Imagem: Reprodução

Se o poder público não faz, tome uma atitude

De Aracaju, um exemplo de ação simples dos cidadãos para melhorar a cidade. Se o poder público não faz, alguém tem que tomar a iniciativa.

De Aracaju (SE), um exemplo de ação simples que os cidadãos podem tomar para melhorar sua cidade. A obrigação é do poder público, mas se ele não faz, o poder do público acaba por fazer.

Força, Aracaju!

(Obs: vídeo de 2011, produzido pela Associação Ciclo Urbano)

5 comentários em “Se o poder público não faz, tome uma atitude

  1. Lembro aqui também a criatividade e iniciativa dos ciclistas de Fortaleza, que até inventaram uma máquina de pintar ciclofaixa; as várias faixas de pedestres pintadas por cidadãos; as hortas comunitárias; a limpeza da estátua de Carlos Drummond de Andrade no RJ, que segundo a prefeitura custaria 25 mil e que foi feita em uma tarde por um morador da cidade, de graça… Esse é o verdadeiro exercício da cidadania!

    Thumb up 0 Thumb down 0

  2. Penso que no quesito transporte o omisso poder público nada faz pela mobilidade dos cidadãos que não optam pelas caixas matálicas motorizadas.

    Logo, cabe a nós mesmos, cidadãos pagadores de impostos, suprir os vazios deste lento e corrupto órgão, seja panfletando orientações aos motoristas ou mesmo pintando sinalizações nas ruas.

    Infelizmente grande parte dos motoristas são alienados, bitolados e cegos, a ponto de não enxergar a própria cova que estão cavando…

    Thumb up 3 Thumb down 0

    1. Adriano Bike, sinto-me como vc às vezes, quando vejo as grandes e caras besteiras que fazem com o dinheiro público… Só participando podemos alterar isso para melhor.

      Thumb up 0 Thumb down 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *