa foi de um posto de combustível, o Posto Presidente, que já conquistou o respeito dos ciclistas capixabas. Entre as ferramentas, presas à estrutura por cabos de aço, há chaves de boca e chaves allen, para atender a todo tipo de bicicleta.

A iniciativa foi muito recebida e rendeu elogios na fan page do Ciclista Capixaba e também na página da Rede Presidente de postos de combustível. “Percebemos que Vitória é uma cidade com muitos ciclistas, mas faltam pontos de apoio para eles”, afirmou a assessoria da empresa ao site DNA Urbano. O objetivo agora, segundo o site, é instalar a “Estação da Magrela” (ou “Estação Bike”) nos outros postos da rede, em Maruipe, Leitão da Silva, Vila Velha e Serra.

No exterior, iniciativa é do poder público e universidades

Em uma rápida pesquisa no Google, é possível encontrar várias iniciativas semelhantes, principalmente nos Estados Unidos. Geralmente é utilizado um mesmo tipo de rack, que é padronizado por ser produzido em série. Além das ferramentas, costuma ser disponibilizada uma bomba para encher os pneus.

Encontramos também três empresas que fabricam alguns modelos de ferramentas e estações de reparos para serem disponibilizados publicamente: Dero, Park-A-BikeBike FixTation. Esta última tem tanto modelos públicos (de uso gratuito) quanto outros que funcionam com dinheiro (vending machines).

Há casos em que os racks foram instalados pelo poder público, nas ruas da cidade, e outros em que as estruturas foram disponibilizadas dentro de universidades, para uso dos alunos.

Pelo mundo

Veja alguns exemplos estações de reparo de bicicletas, instaladas pelo poder público municipal ou por universidades:

Cidades
Uma estação pública de reparo de bicicletas na cidade de Asheville, na Carolina do Norte (EUA). Foto: Asheville on Bikes/Divulgação
Uma estação pública de reparo de bicicletas na cidade de Asheville, na Carolina do Norte (EUA). Foto: City of Asheville/Divulgação

Asheville, Carolina do Norte, EUA

Cambridge, Massachusetts, EUA

Davis, California, EUA, que também tem racks que foram instalados nas ruas, por organizações de ciclistas locais

Austin, Texas, EUA, onde o rack foi instalado por iniciativa de um mercado local

Vancouver, Canada, por iniciativa da organização CityStudio

Chattanooga, Tennesse, EUA

Halifax, Canada

Hervey Bay, Australia

Universidades
Estação pública em Vancouver, no Canadá. Foto: Divulgação
Estação pública em Vancouver, no Canadá. Foto: Divulgação

MIT (Massachusetts Institute of Technology), EUA

Santa Barbara, California, EUA

Virginia, EUA

Arkansas, EUA

Michigan, EUA

Fresno, EUA

Oregon, EUA

Miami, Florida, EUA

Kentucky, EUA

Maryland, EUA

Washington, EUA

Pensylvannia, EUA

Omaha, Nebraska, EUA

Indianapolis, Illinois, EUA

Se você conhece alguma iniciativa semelhante, comente!

3 comentários em “Estação para reparo de bicicletas é instalada em Vitória/ES

  1. Em junho de 2014, o Pedala Manaus em parceria com o a iniciativa privada, instalou duas estações de reparos rápidos de bicicletas em parques públicos. Em breve mais dez serão instaladas em outros pontos da cidade. O uso é gratuito.

    Thumb up 0 Thumb down 0

Deixe uma resposta para Paulo Aguiar Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *