"Vencer o Tour de France sem se dopar é impossível", afirmou o americano em entrevista ao jornal francês Le Monde. Foto: Divulgação

Afirmação de Armstrong sobre doping causa forte polêmica no mundo do ciclismo

A afirmação de Lance Armstrong, de que vencer o Tour de France sem se dopar é impossível, causou reações em ciclistas e dirigentes.

"Vencer o Tour de France sem se dopar é impossível", afirmou o americano em entrevista ao jornal francês Le Monde. Foto: Divulgação
“Vencer o Tour de France sem se dopar é impossível”, afirmou o americano em entrevista ao jornal francês Le Monde. Foto: Divulgação

“Vencer o Tour de France sem se dopar é impossível”, afirmou o ex-ciclista profissional Lance Armstrong ao jornal francês Le Monde, na sexta-feira 28 de junho. “É impossível ganhar a Volta da França sem se dopar porque é uma prova de resistência na qual o oxigênio é a chave”, justificou. “Eu não inventei o doping”, acrescentou. “Simplesmente participei do sistema”.

As afirmações foram rapidamente rebatidas por Cadel Evans, vencedor do Tour de France em 2011, em depoimento ao mesmo jornal. “Eu acho que não, eu sou a prova de que isso não é verdade. Eu tenho certeza, porque eu fiz”, garantiu o australiano. “Eu não vou desperdiçar energia me irritando, sendo vingativo. Eu só quero ser um bom exemplo, é o melhor que eu posso fazer para o meu esporte”, acrescentou.

Veja também
Lance Armstrong admite ter usado doping
e acusa alto escalão do ciclismo

“Lance Armstrong merece ser esquecido”,
declara presidente da UCI

Entrevista de Lance Armstrong desaponta,
mas trará consequências

Tiago Leifert responde à polêmica sobre
sua afirmação sobre Armstrong

Repercussão

A maioria dos ciclistas profissionais recusou comentar as afirmações de Armstrong, para não alimentar a polêmica. Para a Associação de Ciclistas Profissionais (CPA), Armstrong passou todos os limites. “É degradante ser sistematicamente arrastado pela lama e denegrido por alguns que buscam ganhar dinheiro ou notoriedade conosco. Basta!”, afirmou a CPA em comunicado. “Há vários temos demonstrado nossa boa vontade na luta antidoping. Se a cultura de doping era dominante nos anos 90, há 15 anos nosso esporte combate sozinho o flagelo do doping”.

Em um comunicado divulgado pela UCI, o presidente da associação Pat McQuaid, diretamente implicado por acusações de Armstrong, disse que “a cultura do ciclismo mudou desde a era Armstrong e agora é possível correr e ganhar estando limpo”.

“É muito triste que Lance Armstrong decidiu fazer essas declarações para o 100º aniversário do Tour de France. Entretanto, posso lhe afirmar categoricamente que ele está errado”, disse o irlandês, que administra a UCI desde o final de 2005. “Eu não acho que Lance Armstrong poderia derrubar a UCI, ele quer é uma redução na punição. Foi banido para sempre, mas quer uma redução de sua sentença para oito anos”, acusou McQuaid. “Lance Armstrong é um oportunista, alguém que só pensa em seus interesses”.

Qual sua opinião?

Todos se dopam e Armstrong foi escolhido como bode expiatório? Ou ele está apenas tentando rebaixar todos ao mesmo nível para diminuir sua culpa e, talvez, reduzir sua punição?

O Vá de Bike quer saber. Responda aqui nos comentários.

5 comentários em “Afirmação de Armstrong sobre doping causa forte polêmica no mundo do ciclismo

  1. Óbvio que o pegaram como bode expiatório… problema é que tudo que ele disser agora vai soar como vingança, como mágoa, e não vai ser levado em consideração.

    Thumb up 3 Thumb down 0

  2. Lance foi escolhido, deve ter incomodado alguém maior do que ele, mexeu com quem não devia! Não tenho a menor dúvida de que todos os ciclistas que concorriam diretamente com Lance estavam em pé de “igualdade” com ele, ou seja, dopados!

    Thumb up 1 Thumb down 0

  3. Curioso é que o primeiro colocado é acusado de doping (Óóóh doping, ele é um super humano… impossível de ser superado), mas o segundo não.
    Sendo que a proximidade dos tempos é muito grande

    A respeito do comentário da Tânia; ” isso é algo que não vai acabar no ciclismo de um dia para o outro, mas tenho esperança de ver os tours de cara limpa.”

    Muito pelo contrário. Conforme as drogas e outros métodos de doping vão evoluindo, maior a quantidade de usuários, melhores serão os seus resultados e mais difícil de rastreá-los será.
    Ou você acha que nas provas onde Lance venceu, o 2º, 3º, 4º lugar estavam limpos?

    Lance foi sim bode expiatório.

    Thumb up 1 Thumb down 0

  4. Ele diz também que após as investigações do caso Fuentes, várias provas como bolsas de sangue foram destruídas, muito em função de interesses de times de futebol, portanto, sendo apenas o ciclismo tomado como bode espiatório…Hmmmm… Estigmatizam muito o ciclismo, mas é um esporte que ainda se corta na própria carne. Se o foco fosse no futebol, creio que a sujeira seria muito maior, mas a quem interessa mesmo?

    Thumb up 0 Thumb down 0

  5. eu não acho que ele seja bode expiatório, mas que ele tem razão, ele tem… infelizmente, isso é algo que não vai acabar no ciclismo de um dia para o outro, mas tenho esperança de ver os tours de cara limpa.

    Thumb up 0 Thumb down 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *