Hospitalidade para cicloturistas


Permitir que um cicloviajante possa encontrar alguém disposto a hospedá-lo por uma noite, servir um prato de comida e, como o nome da rede diz, emprestar um chuveiro quente: é esse o objetivo da Warmshowers, uma rede informal e colaborativa que conta com mais de sete mil cadastrados em todo o mundo.

O cicloativista e cicloturista Dudu Green, de Florianópolis, conta como tem sido usar a rede Warmshowers e pede que os cicloturistas brasileiros também se cadastrem no site, para recepcionar os estrangeiros com a mesma hospitalidade com que ele tem sido recebido lá fora. Quem já viajou de bicicleta sabe a diferença que faz ter um lugar onde ficar e alguém para conversar ao chegar sozinho em uma cidade estranha.

Ele comenta também que já há brasileiros cadastrados e que é possível usar a rede ao visitar outras cidades e estados dentro do Brasil. E em seu blog, o Ciclonomade, ele conta como tem sido sua viagem, que empreende desde o ano passado. Nesse momento, ele está passeando pela Nova Zelândia.

3 comentários em “Hospitalidade para cicloturistas

  1. Opa Willian!

    Quer dizer que agora terei onde ficar em Sampa hehehehe Valeu pelo link aí.. e parabéns pelo blog, tá ótimo!

    Ah Rodrigo, já hospedei batstante gente e nunca tive problema.. se bem que eram todos estrangeiros!

    Abração do :Dudu

    Thumb up 0 Thumb down 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *