Arte: Bruno Galliez

Rio de Janeiro recebe mais uma Tweed Ride neste sábado, 25 de outubro

Passeio de bicicleta com roupas de época faz uma divertida viagem no tempo, trazendo de volta o charme do início do século passado.

Arte: Bruno Galliez
Arte: Bruno Galliez
A Tweed Ride faz uma divertida volta no tempo, trazendo de volta o charme do início do século XX. Imagem da edição 2011 de São Paulo. Foto: Laura Sobenes
A Tweed Ride faz uma divertida volta no tempo, trazendo de volta o charme do início do século XX. Imagem da edição 2011 de São Paulo. Foto: Laura Sobenes

A capital fluminense terá mais um passeio ciclístico com roupas de época no próximo sábado, 25 de outubro, dessa vez com destino à Ilha de Paquetá. Com saída nas barcas da Praça XV, a edição de primavera do Tweed Ride Rio promove uma volta ao passado, uma época em que a bicicleta “era usada com mais tranquilidade e glamour”.

Haverá um passeio pela Ilha, coroado com um piquenique com vinho, música do Digga Digga Duo e performance da companhia de dança Rio Hoppers. A divulgação do passeio pede para levar cangas, toalhas e instrumentos musicais, além de comidas e bebidas para serem compartilhadas por todos durante o piquenique.

Concursos e prêmios

A novidade dessa edição é o concurso de barba e bigode. Serão três os ganhadores, que levarão um trato muito especial da Barbearia Clube do Bolinha. Capriche no “moustache”!

Outra competição será a de melhores trajes, nas categorias feminino e masculino, com premiação da Von Richers, marca de customização de bicicletas. Também serão vendidas braçadeiras do evento, com direito a participar de um sorteio também da Von Richers.

Além desses dois apoios, a edição de primavera conta com o patrocínio da clínica Rádio Serra Radioterapia.

Clique para ampliar. Arte: Bruno Galliez
Clique para ampliar. Arte: Bruno Galliez

Quando e onde

Dia 25 de outubro (sábado)

11h30 concentração na Praça XV
13h saída das Barcas rumo à Ilha de Paquetá

Ciclistas de todo lugar podem participar. A organização pede apenas que se vistam à caráter, para seguir a tradição do passeio que acontece em todo o mundo.

Qualquer bicicleta, de todos os modelos, são bem vindas!

Na Ilha de Paquetá é possível alugar bikes a preços populares.

Confirme sua presença na página do evento e saiba mais na fan page do Tweed Ride Rio.

Uma "Penny Farthing", bicicleta antiga com uma roda enorme na frente, é sucesso garantido numa Tweed Ride. Foto: Laura Sobenes
Uma “Penny Farthing”, bicicleta antiga com uma roda enorme na frente, é sucesso garantido numa Tweed Ride. Foto: Laura Sobenes

Tweed Ride

Também chamada de Tweed Run, a pedalada faz uma divertida volta no tempo, com roupas e bikes antigas e adereços vintage. O nome do passeio tem origem num tipo de tecido surgido na Grã-Bretanha, o tweed, feito com fios de lã em diferentes padronagens e muito utilizado em casacos, ternos e blaisers. Junto com as roupas de tweed, é normal os ciclistas usarem gravatas, luvas, chapéus, calçados elegantes e adereços como colares, penas e cachecóis.

Nas bicicletas, faróis antigos, paralamas, bancos de couro, cestinhas, protetor de saia e outros acessórios mais comuns em modelos antigos marcam o estilo do evento. Qualquer bicicleta é aceitável, mas é importante que o ciclista esteja vestido com roupas de estilo clássico/antigo, recriando o espírito de uma época passada em que aconteciam passeios elegantes sobre duas rodas, além de lembrar que as bicicletas já circularam em maior quantidade que qualquer veículo automotor e eram consideradas um símbolo de autonomia, modernidade e elegância. E mostrar que, aos poucos, estão voltando a ser.

O primeiro Tweed Ride (ou Tweed Run) foi realizado em Londres em janeiro de 2009. Inspiradas no exemplo inglês, muitas cidades do mundo já realizaram passeios semelhantes, como São FranciscoBostonChicagoFiladélfiaSacramentoTorontoVictoriaAnjouSidneyWashington e Nagoya, entre outros. Várias edições também já foram realizadas no Brasil, como por exemplo em São Paulo, Curitiba e até no Rio de Janeiro. Curitiba, por sinal, foi a cidade onde aconteceu o primeiro Tweed Ride brasileiro, em 2010.

Em tempos modernos, a Tweed Ride é bastante ligada ao movimento “cycle chic”, que prega o uso da bicicleta no meio urbano com roupas não especializadas e de uso diário. Nada mais atual do que a elegância da velha e boa bicicleta.

Capacete

Nos tempos idos, nem existia ainda capacete de ciclismo. Mas, para as meninas que não dispensam seu uso nos dias de hoje, o site Curitiba Cycle Chic tem uma dica bacana para poder usá-lo sem distoar do dress code da Tweed Ride. Veja lá!

Inspire-se!

Veja a galeria de fotos da edição paulistana e acompanhe abaixo como foi, no vídeo de Rachel Schein:

 

Foto: Rachel Schein
Foto: Rachel Schein
Foto: Rachel Schein
Foto: Rachel Schein
Uma volta no tempo em duas rodas, no centro histórico de São Paulo. Foto: Rachel Schein
Uma volta no tempo em duas rodas, no centro histórico de São Paulo. Foto: Rachel Schein

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *