Lixo eletrônico ou lixo tecnológico

Apoie nosso trabalho,
doe um libre!
Veja o que esses elementos químicos podem causar no organismo:

Chumbo – provavelmente, o elemento químico mais perigoso; acumula-se nos ossos, cabelos, unhas, cérebro, fígado e rins; causa dores de cabeça e anemia, mesmo em baixas concentrações; age no sistema nervoso, renal e hepático.
Cobre – causa intoxicações; afeta o fígado.
Mercúrio – altamente tóxico, concentrações entre 3 e 30g podem ser fatais ao homem; é de fácil absorção por via cutânea e pulmonar; tem efeito cumulativo; provoca lesões no cérebro; tem ação teratogênica (malformação de fetos durante a gravidez).
Cádmio – acumula-se nos rins, fígado, pulmões, pâncreas, testículos e coração; causa intoxicação crônica; provoca descalcificação óssea, lesões nos rins e afeta os pulmões; tem efeito teratogênico e cancerígenos.
Bário – tem efeito vasoconstritor, eleva a pressão arterial e age no sistema nervoso central; causa problemas cardíacos.
Alumínio – favorece a ocorrência do mal de Alzheimer e tem efeito tóxico sobre as plantas.
Arsênio – acumula-se nos rins, fígado, sistema gastrointestinal, baço, pulmões, ossos e unhas; pode provocar câncer da pele e dos pulmões, anormalidades cromossômicas; tem efeito teratogênico.
Cromo – acumula-se nos pulmões, pele, músculo e tecido adiposo; pode causar anemia, afeta o fígado e os rins; favorece a ocorrência de câncer pulmonar.
Níquel – tem efeito cancerígeno.
Zinco – entra na cadeira alimentar afetando principalmente os peixes e as algas.
Prata – tem efeito cumulativo; 10g de nitrato de prata é letal ao homem.

Fonte: Site do Mutirão do Lixo Eletrônico

Não, não estamos falando de spam. O assunto são os resíduos eletrônicos que contaminam o meio ambiente. E não são só as pilhas e baterias!

Mas qual o problema?

Aparelhos celulares e seus carregadores, computadores, TVs, pen drives, lâmpadas fluorescentes e até CDs e DVDs usados (e, claro, as pilhas e baterias) contaminam o ambiente se não tiverem um descarte especial. Em sua composição, possuem substâncias altamente perigosas à saúde humana (veja quadro ao lado), além de PVC e compostos químicos que demoram séculos para se decompor.

Essas substâncias nocivas contaminam o ar, as águas e o solo. E se isso não lhe comove, saiba que elas podem chegar a você através da água e dos alimentos. Os metais pesados se acumulam nos organismos vivos, ou seja, são “herdados” de um ser vivo para o outro na cadeia alimentar, chegando por fim ao homem. Causam distúrbios no sistema nervoso, problemas renais e pulmonares, câncer e outras doenças, podendo até mesmo afetar o cérebro.

E o que posso fazer?

Amanhã, dia 31 de outubro, haverá pontos de coleta espalhados por todo o estado de São Paulo. Alguns deles recebem apenas no dia de amanhã, outros são instituições que recebem esses descartes sempre.
Veja a lista completa aqui.

O que descartar?

– Aparelhos celulares, seus carregadores, baterias e acessórios
– Computadores, monitores, mouses, teclados e acessórios, cartuchos de tinta e toners
– TVs, aparelhos de videocassete e DVD, rádios, walkmans, diskmans, fones de ouvido
– Pen drives, MP3, câmeras digitais
– Lâmpadas fluorescentes
– CDs e DVDs
– Pilhas e baterias
E qualquer outro aparelho ou equipamento que contenha componentes eletrônicos.

Atenção: se os aparelhos estiverem em condições de uso, doe para instituições de caridade ou ONGs que reutilizarão os equipamentos, em vez de simplesmente descartá-los. O que não é mais útil para você, se ainda funciona pode ser útil para mais alguém. A relação de endereços e telefones dessas instituições você encontra aqui (role a página).

Gostou da matéria? Doe um libre
e ajude nosso projeto a continuar!

Enviar resposta

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>