Ciclistas também são consumidores

Estou procurando academias que dêem aulas de uma certa arte marcial. Liguei em várias, procurando uma com dias e horários compatíveis com minha disponibilidade e que tivessem onde estacionar a bicicleta, o que para mim é essencial. Não uso carro, não quero ter que usar e perto de casa não tem nenhum lugar que ensine o que eu quero aprender. Até tem um que fica a uns 20 minutos a pé de casa (uns 5 de bike), mas com dias incompatíveis e a bicicleta tem que ficar na rua. Ou seja, não serve.

A melhor resposta ao perguntar se tinha onde parar a bicicleta foi na Associação de Judô Shoorikan: “tem sim, dá pra parar na garagem aqui do prédio”. Ótimo!! Pena não ter dias muito favoráveis, ainda vou pensar um pouco mas talvez fique com essa mesmo. Vou passar lá pra conferir se dá mesmo para parar a bicicleta de forma segura (claro que com o meu cadeado, porque poder deixar ela solta seria querer demais).

A pior resposta foi na Academia Attack: “tem como parar na rua, tem um rapaz da banquinha que você pode falar pra ele estar dando (sic) uma olhada pra você…”. Detalhe: fica em plena Av. Jabaquara! No site deles tem uma foto da fachada (clique em localização), onde dá pra ver como é impossível deixar a bicicleta ali na rua, à noite, e ficar tranqüilo dentro da academia. Piada, né? Certamente quem vai de carro tem algum estacionamento perto para parar. O pior é que essa academia tem diversos dias e horários na arte marcial que eu quero fazer, seria o lugar ideal. Uma pena mesmo.

Outras respostas:

“- Tem sim, mas tem que trazer um cadeado.
– Mas não é do lado de fora não, né?
– É, é do lado de fora…”
Ainda vou passar lá na frente para ver se é um daqueles paraciclos de academia, que fica na rua. Já seria alguma coisa, se bem que se não tem alguém de olho eu não deixo nem a pau (um bom alicate corta qualquer corrente em segundos).
(Academia Plena Forma – Paraíso – sem site)

“Tem um corredor aqui de entrada…”
É uma sobreloja, na R. Augusta. Provavelmente eu deixaria a bicicleta no corredor que fica no térreo, presa a nada e atrapalhando quem entra.
(Grupo Aikido Nova Era)

Bom, pelo que escolhi seguir, minhas opções são meio limitadas. Ou vai ser na primeira ali de cima ou vou ter que escolher outra arte marcial. Abandonar meus treinos de bike das segundas-feiras, nem pensar… Questão de prioridade.


17 comentários para Ciclistas também são consumidores

  • Emmmanuel Marcel Favre-Nicolin

    Se o paraciclo é do tipo U invertido. Para parar 1 ou 2 horas é suficiente. Tem que investir em travas boas. Segue uma dica da polícia inglesa em vídeo no meu blog: http://vitoria-sustentavel.blogspot.com.br/2011/11/tecnica-para-prender-sua-bike-com.html
    É bastante utilizada agora uma trava em D que prende a roda traseira junto com o quadro. Uma corrente é presa na trava e prende a roda dianteira.

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • paulo

    cara, eu treinei aikido no Instituto Maruyama, é bem respeitado e conceituado aqui, e o Sensei Rodrigo é também um entusiasta da bicicleta, tenho certeza de que se você falar trocar idéia com ele você vai arrumar um lugarzinho pra sua bike lá. Dá uma olhada http://www.institutomaruyama.com.br

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Leonardo Cuevas

    Na Dogishin-kai temos professores de Aikidô, Karatê e Judo, mas acredito que esteja longe de você.
    Trata-se de uma sobreloja. Embora o prédio não ofereça lugar próprio para bicicletas (aliás nem para carros), estas são bem-vindas e ficam dentro do salão de treino.
    Eu mesmo e alguns alunos (gostaria que fossem mais) usamos bicicleta para locomoção para a academia.

    Meditação em Movimento!

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • +crux+

    Edi, a lei realmente existe, inclusive foi citada na íntegra aqui neste blog: http://tinyurl.com/3bz6ql#post_18039776

    E há também mais uma lei municipal que dispõe sobre esse assunto, a 14.266: http://tinyurl.com/23w6ll

    Entretanto, nenhuma delas foi regulamentada, o que na prática quer dizer que não é possível aplicar penalidades a quem nas as cumprir. Ou seja, cumpre quem quiser. Cumpre o estabelecimento que tiver bom senso e conseguir enxergar que há consumidores que preferem utilizar a bicicleta.

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Edi

    Há uma lei que obriga determinados estabelecimentos a ter estacionamentos de bicicleta: 13995 de 10/06/05. Enviei e-mail a prefeitura solicitando informações. Veja a resposta:
    Sr Edi, Boa tarde. Mesmo, na lei tendo este dispositivo que ela será
    regulamenta em 60 dias, pode acontecer de não sair decreto regulamentador.
    Parece que este foi mais um caso, pois também não consegui localizar nada.
    Como se trata de legislação de 2005 (e temos na íntegra de 2000 para cá, se
    houvesse a legislação , você encontraria no site – http://www.prefeitura.sp.gov.br
    – (leis municipais) pesquisa por número (lei 13995) sem colocar o ano e
    pesquisa por assunto (estacionamentos)( bicicletas e motocicletas)e outros
    assuntos tratados pela lei.Sobre a validade da lei, não gostaria de atestar
    sobre isto.Talvez pudesse tirar sua dúvida na ATL – Assessoria Técnica
    Legislativa. Fone: 31138350. Atenciosamente, Helena.

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Luis Sorrilha

    Ontem fui visitar um imóvel para comprar e tive que deixar minha bicicleta presa na grade do lado de fora do prédio. O porteiro simplesmente não deixou eu parar a bicicleta na imensa garagem do prédio. Fora os 20 minutos que tive que esperar para o corretor me atender. Acredito que estava fazendo corpo mole para me atender só porque eu estava de bicicleta e bermuda. Acho que da próxima vez vou engravatado!!

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • +crux+

    No blog Apocalipse Motorizado – http://apocalipsemotorizado.net – existe uma seção como essa, com link até para um mapa do Google com os locais apontados nele. E é possível contribuir para aumentar a lista… Dê uma passada por lá, clique na seção “bicicletários e paraciclos”, no menu do lado esquerdo da página.

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • +crux+

    Quase não notei que era piada, porque tem gente que pensa assim mesmo! 🙂

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Claudio

    Cara, compra um carro… se você economizar você consegue… sai muito mais barato, muito mais seguro, os motoristas vão te agradecer, pois você vai parar de atrapalhar o trânisto.
    Até.

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Marcelo Mig

    Acho que poderíamos fazer uma lista centralizada de lugares “bikes-friendly”. Talvez até já exista, alguém sabe? O ideal seria propor um selo bike-friendly para estabelecimentos que cumprissem determinadas regras. E acho também que falta orientação para quem projeta os paraciclos. Muitos não possuem largura suficiente, e batem na suspensão dianteira ou câmbio traseiro.

    Ontem fui ao Hopital Oswaldo Cruz, e lá fui muito bem atendido, parei a bike em área cercada, junto das motos, com segurança. Ponto a favor.

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Ricardo

    Oi, Willian. QUe arte marcial você está procurando? Eu conheço alguns dojôs e academias de algumas artes marciais e tenho já minhas avaliações das que eu acho que são legais, onde se pode encontrar um bom treino.
    Me manda email no ricgrego+bike arroba gmail. (sim, tem esse sinal de “+” no meio, para filtrar emails)

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • +crux+

    Oi Stan

    Eu já tinha passado na frente dessa Competition e visto o paraciclo ali, mas não sabia que ele era puramente estético hehe. Pelo menos ali fica um segurança por perto, o que deve dar mais tranqüilidade em deixar a bike.

    O que eu quero fazer tem em muito poucos lugares, então minhas opções são meio limitadas… Já consultei todas as academias de São Paulo que tem essa arte (todas mais ou menos na mesma região).

    Ontem ainda fui no Tenis Clube Paulista, que também tem aulas, mas me deram o horário errado e os horários que eles têm são muito incompatíveis com a minha disponibilidade. Eles têm um paraciclo do lado de fora, mas pelo menos o cara da portaria fica monitorando com uma câmera, o que já é alguma coisa, apesar de não ser o ideal…

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • +crux+

    Só resta recorrer ao famoso banho de pia… 🙂

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • +crux+

    Valeu Igor, estamos no aguardo! 😉

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Stanley Calderelli

    É bravo… Você precisa ver o “paraciclo” (ridículo) da Competition da Oscar Freire. Fica fora e tem encaixe para 5 bikes, mas o idiota que o “projetou” o fez curvo (para acompanhar o jardim do canteiro) só que com as extremidades para dentro. Assim, se prender pela roda traseira, só cabem 3 bikes longe uma da outra. Não entra uma 4ª, em posição alguma. De frente, dá pra mudar o ângulo de cada uma com a roda dianteira presa. Mas usando blocagem, eu não faço isso. E como falei, fica fora…
    Mas na Av. Jabaquara, antes da Attack tem uma outra que também é sobreloja, que eu acho que te deixa pôr a bike lá dentro. O chato é carregar a bike por uma escada beeem inclinada e estreita.
    Já fui lá com a minha esposa… Se vc for conhecer, acredito que não te recusem uma matrícula porque precisa pôr a bike lá dentro.
    Pena que não lembro o nome. hehe
    Me lembre amanhã por e-mail, que eu pergunto.
    Fica no sentido bairro-centro, entre a Attack e uma de capoeira, chamda Baraúna (mais próximo dessa, aliás). O instrutor da Attack não foi muito bem falado pelo instrutor desta academia de TaeKwonDo, que eu conheci

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Danilo

    Tive dificuldades para conseguir uma academia onde pudesse somente tomar um banho. Eu gostaria que tivessem algum plano para que eu pudesse somente utilizar o vestiário, mas não consegui nenhuma opção perto onde trabalho, em Alphaville. Todas disseram que teria que fazer um plano de treino…

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Igor Abreu

    Fala William. Cara, eu também passei por isso a semana passada. Estou querendo voltar a praticar Krav Magá (www.kravmaga.com.br) e estou de olho na acedemia Clube 3, na Al Lorena, Jardins. A atendente falou o mesmo, tem lugar pra bike mas do lado de fora, e pra levar o cadeado. Estou indo lá nesta terça pra ver as condições da academia e do “estacionamento” pra bike. Escreverei novamente com minhas impressões do local. Abraços!

    Thumb up 0 Thumb down 0

Enviar resposta

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>