Carro mata, use com cuidado

Apoie nosso trabalho,
doe um libre!

Inspirado por um vídeo do site Apocalipse Motorizado, encontrei estes outros, de uma campanha de conscientização do estado de Queensland (Austrália) sobre limites de velocidade. São bastante instrutivos, deveriam ser exibidos nas auto-escolas como parte da formação do futuro condutor.

Ford Fusion
Fiat Idea
Detalhes dos sites do Ford Fusion e do Fiat Idea, que contam ao futuro comprador o quão rápido ele consegue acelerar com o carro. No site da GM não encontrei essa informação.

Reduza (esse é bom, lembra propaganda de carro)
Não é por acidente
Não tem desculpa
Cada Km a mais é um assassino

Quando pegar seu carro, pense bem no você está fazendo e no que pode acontecer se você se distrair, ou se resolver correr um pouco mais. Pense que São Paulo é uma cidade para os carros e não para as pessoas. Que um pedestre na calçada de uma grande avenida tem medo que um carro suba onde ele está. Que não podemos soltar da mão de nossas crianças ao andar na rua, pois elas podem morrer em questão de segundos.

Os filmes acima obviamente são montagens, mas poderiam ser fatos reais. Ou melhor, eles são, mas a gente acaba fazendo de conta que não acontece. Não feche os olhos, admita a realidade. Todo ano, morrem 30 mil pessoas em acidentes de trânsito no Brasil. Para se ter uma idéia, nos ataques de Israel ao Líbano, morreram até agora 925 libaneses e 220 israelenses, um total de pouco mais de mil pessoas em cerca de um mês. Arredonde para cima, multiplique por 12 e você descobrirá que nossa guerra mata exatamente o dobro, sem precisar de foguetes ou metralhadoras.

E, segundo a própria CET em seu relatório sobre mortes no trânsito, 50% das vítimas são pedestres. Eu daria link para o relatório aqui mas, apesar dele ter sido “divulgado” no dia 18/07, não está disponível na internet. Eu o solicitei pelo site, mas não obtive resposta. A informação sobre a porcentagem de pedestres foi divulgada na rádio CBN, em entrevista a um funcionário da CET, que contou também que morrem 4 pessoas por dia em acidentes de trânsito, só na capital paulista. O tal funcionário ainda fez questão de frisar umas duas ou três vezes que a culpa de muitos acidentes é dos pedestres. Sim, esses perigosos pedestres, que insistem em atravessar as ruas da cidade feita para os carros! Vamos tirar os pedestres das ruas para que nossos carros possam passar em segurança…

Depois ainda me perguntam porque é que eu prefiro vir de bicicleta a dirigir. Entre vários outros motivos, vindo de bicicleta eu evito usar a arma! Já pensou se eu me distraio e ela dispara?

Respeite a vida. Vá de bike.

Gostou da matéria? Doe um libre
e ajude nosso projeto a continuar!

13 comentários para Carro mata, use com cuidado

  • Por que diminuir a velocidade das vias? « O Caderno de Patrick

    […] – Carro mata, use com cuidado – Videos de uma campanha australiana que todo motorista deveria assistir. […]

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Por que diminuir a velocidade das vias | + Vá de bike! +

    Por que diminuir a velocidade das vias

    O vídeo abaixo é de uma campanha de redução de velocidade veiculada no Reino Unido, em 2006.

    A menina do vídeo diz:
    “Se você me atropela a 40mph (64km/h), há cerca de 80% de chance que eu morra.
    Se você me atropelar a 30 (48km/h), há cerca de 80% de chance que eu sobreviva.”
    (…)

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • O Brasil trabalhando para sustentar as montadoras | + Vá de bike! +

    […] emprego. Mas quanto maiores as vendas, mais carros nas ruas também. Mais poluição no ar, mais mortes em acidentes de trânsito e em rodovias. O custo do automóvel para a sociedade é muito mais alto […]

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Pedalando no horário de pico | + Vá de bike! +

    […] alcançar, ultrapassar a 10km/h uma perigosa porém imóvel SUV de mais de cem mil reais, ou um carro potente, que em em um mundo de faz de conta alcançaria impressionantes […]

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Compre nosso carro e seja alguém na vida | + Vá de bike! +

    […] Carro mata, use com cuidado Enviado por:  Willian Cruz – Categoria: Sem categoria Tags relacionadas:  […]

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • A culpa é do pedestre | + Vá de bike! +

    […] Carro mata, use com cuidado – Videos de uma campanha australiana que todo motorista deveria assistir […]

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Educar versus punir e os conceitos distorcidos | + Vá de bike! +

    […] mais: Carro mata, use com cuidado Ao pedestre, com carinho Enviado por:  Willian Cruz – Categoria: . Motorcracia . Tags […]

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Agressões a ciclistas | + Vá de bike! +

    […] mais: Carro mata, use com cuidado Campanha realmente agressiva Ao pedestre, com carinho Dicas para o ciclista urbano – Parte I: Como […]

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Parem tudo, renovem o asfalto, um carro vai passar | + Vá de bike! +

    […] suficiente, não precisamos mostrar isso na mesma rua em que os motoristas dirigem todos os dias. O excesso de velocidade é uma das maiores causas de mortes no trânsito. A visão de que dirigir rápido é algo cool se […]

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Fourier

    Já tinha vistos esse vídeos por aqui mesmo, sou assíduo por aqui!!

    Com certeza essem são mais fortes ainda, o da criança choca!!!

    Abraços

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Danilo

    Ontem andei “desarmado” pelas Avenidas Brigadeiro Faria Lima e Eusebio Matoso. Mediante o CAOS pelo excesso de veículos automotores resolvi contar quanto tempo demorava para passar 100 carros com 2 ou mais pessoas e quanto tempo demorava para passar 100 carros com 1 pessoa.
    Desconsiderei táxis, transporte coletivo e carros de empresas. Resultado: Precisou de 18 minutos para passar carros com 2 ou mais pessoas.
    E incríveis 03 minutos, isso mesmo, somente 03 minutos para passar 100 carros somente com 01 pessoa.
    Tirem suas conclusões…

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • luddista

    Cara, muito bom o texto! Eu também prefiro andar desarmado, mas acho que você tocou no ponto de uma forma sutil, educada, mas enfática: se tá armado, tome cuidado.

    E é isso: um “acidente” é uma vida, que podia ser a sua ou de algum conhecido. É que nestes tempos em que as mortes em guerras são chamadas de “casualities”, acabamos nos esquecendo disso.

    E bela coleção de vídeos e links!

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • Wlad

    ah, nem tao radical assim, mas muito pertinente…

    Carro é a única coisa que me fez entrar numa dessas comunidades “odeio alguma-coisa” do Orkut

    Se há um humano dentro “dirigindo” a máquina entao, odeio mais ainda.

    []s e bom pedal

    Thumb up 0 Thumb down 0

Enviar resposta

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>