Clique para ver o mapa que o Vá de Bike preparou, indicando as ruas que serão sinalizadas.

Mapa das ciclofaixas, zonas 30 e sinalização de compartilhamento de Copacabana

Veja mapa com as vias onde haverá sinalização e estrutura para o uso da bicicleta no bairro de Copacabana, no Rio de Janeiro.

O Vá de Bike criou um mapa com as vias onde haverá sinalização e estrutura para o uso da bicicleta no bairro de Copacabana, no Rio de Janeiro. Tivemos a ajuda do Zé Lobo, da Transporte Ativo, para identificar corretamente as vias.

Em roxo, as vias que ganharão uma nova ciclofaixa; em laranja, a ciclofaixa que será reformada; em verde, as ruas que se tornarão Zonas 30 e receberão sinalização de faixa compartilhada; em azul, calçadas compartilhadas com pedestres, sinalizadas apenas com placas. Em vermelho, as ciclovias que já existem hoje.

Compartilhe! \o/

Saiba mais aqui sobre as mudanças em Copacabana

Para mais informações sobre a estrutura já existente, consulte o
Mapa Cicloviário Unificado do Rio de Janeiro


Visualizar em um mapa maior

4 comentários em “Mapa das ciclofaixas, zonas 30 e sinalização de compartilhamento de Copacabana

  1. Concordo com o Luiz Melo, moro na Penha e sinto a dificuldade de se locomover ao centro de bike, pois a ciclovia da radial leste simplesmente morre no Tatuapé

    Thumb up 1 Thumb down 0

  2. Esse projeto-piloto de ciclofaixa, por conta de sua facilidade de implementação, poderia ser adotado em vários bairros do Rio de Janeiro.

    Será que as ciclofaixas chegarão nas ruas do Flamengo, Laranjeiras, Catete e Gloria? Por que tudo que é fácil de fazer, parece tão difícil no meu Brasil?

    Thumb up 0 Thumb down 0

  3. O morador desses locais estão servidos de transporte a sua porta . O subúrbio carioca e a Baixada Fluminense não vendem o serviço de turismo que a propaganda quer mostrar, suas ruas são sujas e escuras e não tem o transporte nem pra trabalhar quanto mais para o lazer. Quem mora e trabalha perto de uma estação de trem e metrô sabe o que estou dizendo. Poucos são os que se deslocam até a estação de trem de bicicleta para trabalhar e lazer. Continua sendo fachadas de mentira. Os planos operacionais de mobilidade do Governo do Estado do Rio de janeiro não saem do papel.

    Thumb up 1 Thumb down 3

Deixe uma resposta para JOSE AUGUSTO Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *