Bicicletas na Virada Sustentável – veja como foram as atividades do domingo 30

Apoie nosso trabalho,
doe um libre!
Adriana e Paulo Henrique, que participaram da gincana promovida pelo Vá de Bike. Foto: Ana Sniesko

Adriana e Paulo Henrique participaram da gincana promovida pelo Vá de Bike. Foto: Ana Sniesko

Quem acordou cedo para curtir a Virada Sustentável, encerrada neste domingo (30/8), em São Paulo, aproveitou cada minuto do belo dia de sol invernal, em que os termômetros marcaram 30 graus.

Para quem resolveu curtir o dia de bike, o domingo começou com uma pedalada promovida pelo Vá de Bike e Virada Sustentável na Ciclofaixa de Lazer. O palco foi a ciclovia da avenida Paulista, que estava lotada, mas ainda assim com as vias fechada às pessoas (abertas aos carros). Apesar do clima pacífico que marcou a abertura da via no último dia 23/08, nesse final de semana os ciclistas tiveram que curtir apenas o espaço da ciclovia e da Ciclofaixa de Lazer.

Veja nossa galeria de fotos

Passaporte completo. Foto: Ana Sniesko

Passaporte completo. Foto: Ana Sniesko

Gincana do Pedal

Mas não faltou animação para quem resolveu desbravar a cidade sobre duas rodas. A Gincana do Pedal convidou os ciclistas para explorar o mapa da “Caça ao Tesouro”. A cada parada, um carimbo; ao final da aventura, o participante que conseguia os quatro carimbos diferentes trocava o “documento” por uma camiseta da Levi’s.

A reportagem do Vá de Bike percorreu o caminho e acompanhou os corajosos na busca pelo “tesouro”. O ciclista Paulo Henrique Costa, administrador, estava com a sua esposa, Adriana de Queiroz, na Praça dos Arcos, onde começou a empreitada. “A gincana é uma ideia ótima, vai ser muito divertido completar o passaporte. Só acho que faltou um carimbo no centro”, disse. No local, acontecia uma oficina do Bike Anjo para ensinar quem ainda não sabia andar de bicicleta.

O administrador aproveitou para falar sobre a sua rotina, onde o dia a dia é de bike. “Eu também priorizo o transporte coletivo sempre que possível. As novas ciclovias da Faria Lima, que ligam ao Parque do Ibirapuera, também vão ser excelentes para ajudar os nossos caminhos”, completou.

Food Bike no Museu da Casa Brasileira. Foto: Ana Sniesko

Food Bike no Museu da Casa Brasileira. Foto: Ana Sniesko

Food bike e teatro

Depois de percorrer a avenida Paulista e carimbar o passaporte na tenda do Bike Tour São Paulo, a reportagem desceu para a avenida Faria Lima e fez uma pausa no Museu da Casa Brasileira, onde o clima não poderia ser melhor.

Além de todas as opções de food bike, que iam de bruschetas ao creme brulèe, as crianças aproveitavam a pausa para curtir uma peça de teatro no jardim do museu. Aproveitamos para conversar com uma das monitoras do local, que foi só elogios ao evento. “O clima por aqui não podia estar melhor. Desde ontem (29/08) o museu está cheio e com atividades para todos”, comentou Gisele.

Oficina para crianças e a camiseta

A pedalada da reportagem terminou na esquina da avenida Paulista com a rua Haddock Lobo, onde Sílvia e Nina recebiam a criançada para desenhar – ora no papel, ora com giz no asfalto mesmo. Sílvia contou pra gente que até ela aprendeu a desenhar com as crianças. “É muito bacana ver como eles se divertem. Uma menina até escreveu um recado fofo na almofada”, contou.

Com o passaporte completo, hora de curtir a sombra, pegar a camiseta da Levi’s e esperar os próximos eventos que virão por aí.

Participou da Gincana do Pedal? Comente! 😀

Sílvia (esq.) e Nina promoveram atividades artísticas com as crianças. Foto: Ana Sniesko

Sílvia (esq.) e Nina promoveram atividades artísticas com as crianças. Foto: Ana Sniesko

Gostou da matéria? Doe um libre
e ajude nosso projeto a continuar!

Enviar resposta

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>