Veja nossas fotos da Pedalada Pelada 2017 em São Paulo

No sábado 11 de março, ciclistas de várias cidades saíram às ruas pedalando nus e seminus, com mensagens pintadas em seus corpos, para chamar atenção para a fragilidade de seus corpos e alertar sobre a violência que sofrem todos os dias no trânsito. A World Naked Bike Ride (WNBR), conhecida no Brasil como Pedalada Pelada, aconteceu simultaneamente nas capitais dos estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo e Santa Catarina. Porto Alegre realizou sua edição no fim de semana anterior, no dia 4.

Em São Paulo a manifestação saiu às 20h da Praça do Ciclista, localizada na avenida mais importante da metrópole. Apesar da nudez ser opcional, não foram poucos os que se encorajaram a tirar as suas roupas e mostrar como se sentem todos os dias no meio do trânsito caótico da cidade: completamente nus e desprotegidos. A Policia Militar deu apoio até quase o final, fazendo corking para evitar conflito com motoristas impacientes.

Veja no final dessa página nossa galeria de fotos, com imagens de Silvia Ballan (logo abaixo do vídeo).

O que é a Pedalada Pelada


O objetivo da manifestação conhecida mundialmente como World Naked Bike Ride (WNBR) é chamar atenção para a situação de fragilidade e quase invisibilidade de quem pedala nas ruas, tanto em relação aos motoristas quanto nas ações (e inações) do poder público.

Várias razões levam as pessoas a participarem da Pedalada Pelada, seja aqui ou lá fora: reivindicar melhores condições para o uso das bicicletas nas cidades, denunciar o descaso e a omissão do poder público, promover a visibilidade dos ciclistas, celebrar o corpo e a bicicleta, estimular reflexões sobre a cultura do automóvel, alertar sobre os perigos do aquecimento global e outras mais.

Nus ou seminus, os manifestantes costumam pintar os corpos com frases de efeito, passando cada qual sua mensagem, seja ela coletiva ou particular.

E por que sem roupa?


A nudez representa a fragilidade do ciclista em meio à agressividade do trânsito. Também é uma forma de chamar atenção para a invisibilidade dos ciclistas nas ruas, que só passam a ser notados por muitos motoristas, boa parte da imprensa e especialmente pelo poder público ao pedalar sem roupa.

Tirar a roupa pra protestar não é novidade e nem faz parte só do universo das bicicletas. Veja neste link alguns protestos feitos pelo Brasil e pelo mundo usando o corpo como arma política e forma de expressão.

Clique aqui para assistir o vídeo


11 comentários para Veja nossas fotos da Pedalada Pelada 2017 em São Paulo

  • Pedro

    Tem de fazer manifestações desse tipo mesmo é o único jeito dos motoristas de carro e de ônibus enxergarem vocês. E em todos os paises da Europa tem este tipo de manisfestações, as pessoas criticam, mas em todas as manifestações eles estão lá pra ver os peladões.

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Bruno Giorgi

    Corpos nus na rua: credo, que horror, que mau gosto, exibicionistas baratos, joga água neles PM!
    Corpos ensanguentados na rua: normal, é o preço do progresso!
    Haters gonna hate.

    Thumb up 1 Thumb down 3

  • maria luciani

    [Comentário oculto devido a baixa votação. Clique para ler.]

    Esse comentário não tem feito muito sucesso. Thumb up 0 Thumb down 7

  • Carlos Adão

    Acho isso tudouma puta balela!! Um monte de esquerdopata querendo participar como forma de protesto. se fosse eu pelado na janela da minha casa olhando as pessoas passearem no minhocão de domingo seria uma absurdo, obseno, chamariam a policia… agora um monte de gente pelada na rua é protesto… sempre achei uma babaquisse e continuo achando… pior são as fotos que quem publicou pôs tarjas sobre os orgãos sexuais… hj em dia virou modinha participar dessa merda, um ou outro ali q ta pelado, o resto vai pre ver gente pelada… metade dessa galera nem utiliza a bike como meio de transporte… parabens por fazerem papel de ridiculo

    Thumb up 1 Thumb down 5

    • A verdade é que você inveja a coragem dos outros de tirar a roupa para protestar por algo na rua. Um despeito pois textinhos no Facebook ou twitter não mudam nada. Se ódio irracional contra a liberdade alheia escancara isso. Agora pornografia na internet para você esta liberado? Hipocrisia.

      Thumb up 4 Thumb down 1

      • maria luciani

        [Comentário oculto devido a baixa votação. Clique para ler.]

        Esse comentário não tem feito muito sucesso. Thumb up 1 Thumb down 7

    • maria luciani

      Carlos Adão: sim, uma cambada de exibicionistas baratos! Se eu fosse bombeiro, mandava água pra valer! Em Minas Gerais, não tiveram nenhuma chance. Mas desde aquela sem noção, defecou no MASP, ficar pelado, ficou até bonitinho pra essa turma. ARGH!!!

      Thumb up 1 Thumb down 5

  • Tarantino

    [Comentário oculto devido a baixa votação. Clique para ler.]

    Esse comentário não tem feito muito sucesso. Thumb up 0 Thumb down 8

  • Gustavo

    Foi muito massa a pedalada. Nosso corpo é carne na mira de 1000 kilos de aço.

    Comentário bem votado! Thumb up 6 Thumb down 0

Enviar resposta para Bruno Giorgi Cancelar resposta

  

  

  

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>