Como foi seu Dia Mundial Sem Carro?

Apoie nosso trabalho,
doe um libre!

Willian Cruz, em um de seus muitos dias sem carro. Foto: Aline Cavalcante

Resolveu experimentar a bicicleta e aderiu a um BikeBus, em São Paulo?

Já é ciclista habitual ou eventual e saiu com a magrela nas ruas mais uma vez?

Fez de novo o caminho pela ciclovia da orla, como faz todos os dias?

Resolveu embarcar num ônibus, já que a Prefeitura de São Paulo colocou mais deles nas ruas e a Fetranspor, do Rio, deu viagens de graça pra quem deixasse o carro em casa?

Usou metrô, trem, teleférico, bondinho, balsa? Pegou carona com um amigo?

Achou que ir de táxi faria alguma diferença e fez circular o carro de outra pessoa, por um percurso ainda maior do que você faria com o seu? 🙂

Acreditando que haveria menos congestionamentos nesse dia, resolveu ir de carro mesmo?

Tentou se convencer que de moto não haveria problema, já que ela não congestiona, e apesar dela poluir mais que um carro acabou usando assim mesmo?

Ou não teve como deixar o carro em casa, porque precisava muito dele? (Será que precisava mesmo?)

E, por fim: foi a algum evento do Dia Mundial Sem Carro?

Conte aqui sua experiência nesse dia!

Gostou da matéria? Doe um libre
e ajude nosso projeto a continuar!

67 comentários para Como foi seu Dia Mundial Sem Carro?

  • Bruno

    Foi ótimo! Andei de bike a semana inteira para pegar o carro no dia mundial sem carros. Até que o trânsito tava melhorzinho…

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Guilherme

    O meu dia foi como tem sido há mais de dez anos. Sem carro mesmo.
    À noite, participei da bicicletada mais linda que já vi em Curitiba. Seguramente tinha mais de 1000 bikes (entre 1200 e 1500).
    Só não peguei a Bicicletada inteira por que parei pra trocar o pneu de uns garotos. Um deles tinha resolvido aderir à bike naquele dia e eu não podia deixá-lo lá, desconsolado, com uma câmara sem bico(!!!).
    Olhando outros relatos aqui, me dei conta de que, por mais que eu faça, me ofereça pra ajudar e incentive, tudo que consegui nestes 10 anos foi influenciar 3 pessoas (incluindo meu filho) a adotar a bike como veículo preferencial.

    Thumb up 1 Thumb down 0

    • Willian Cruz

      Guilherme, nossas ações e comportamento muitas vezes têm efeitos que jamais vamos saber. Mas eles estão ali e nosso papel como agente de mudança foi feito.

      Thumb up 1 Thumb down 0

    • Leonardo

      Guilherme, as vezes o “pouco” é muito… se você conseguiu, em 10 anos, influenciar três pessoas, imagine o que essas pessoas já não influenciaram os outros.

      Thumb up 1 Thumb down 0

  • Leonardo

    Já não ia usar a minha bike mesmo porque o pneu havia furado mas o plano era “abduzir” a Andes do meu irmão (que nem estava na cidade no dia) e agilizar meus compromissos com ela.

    Qual o que… caiu um pé d´agua absurdo aqui em Santos… fora que era dia do meu aniversário e da minha filha, tive que fazer uso do carro pra correr atrás dos detalhes pra festa dela e fazer meus exames.
    Mas descontei tudo no dia seguinte, só de raiva!…rs.

    Thumb up 1 Thumb down 0

    • Willian Cruz

      Tá perdoado, Leonardo! 😀 O Dia Sem Carro de cada um não precisa necessariamente ser o dia 22. E se for mais de um, por ano, tanto melhor. E parabéns pelo aniversário de ambos!

      Thumb up 0 Thumb down 0

  • Luciana

    Fui até a Praça do Ciclista com meu marido, que às vezes me acompanha até o serviço só pelo prazer do pedal e depois vai pra USP, onde trabalha, e tomamos café com a galera reunida.

    Eu estava tão ansiosa para ir até a Praça, queria tanto ver as pessoas que tentam fazer a cidade melhor, que foi um percurso todo especial e a vontade que tinha era de dar um abraço em cada um daqueles ciclistas pela coragem e cidadania que exercem. No final, me contentei com o abraço no Toddynho mesmo… rsrsrs

    :o)

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • Alexandra de Amparo SP

    Uso a bicicleta como meio de transporte em todos os lugares que vou na cidade onde moro Amparo/SP…supermercado, banco, trabalho, ida a academia, passeio com a minha turminha de bike lógico e apoio totalmente o uso de mais bikes nas cidades…aqui onde moramos temos ciclovia, mas ainda é pouco…e hoje teve o 1º Passeio Ciclistico..torço para que isso vire um hábito de outras pessoas…só ganho em qualidade de vida e saúde….morava no ABC e trabalhava no Itaim/SP..todos os dias 03 transportes de ida e mais 03 na volta…..cansei….abraços a todos

    Thumb up 2 Thumb down 0

Enviar resposta

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>