A Praça do Ciclista, o poder público e o Twitter

Apoie nosso trabalho,
doe um libre!

A Praça, a placa, os paraciclos e os gradis

Praça do Ciclista de São Paulo começou com uma inauguração simbólica no início de 2006. Em outubro do ano seguinte, o espaço teve seu nome oficializado por lei. Apesar disso, como comentamos aqui no Vá de Bike! em abril desse ano, a Praça continua sem placasNão foi por falta de pedir – e foi mais de uma solicitação.

A Secretaria das Subprefeituras, de responsabilidade de Andrea Matarazzo, afirmou em julho do ano passado que colocaria as placas na Praça. Também prometeu colocar gradis de segurança, para que os passantes não caiam na avenida embaixo, e recolocar os paraciclos, que foram retirados para uma reforma, no ano passado.

Grades de madeira na Praça do Ciclista, dando falsa sensação de proteção e colocando em risco quem se apóia nelas

Porém, onze meses depois da afirmação do Secretário:

  • Não colocaram a placa com o nome da Praça.
  • Não foram recolocados os paraciclos.
  • Não foram colocados gradis. Há apenas umas traves de madeira, mal afixadas, “protegendo” as pessoas de caírem no túnel, nas quais há inscrições “não apóie”, feitas por populares preocupados com quem frequenta o local.
Feito este primeiro preâmbulo, vamos a um segundo.

Twitter e o poder público

Muita gente está “no Twitter” hoje em dia. Celebridades, anônimos, gente que vale a pena acompanhar, gente que não tem nada pra dizer e até mesmo o autor deste blog… E há também vários políticos e órgãos de governo.

Falando especificamente do poder público, há casos em que o perfil é criado apenas para divulgar informações genéricas, para quem quer acompanhar em linhas gerais o trabalho realizado, o que trocando em miúdos significa apenas um canal a mais para a assessoria de imprensa divulgar informações. Mas muita gente lê e responde os comentários que recebe.

É certo que nem todo cidadão usa um computador. Dentre esses, poucos usam o Twitter. Mas temos de reconhecer a abertura de um novo canal de comunicação que, apesar de muito pouco democrático em termos de acesso, tem se mostrado útil em alguns casos.

Uma das características que mais incomoda quem começa a usar o Twitter é o limite de 140 caracteres nas mensagens. Mais do que uma restrição técnica, essa limitação obriga quem escreve a ser sucinto e direto. Não há espaço para floreios, detalhamentos e rodeios. Qualquer informação adicional precisa ser passada em forma de link.

Uma das consequências disso é que as mensagens ficam curtas e rápidas para ler. A resposta costuma vir rápido, quando o interlocutor está lendo do outro lado e disponível para responder. Senão, ela fica guardada até ele retornar. Ferramentas como o Twhirl facilitam esse processo.

Mas vamos ver o que acontece quando o uso da ferramenta se intensificar, como no Orkut. Vai ficar difícil aos donos de perfis muitos conhecidos não se perderem em meio às inúmeras mensagens dispensáveis que receberão… 🙂

Feito este segundo e último preâmbulo (ufa!), vamos, enfim, ao que interessa.

Diálogo curto e direto

Tendo explicado tudo isso aí em cima, coloco abaixo um resumo de como recebi uma informação, pedi por mais detalhes e eles foram fornecidos, tudo num espaço de tempo relativamente curto. O assunto, claro, é a Praça do Ciclista.

GerentePaulista @SoninhaFrancine @MarioRinaldi @shadow11 e seguidores.Reunião Emurb e @andreamatarazzo.Placas de sinalização ruas e pça aprovadas!Licitando
about 8 hours ago from web in reply to SoninhaFrancine
wcruz @GerentePaulista @andreamatarazzo @SoninhaFrancine Será que dessa vez colocam placa de logradouro na Pça do Ciclista? http://twurl.nl/pv3ztz
about 2 hours ago from twhirl
wcruz @GerentePaulista @andreamatarazzo @SoninhaFrancine Também faltam os paraciclos retirados um ano atrás e os gradis:http://twurl.nl/osc6fs
about 2 hours ago from twhirl
AndreaMatarazzo .@wcruz Os paraciclos e as grades de proteção serão recolocados muito brevemente. A Eng Daniela Ja prometeu.
about 1 hour ago from web
GerentePaulista @wcruz Sim. A placa do logradouro na Praça está incluida na licitação! Em breve a Praça estará identificada novamente.
about 1 hour ago from web in reply to wcruz

Agora é ficar de olho pra ver quando sai…

Gostou da matéria? Doe um libre
e ajude nosso projeto a continuar!

2 comentários para A Praça do Ciclista, o poder público e o Twitter

  • Praça do Ciclista ganha placa oficial | + Vá de bike! +

    […] terça-feira, 15 de setembro, a placa de logradouro da Praça do Ciclista aqui de São Paulo. Breve história aqui. A foto abaixo é do Carlos […]

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Fourier

    Willian,

    Com certeza o título de lenda será passado para a placa e para as obras da Praça.

    Que coisa bizarra, tenho medo dessa Engenheira Daniela, será que ela existe? Ou só está no imaginário do Andrea?

    E a gerente, será que manda mesmo? Esse “em breve” dela não me ilude!

    Parabéns pela interlocução!

    Abs

    Thumb up 0 Thumb down 0

Enviar resposta para Praça do Ciclista ganha placa oficial | + Vá de bike! + Cancelar resposta

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>