Bicicleta é mais usada como meio de transporte

Apoie nosso trabalho,
doe um libre!

Segundo informações da Abraciclo, exatamente metade das bicicletas do país é utilizada como meio de transporte.

O relatório diz ainda que 32% das bicicletas vendidas é destinada ao público infantil. Podemos então considerar que, dentre as bicicletas utilizadas por adultos, cerca de 77% são utilizadas como meio de transporte.

Outras informações no site da Abraciclo mostram que o Brasil é o terceiro produtor mundial de bicicletas e os cinco milhões e meio de unidades produzidas em 2007 foram absorvidas pelo mercado interno, ou seja, estão rodando por aí e a frota aumenta continuamente.

As bicicletas estão circulando cada vez mais. Só não vê quem não quer.

Gostou da matéria? Doe um libre
e ajude nosso projeto a continuar!

6 comentários para Bicicleta é mais usada como meio de transporte

  • + Vá de bike! + - A bicicleta como meio de transporte no país do automóvel » Ônibus com suporte para carregar bicicletas começa a circular em duas cidades

    […] para esclarecer: segundo dados da Abraciclo, cerca de 77% das bicicletas utilizadas por adultos são usadas como meio de transporte. Sem contar que as que são utilizadas para lazer muitas vezes […]

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Willian Cruz

    Ale, mais do que ciclovias, precisamos de respeito no trânsito. E parte desse respeito se conquista, ocupando seu espaço na rua com a bicicleta. Quanto mais bicicletas temos na rua, mais os motoristas se acostumam à sua presença e aos poucos passam a entender que a rua é de todos, inclusive das bicicletas, e deve ser compartilhada.

    Se você for esperar ter uma ciclovia que vá da porta da sua casa à porta do seu trabalho, vai esperar eternamente, porque a cidade é grande demais. O segredo está em traçar um bom trajeto, fugindo das avenidas mais perigosas e descobrindo ruas mais tranquilas e agradáveis. Mesmo que isso aumente um pouco seu trajeto, ele será menos estressante, bem mais seguro e muito mais prazeroso.

    Quanto aos assaltos, eu tinha muito mais medo de ser assaltado quando usava o carro para trabalhar. Cada sinal fechado me deixava tenso. De bicicleta não tem sequestro relampago, você tem 360 graus de visão para evitar situações de risco em termos de assalto, tem mais liberdade para traçar seu percurso sem se preocupar em ficar parado nos congestionamentos e não está carregando um trambolho de uma tonelada que custa dezenas de milhares de reais e que dá o maior prejú se for roubado. E mesmo que levem sua bicicleta, uma nova custa menos que o seguro do carro. Pense nisso. 😉

    Se você mora aqui em São Paulo, envie um e-mail para a Bicicletada com a origem e o destino do seu trajeto que o pessoal vai sugerir algumas rotas para você. Experimente as rotas em um final de semana, quando estiver sem a preocupação de chegar no horário, para ver como será seu caminho, quanto tempo você leva para chegar,etc. E veja as dicas para o ciclista urbano, aqui neste site: http://vadebike.org/category/dicas-para-o-ciclista-urbano/

    Vejo você pedalando nas ruas! 🙂

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • ale

    Gostaria muito de usar minha recem comprada bike p a ida ao trabalho.O medo dos assaltos e a falta de ciclovias q me desencorajam…

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • zeca

    É isso aí. Comprei uma bicicleta no início de dezembro para lazer, a princípio. Mas a partir da próxima segunda-feira, ela também será meu meio de transporte até o trabalho!

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • João Lacerda

    Bom que se diga que somos “auto suficências” em petróleo E bicicletas! hhehe

    abs

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Michel

    É verdade comprei uma bike esses tempos pra ir pro trampo e lazer, e agora parece vejo muita gente de magrela…não sei se é pq comecei a reparar agora sei la…
    a bicicleta é minha parceira faça chuva ou faça sol! enfrentei uma pra vir trabalhar hoje cheguei molhado e ainda estou um pouco, mas cheguei feliz e com uma sensação boa por ter superado um obstáculo!

    Thumb up 0 Thumb down 0

Enviar resposta

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>