Permalink
Apoie nosso trabalho,
doe um libre!

Energia limpa para uso doméstico
ou…
A viabilidade do computador a manivela

Há algum tempo, eu e uns amigos estávamos discutindo a viabilidade do projeto do laptop de US$100 do Nicholas Negroponte. Além da viabilidade de fazê-lo a um custo tão baixo, discutimos também a viabilidade de alimentá-lo com uma manivela, que é um dos pontos mais polêmicos do projeto. Eu achava possível, mas fui voto vencido.

Eis que hoje recebo o link do site de um centro de pesquisa na Universidade da Califórnia, onde estudam como fazer aparelhos funcionarem na base de pedaladas. A preocupação dos caras é com a diminuição da poluição e com a conservação de energia.

Eles conseguem ligar qualquer aparelho elétrico, desde um liqüidificador até uma máquina de lavar roupas. Só tiveram problemas para alimentar aparelhos mais sensíveis a variações de energia, como computadores, aparelhos de TV, etc.

Máquina de lavar movida a pedal
A máquina de lavar movida a pedal. Detalhe para o guarda-sol colorido, item importantíssimo.

Mas eles conseguiram resolver esse problema! Montaram um esquema para carregar uma bateria e depois usar a energia dela da forma que o aparelho precisa receber, sem os altos e baixos de uma pedalada inconstante. Assim também você não precisa ficar o tempo todo pedalando: carrega a bateria e vai usando até ela acabar.

Agora eu volto ao assunto do primeiro parágrafo: eles *têm* um projeto para o funcionamento de um laptop com base em transmissão da força de pedaladas. Infelizmente as imagens estão todas quebradas no site, que parece não ser muito recente, mas a explicação toda, os detalhes do funcionamento e os componentes necessários para montar a maluquice estão todos lá.

Ora, uma pedivela (a estrutura que liga os pedais ao “corpo” da bicicleta) nada mais é que uma manivela que se gira com os pés. Se é possível fazer um laptop normal funcionar baseado em pedais, um que tenha um display que consuma menos energia poderia sim ser movido a manivela, mesmo considerando que seja mais fácil gerar energia com pedivela do que com manivela.

Os caras chegaram a fazer até uma dupla de TV/VCR movidos a pedaladas… Nessa página dizem inclusive que essa TV funcionou por cinco anos nesse sistema, sem apresentar defeitos.

Uma das idéias desse pessoal era adaptar todas as ergométricas da academia da universidade, para que a energia dispendida ali não fosse desperdiçada. Imagina que legal se as academias daqui fizessem isso. Não gastariam mais com a conta de luz! 🙂 Poderiam acumular a energia gerada em baterias e utilizar a carga delas para iluminar a academia à noite, fazer funcionar os equipamentos elétricos, o som ambiente e até o computador da recepção…

Gostou da matéria? Doe um libre
e ajude nosso projeto a continuar!

1 comentário para

Enviar resposta

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>