Mapa Cicloviário Unificado do Rio de Janeiro é exemplo para outras cidades

Mapa serve como guia para pedalar na Cidade Maravilhosa. Foto: Transporte Ativo

Mesmo depois da demolição do único velódromo da cidade (um dos melhores da América Latina) e estando em um momento delicado, com muitos interesses envolvidos na reestruturação da cidade para receber o jogos olímpicos de 2016, é impossível não notar a evolução considerável do Rio de Janeiro quando o assunto é o uso da bicicleta como meio de transporte.

E não é apenas pela existência das famosas ciclovias que beiram as lindas praias, mas também pelo trabalho persistente do pessoal da Transporte Ativo (TA), que vem atuando desde 2005 na produção de conhecimento, promoção dos meios de transporte movidos à propulsão humana, aproximação da sociedade civil com setores privados e participando das decisões do poder público.

O resultado disso é um crescimento qualitativo de boas iniciativas para o ciclista urbano e, por tabela, o crescimento do número de pessoas utilizando a bicicleta (ou patins, skate, triciclos, patinetes, cadeiras de rodas, etc) com mais segurança, informação e respeito.

Uma dessas ações é o Mapa Cicloviário Colaborativo e Unificado do RJ, que vem levantando informações desde dezembro de 2011 e em 2012 passou a receber a colaboração de todos os moradores da cidade maravilhosa. A ideia é ter informações geolocalizadas de tudo que o ciclista precisa.

“O mapa procura incluir todas as ciclovias, ciclofaixas, rotas compartilhadas dentre outros pontos de interesse do ciclista, como bicicletários, oficinas, bombas de ar, bicicletas públicas e muito mais. Os desenvolvedores, Arlindo Pereira, Marcos Cavalcanti, Rodrigo Abreu, Giuseppe Zani e Zé Lobo, uniram todas as informações que já possuiam em um só mapa, contando ainda com a colaboração do Marcos Serrão e João Lacerda. Os cariocas estão convidados a participar enviando dados e informações que ainda não se encontrem no mapa”. O material é uma iniciativa da Transporte Ativo, com o apoio do programa Rio Capital da Bicicleta.

Com a iniciativa está sendo formado e estruturado um banco de dados aberto, confiável, gratuito e extremamente valioso feito por quem mais entende de bicicleta na rua: o ciclista urbano.

Se você é do Rio e conhece qualquer bicicletário ou oficina que não conste no mapa, entre em contato e ajude a mapear os pontos de interesse dos ciclistas!

 

Aplicativo para celular

Todas as informações do mapa e o CTB (Código e Trânsito Brasileiro) de Bolso estão disponíveis para Android e iOS, gratuitos e abertos a colaborações. O aplicativo “Rio de Bicicleta” foi um dos premiados no concurso RioApps.

Baixe o aplicativo, visite o site, compartilhe e colabore!

clique para ir ao site

clique para ir ao site

Como contribuir?

Na página do Mapa há um link “como contribuir”, que explica como o morador do Rio pode ajudar. É necessário enviar as coordenadas do ponto ou o link para a posição no Google Maps ou OpenStreetMap, ou o endereço completo do local, com fotos.

“Para bicicletários envie, além do endereço, duas fotos, sendo uma bem próxima para identificarmos o modelo e número de vagas e outra mais distante, dando pra ver sua posição em relação a outros objetos. Todos os dados enviados serão checados antes de serem publicados. Quanto mais detalhada for a informação enviada, mais rápida será sua inserção no mapa”, diz o site.

Há mais informações no Manual do Usuário do Mapa Web.

 

Monte um para sua cidade

Se você é de outra cidade e deseja desenvolver algo do gênero, entre em contato!

Segundo Zé Lobo, da TA, “todo o conhecimento utilizado no mapa carioca está disponível para que mais cidades façam seus mapas nos mesmos moldes, afinal quem mais entende e conhece as necessidades dos ciclistas é quem pedala diariamente pelas ruas das cidades e o mapeamento é feito por ciclistas e para ciclistas”.

 

Acompanhe e contribua também pela página do Facebook


17 comentários para Mapa Cicloviário Unificado do Rio de Janeiro é exemplo para outras cidades

  • Boa tarde Prezados Senhores.
    Sou pós graduando em gestão publica e estou escrevendo um projeto de mobilidade urbano que prevê a bicicleta como meio de transporte integrado ao sistema de transporte público, com foco inicial nos bairros compreendidos entre Deodoro e Santa Cruz. Gostaria de saber se os senhores tem a dados sobre a distribuição dos propalados 400Km de ciclovia na cidade do Rio de janeiro por região, para que eu saiba destes quantos estão situados nos bairros abordados no meu estudo?
    Desde já agradeço e parabenizo aos senhores pela iniciativa e me coloco a disposição para dar informações mas detalhadas sobre o meu projeto.
    atenciosamente.
    LindomarCorrêa.

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Barbara

    O app referenciado nao funciona.

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • vitor

    Gostaria que fosse implantada uma ciclovia ao longo da avenida maracanã.
    O bairro da tijuca sofre com o trânsito e com muitos sinais de trânsito e a Av. Maracanã ela cruza a tijuca desde o Alto da Boa Vista, passa pela rua Uruguai(estação de metrô), Passa pela Saens pena(maior centro comercial do bairro e possui metrô), passa pelo Estadio do Maracanã e próximo a UERJ, e termina na praça da bandeira já no centro do Rio de janeiro.
    Imagina o que desafogaria o trânsito.
    O Rio maracanã fica aberto e é um espaço sem utilização. Só fechar uma parte dele e fazer a ciclovia em cima.

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • anderson

    Saudades ciclovia na zona norte! :(

    http://imgur.com/H8NPOyW

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Jener

    Ligar à Zona Norte ao Centro, e diminuindo o trânsito seria muito fácil construindo ciclovia na Rua 24 de maio , Radial Oeste, e Presidente Vargas.

    Moro na Zona Sul , mas sei do trânsito que as pessoas enfrentam para chegar no Centro da Cidade.

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Ciclista necessita

    Necessito de uma ciclovia que ligue do Maracanã até o Centro da Cidade. Assim, eu e muitas outras pessoas iriam de bicicleta para o trabalho.

    Chega de trânsito engarrafado
    Chega de ônibus lotado
    Chega de metrô superlotado.
    Chega de chegar atrasado no trabalho.
    Chega de gastar passagens.

    Vamos de bicicleta.
    Cadê a ciclovia na Radial Oeste?

    Prefeito cadê você?

    Thumb up 2 Thumb down 0

  • marcia gomes

    Lamento que a zona norte não seja atendida pelas ciclovias e pelo Itau bicicletas estamos abandonados pelo prefeito moro no bairro do sampaio trabalho no centro e gostaria de ir de bicicleta, pois a distancia me permite isso, porém não é possível porque certamente seria atropelada, visto que não existem ciclofaixas nem ciclovias na radial oeste e nem na via que vai pela mangueira logo teria que disputar espaço com carros. Quando o prefeito vai olhar para os bairros da zona norte?

    Comentário bem votado! Thumb up 4 Thumb down 0

    • Zé da bike

      Perfeita a sua colocação. Se tivesse uma ciclovia na Radial Oeste ligando do maracanã até a Cinelândia seria um SUPERSUCESSO, com certeza muitos iriam de bike para o trabalho e o transito iria melhorar absurdamente, e olha que não iria precisar de muito investimento tecnológico. Eu sou um que iria de bike.

      Thumb up 2 Thumb down 0

      • Joao Albino

        o prefeito não sebe o que esta perdendo, seria o maior sucesso ligar a zona norte a zona sul pela presidente vargas, eu moro em vila isabel e trabalho em copa so iria de bike

        Thumb up 1 Thumb down 0

    • roberto de oliveira

      Concordo e queria trocar mais ideias sobre isso. meu email: eddimc2001@yahoo.com.br

      Thumb up 1 Thumb down 0

  • Estevão Laurito

    Muito legal Arlindo, parabéns. Volto a morar em São Paulo mês que vem e espero me envolver com isso por lá também!

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • Estevão, legal você ter mencionado o OSM. Eu sou um dos maiores colaboradores do OSM aqui no Rio de Janeiro, e faço questão de mapear cada bicicletário e oficina que incluo no mapa também no OSM, e vice-versa (monitoro as atualizações de colaboradores, incluindo no mapa cicloviário as alterações que porventura alguém faça).

    []s

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Estevão Laurito

    Essa iniciativa é maravilhosa. Mapas assim permitem que a gente reavalie as rotas em função da estrutura cicloviaria e faça trajetos mais seguros / divertidos / interessantes. Existe o http://www.openstreetmap.org/ , que é uma estrutura ainda não difundida o suficiente no Brasil. Se as informações desse mapa forem inclusas lá, dá pra usar a estrutura do OSM com vários programas de navegação, alguns gratuitos… Existe até o http://www.opencyclemap.org/ que pega as informações do OSM e ressalta as informações relevantes para a bicicleta. Na Europa isso funciona muito bem, mas no Brasil a cartografia ainda é incompleta. Mas tudo isso só depende da ação dos usuários.

    Thumb up 2 Thumb down 0

  • Será que rola uma versão pra SP??

    Thumb up 2 Thumb down 0

  • É um orgulho poder contribuir para melhores informações a respeito da infraestrutura cicloviária da cidade. De ciclistas para ciclistas. :-)

    []s

    Thumb up 1 Thumb down 0

Enviar resposta

  

  

  

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>