Condephaat aprova ciclovia da Av. Paulista, em São Paulo

Detalhe da sinalização que será aplicada na ciclovia da Av. Paulista, nos pontos com travessia de pedestres. Imagem: CET/Reprodução

Detalhe da sinalização que será aplicada na ciclovia da Av. Paulista, nos pontos com travessia de pedestres. Imagem: CET/Reprodução

Segundo informação publicada no Diário Oficial do Estado de São Paulo dessa quarta-feira, 10 de dezembro, o Condephaat (Conselho estadual de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico) aprovou a implantação da ciclovia da Av. Paulista, um dos principais símbolos da cidade.

Foram 11 votos favoráveis e 4 abstenções. De acordo com informações da Prefeitura, as obras começam no próximo dia 5 de janeiro. Conheça aqui detalhes do projeto.

Veja abaixo a íntegra do texto publicado no Diário Oficial:

PARECER FAVORÁVEL

ÁREA ENVOLTÓRIA

01 – Processo 72805/2014

Interessado: SEC. MUNIC. TRANSPORTES-PM DE SÃO PAULO

Deliberação: O Colegiado deliberou aprovar, por 11 votos favoráveis e 4 abstenções, a instalação de ciclovia no eixo central na Avenida Paulista, entre as vias Rua Augusta e Praça Osvaldo Cruz, nesta capital. Deliberou ainda, por 6 votos favoráveis, 7 votos contrários e 1 abstenção, não acatar a proposta da Conselheira Valéria Rossi Domingos, de mudança da cor das ciclovias defronte a os bens tombados da Capital. Esta autorização não isenta o interessado de obter aprovação de seu projeto nos demais órgãos competentes.

Área envoltória

O conselho estadual tem como função identificar, proteger e preservar os bens móveis e imóveis do patrimônio histórico do estado de São Paulo. Havia-se a preocupação (ou esperança, para alguns) de que o órgão vetasse a implantação da ciclovia, porque a avenida é considerada área envoltória de prédios tombados, como o Masp e o Conjunto Nacional.


14 comentários para Condephaat aprova ciclovia da Av. Paulista, em São Paulo

  • eduardo

    [Comentário oculto devido a baixa votação. Clique para ler.]

    Esse comentário não tem feito muito sucesso. Thumb up 2 Thumb down 8

    • Renato

      Não há erro algum. A Av.Paulista foi construída visando somente os pedestres e carros (vide calçadas largas e as faixas de rolamento da avenida.

      Construir uma ciclovia do lado direito seria um erro tremendo, pois o movimento de pedestres é intenso o dia inteiro, principalmente nos horários de pico. Não há espaço no canteiro central para acomodar as dezenas de usuários que esperam nos pontos de ônibus.

      E a ciclovia da Av.Brigadeiro faria lima foi construido aproveitando um espaço ocioso da Faria Lima, sem a necessidade de tirar o espaço do pedestres nas calçadas e nem atrapalhar o movimento dos ônibus.

      Não vejo erro algum nisso, basta apenas atravessar a rua. Se não for os ciclistas, serão os milhares de usuários dos onibus.

      Comentário bem votado! Thumb up 8 Thumb down 0

      • Renato

        Há de se considerar também os inumeros cruzamentos no caminho. No canteiro central, o ciclista não precisa se preocupar com os carros fazendo conversão para a direita….

        Comentário bem votado! Thumb up 9 Thumb down 0

      • eduardo

        Com certeza a ciclovia no canteiro central foi a opção mais barata e viável neste momento. Mas já vi várias ciclovias em grandes avenidas europeias que obedecem a minha visão, sem perigo para pedestre. Penso que não é só a questão da ciclovia, há que se pensar em todos os meios, principalmente, a pé, transporte de massa e ciclistas. Nesse sentido, fazer o corredor no lugar da ciclovia, acho mais inteligente. O próprio projeto da prefeitura de rever as linhas mostra isso. A aposta é construir ligações expressas com corredores com poucas linhas e circulares nos bairros.

        Thumb up 2 Thumb down 0

        • Renato

          Verdade, mas a cidade, assim como as ruas e avenidas, foram construidas pensando somente nos carros, não nos ciclistas,diferente das cidades européias. Logo, sem espaço fisico que concilie segurança e sem conflitos, foi o que deu para fazer.

          Comentário bem votado! Thumb up 6 Thumb down 0

    • Anderson

      Olha, passo pela avenida Faria Lima todos os dias e não vejo problema algum numa ciclovia no canteiro central. Como a avenida tem inúmeros semáforos, acesso ela facilmente. Prefiro ainda ciclovias assim, pois para o ciclista o mais importante é o movimento constante, se a ciclovia fosse nas laterais, teríamos que frear muitas vezes para dar passagens aos carros entrando e saindo da avenida, no canteiro central só paramos nos semáforos, é bem melhor.

      Thumb up 2 Thumb down 0

      • eduardo

        Olha, não me entendam mal, nunca tive problema em passar pela da Faria Lima, apesar de achar que foi mal construída. Há muitas rampas (deveria ser em um nível só) e trechos apertados (agora ela funciona bem, mas e quando tiver um fluxo maior de ciclistas, imagina o conflito) O que digo, é que ainda engatinhamos quando o assunto é qualidade, minha discussão é, repito, qualidade. Encontrei um artigo que havia lido no começo do ano. Reflete, mais ou menos a minha ideia. http://www.engenhariacivil.com/protecao-trafego-cicloviario-cruzamentos

        Thumb up 0 Thumb down 0

  • Anderson

    Olha, é mais fácil aprovar um projeto milionário pra uma ponte de baixo fluxo, do que aprovar um projeto pra construir uma ciclovia em local critico. Agora entendo por que SP não tinha um projeto cicloviário, não era só falta de vontade politica, mas também existe uma parcela da população disposta a barrar qualquer coisa que não esteja na cartilha de comportamento do paulista.

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • Renato

    Com a aprovação do Condephaat, quero ver algum morador achar que vai conseguir barrar a ciclovia agora….(como ocorre em algumas ruas de alguns bairros ai que se acham donos do lugar).

    O Condephaat tem mais bom senso do que muito morador por ai. E olha que o orgão poderia barrar se quisesse, alegando um motivo ai…

    Comentário bem votado! Thumb up 7 Thumb down 0

  • Seria um descabimento sem tamanho rejeitar o projeto por descaracterizar a área envoltória dos prédios tombados (Masp e Conjunto Nacional). Só para citar o Masp, duas obras, uma de cada lado do museu, trarão impactos muito maiores ao patrimônio histórico e cultural do que a ciclovia. O prédio que está sendo construído ao lado da Justiça Federal, adensará ainda mais a região e o piro de todos, a completa desfiguração do antigo prédio da família Dumont Adams (isso mesmo, um prédio histórico, da familia de Santos Dumont, que teria muito pra contar, mas agora ficará só na lembrança). Pra quem se lembra, era aquele predinho bem ao lado do Masp, que ganhou novos andares e será totalmente desfigurado…A ciclovia trata de recuperar o descalábrio que a avenida vem sofrendo!!! Parabens São PaulO!!!

    Comentário bem votado! Thumb up 14 Thumb down 0

    • Marcos Antonio

      Realmente não dá para entender como acham que a ciclovia pode descaracterizar a Av. Paulista sendo que a própria avenida com intenso movimento de carros e ònibus que geram poluição já é uma ameaça aos poucos imóveis históricos que ainda restam.

      Thumb up 2 Thumb down 0

  • Alexandre

    Show de bola! espero que com isso nada mais atrapalhe. Aparentemente as obras na Av. Bernardino de Campos já começaram. Estão começando quebrar as calçadas pra colocação dos dutos que vão abrigar a fiação elétrica.

    Comentário bem votado! Thumb up 6 Thumb down 0

Enviar resposta

  

  

  

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>