Bicicleta no Metrô: agora pode!

Em dias e horários determinados e com autorização obtida na hora, mas pode. Achei que ia demorar bem mais pra sair isso…

A informação veio hoje de manhã informalmente através do gabinete da vereadora Soninha Francine e agora à tarde já está em vários sites de notícias.

Mas calma lá: não vá tentar entrar agora numa estação do metrô que não vão deixar. Há algumas restrições:

– Por enquanto só é permitido aos sábados das 15 às 20 horas e aos domingos e feriados das 7 às 20 horas;

– É preciso procurar um funcionário para obter permissão, que pode ser negada em situações de “anormalidade” ou se o Metrô estiver muito cheio;

– Só é permitido usar o último vagão do trem para embarcar com a bicicleta;

– Por motivos óbvios não é permitido pedalar dentro da estação, por isso tenha bom senso e permaneça desmontado da bicicleta, tanto por respeito aos pedestres que ali transitam quanto para não provocar antipatia nos funcionários que lhe permitirão acesso ao trem;

– Dê preferência aos pedestres para entrarem no vagão. Além de demonstrar educação, faz parte das normas que lhe permitem embarcar.

Durante a semana ainda não pode, em alguns casos nem com uma dobrável desmontada (veja o post anterior). Como ressaltou a Folha, “embora a medida facilite o acesso dos esportistas a parques e ciclovias, ela ainda não incentiva o uso diário da bicicleta como meio de transporte”. Mas tudo tem um começo. Essa integração era impensável alguns meses atrás e essa liberação já significa um grande avanço.

Veja a notícia em diferentes portais:

Último SegundoFolha OnlineTerra

Atualizado às 20h15: nos trens da CPTM também pode, seguindo as mesmas regras!

4 comentários em “Bicicleta no Metrô: agora pode!

  1. Como você falou, tudo tem um começo. Encaro isso como um período de experiência, que se der certo vai mostrar que a Europa toda não está errada, e que é possível permitir que os cilistas usem o metrô para ir ao trabalho.

    Thumb up 0 Thumb down 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *