Ricardo Neis reafirma que a culpa do atropelamento foi das vítimas (vídeo)

Ricardo Neis: "Também já fui ciclista". Imagem: Jaqueline Sordi/Zero Hora/Reprodução

Ricardo Neis: “Também já fui ciclista”. Imagem: Jaqueline Sordi/Zero Hora/Reprodução

Em uma curta entrevista ao Zero Hora, transmitida pelo Twitter, Ricardo Neis reforçou sua tese de defesa de que a culpa do atropelamento coletivo foi das pessoas que ele atropelou. O atropelador de ciclistas Porto Alegre, como ficou conhecido o bancário, avançou com seu carro sobre centenas de pessoas em 2011, atingindo 17 delas. Por muita sorte, ninguém morreu naquela noite. A entrevista foi concedida em um intervalo do julgamento de seus crimes. Saiba mais sobre o caso.

Com voz embargada, afirmou à repórter Jaqueline Sordi, do jornal Zero Hora, que “se tivesse sido feito tudo corretamente, com aviso de manifestação e tudo mais, não haveria problema nenhum” e que “mais cedo ou mais tarde, outro cidadão qualquer de Porto Alegre se veria numa situação dessas” [atropelando centenas de pessoas]. As vítimas do crime participavam de uma manifestação mensal por mais respeito e segurança no trânsito, a Massa Crítica, que ocorre toda última sexta-feira do mês na capital gaúcha e em centenas de cidades em todo o mundo.

“Fui ciclista, andava de bicicleta todo domingo em Brasília, andava de uma ponta a outra do Eixo Monumental. Quando vim pra Porto Alegre eu parei de usar, porque realmente é muito perigoso, acho ótimo que hoje tem ciclovia por todo lado, só acho… é… fico muito assim, chocado, né, que pra isso acontecesse teria que ocorrer uma coisa trágica dessas, né, que só depois de um evento trágico desse que pudesse a sociedade, né, abrir, a mente pra uma questão dessa da violência no trânsito, né, que é muito preocupante sempre, né…” – declarou o atropelador, bastante tenso, gaguejando e se afastando para encerrar a curta entrevista.

Veja a entrevista concedida a Jaqueline Sordi, quebrada em dois vídeos curtos:

 


4 comentários para Ricardo Neis reafirma que a culpa do atropelamento foi das vítimas (vídeo)

Enviar resposta

  

  

  

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>