Cycle Chic

Apoie nosso trabalho,
doe um libre!

Inspirado pela dica da leitora Mariane, nos comentários do post anterior, resolvi dedicar um post ao movimento que chamam lá fora de Cycle Chic.

Segundo a Wikipedia (definição em inglês), Cycle Chic, Bicycle Chic ou Bike Chic é a cultura de pedalar com roupas “fashion”, com estilo ao se vestir. Mas, na verdade, é ainda mais abrangente: cycle chic é usar para pedalar a mesma roupa que você pretende usar no seu destino, mostrando que não é preciso se fantasiar de atleta para pedalar.

No Brasil, houve nas últimas décadas a associação da bicicleta com lazer e esporte, relegando-a como meio de transporte apenas às camadas sociais mais baixas.

Site da fabricante Sundown (de cima), com foco exclusivamente esportivo, em contraponto ao da Dahon, que aposta no uso cotidiano da bicicleta.

A sociedade se acostumou a ver a bicicleta como brinquedo ou como falta de opção para quem ainda não pôde comprar um carro, graças à cultura do automóvel instalada no Brasil a partir das políticas centradas no automóvel de Juscelino Kubitschek, Prestes Maia, Paulo Maluf e outros tantos.

Parte da culpa disso também recai sobre os fabricantes e mesmo os lojistas brasileiros, que dos anos 80 para cá reforçaram o conceito de bicicleta apenas como lazer, esquecendo que ela também é um meio de transporte e que metade das vendas de bicicletas se destina a esse fim. Nem mesmo vindo alguém de fora para ensinar (como a Dahon, que mal chegou e já está fazendo bastante sucesso apostando exclusivamente no uso urbano da bicicleta), as grandes fábricas aprenderam. Quem sabe quando a Dahon tiver engolido uma bela fatia do mercado elas acordem.

Nos outros países, sobretudo na Europa, onde a bicicleta sempre foi principalmente um meio de transporte, as pessoas têm outra visão de como utilizá-la. Aqui, quando alguém vai elegante a algum evento quer sempre ir de carro, seja ele próprio, táxi, ou carona. Lá, a bicicleta também serve para isso. Afinal, há onde estacionar, as bicicletas têm algumas pequenas diferenças para não estragar a roupa (adaptações que podemos fazer nas nossas, como protetor de corrente e guarda-saias), possuem bagageiro, as trancas em U são vendidas em qualquer loja e o ciclista é respeitado nas ruas e bem recebido nos estabelecimentos.

As bicicletas são usadas não só para ir ao trabalho e à escola, mas para ir ao mercado, ao cinema, à casa dos amigos e até às festas. Enquanto isso, aqui o chique é ficar preso no trânsito mesmo no final de semana, levar meia hora para andar com o carro nos últimos 500 metros do local do show e pagar R$ 20 de estacionamento ou R$ 10 para um flanelinha… E não me venham com aquelas velhas falácias de que não dá apra andar de bicicleta aqui por causa das subidas ou do calor, porque isso é desculpa que se dá para si mesmo: as subidas você contorna ou desce e empurra a bicicleta devagar; quanto ao calor, você pode pedalar mais devagar e suar o mesmo que se estivesse andando (e ainda ser refrescado pelo vento), ou pode levar outra roupa e se limpar e se trocar no destino ou próximo a ele.

Nosso consolo é que aos poucos, isso vai mudando por aqui também. A mudança já começou e chegou até à mídia tradicional (TV, jornais e revistas), que sempre foi totalmente favorável ao automóvel, mesmo em detrimento do transporte coletivo, já que a maior parte dos anúncios vem de montadoras, concessionárias e outras empresas que lucram com produtos e serviços relacionados ao automóvel. Não há mais como continuar na contramão do mundo: as coisas vão melhorar cada vez mais para os ciclistas urbanos, haverá cada vez mais infra-estrutura e respeito nas ruas.

Conforme a cultura da bicicleta se (re)estabelece ao redor do planeta, mais e mais sites sobre assunto vão sendo criados. Alguns deles:

Saiba Mais
Copenhagen Cycle Chic
O mais conhecido dos sites de Cycle Chic, com ótimas fotos. 

Cyclechic.co.uk
“O guia da mulher moderna para pedalar” (Londres)

Riding Pretty
Site da California

Velovogue
San Francisco, também na Califórnia

Urban Cycle Chic
“Moda em bicicletas holandesas, sem marchas, fixas e antigas”

Toronto Bike Chic
Site de Toronto, Canadá 

Cycle Chic Fashion Show
Site de um desfile de moda e bicicletas que aconteceu na Irlanda, em 01/Nov/2008. Prometem um novo evento para esse ano.

Warsaw Cycle Chic
Site da cidade de Varsóvia (Polônia). Belas fotos, texto incompreensível para mim. 🙂
Ainda na Polônia, há também um de Cracóvia e outro de Lodz.

The Sartorialist
Esse é na verdade um site generalista sobre moda das ruas, mas tem uma tag “Bicycles” e esse link faz um filtro, trazendo só o que se relaciona a bicicletas.

A partir desses sites dá para encontrar links para vários outros. E o nosso, quando sai? 🙂

Gostou da matéria? Doe um libre
e ajude nosso projeto a continuar!

16 comentários para Cycle Chic

  • moacir antonio esquevani

    Bom acho que deveria ter um programa legal na tv mas de grande porte com as pedaladas de todos por todos com o país brasil por inteiro e a cada pedalada uma emoção cheio de musicas cheio de pessoas conversando brincando e as imagens correndo no telão no espaço dentro e fora da tv com o site – http://www.rodobike.com.br

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Paulo Leandro

    Concordo . Sou professor de física em jundiaí, e pedalo ao trabalho com a mesma roupa . Em dias de verão é necessário uma muda de roupa , mas nada que uma toalhinha não resolva . Percebi também que mesmo em uma cidade com aclives é possível se locomover com facilidade . Você tem como escolher caminhos alternativos mais longos e planos sem perder tanto tempo assim .
    Só para ter uma ideia ,percebi ao longo do tempo que nem troca de marcha é necessária ! Quando há uma subida , desço da bike e a empurro , tranquilo . Na volta aquela subida virou uma deliciosa descida !
    Para ir aos bares de Jundiaí , não necessário nem troca de roupa ! O clima ameno , e úmido depois das 19 horas faz com que vc chegue perfumado e limpo.
    Eu tenho carro,mas está com uma placa de vende-se . Talvez quando eu tiver um filho volte a usa-lo . Por enquanto percebi que no meu caso só as exceções explicam o seu uso . Como por exemplo :
    – Comprar pão de madrugada .
    – Ir a uma balada em Sp .
    – Uma Emergência ( deus me livre )
    -Comprar cerveja quando falta … no meio do churrasco etc…

    – Hj uso ônibus , Taxi , tênis e bike . Economizei mais de 3mil reais em combustível ! Perdi peso , ganhei saúde …. Mudei minha vida !
    Abs!

    Thumb up 2 Thumb down 0

  • Cycle chic « Igual Você.

    […] pequena contribuição para a galera cycle chic. Continuo trabalhando com o Aleba para aumentarmos a linha de produtos da Vai, esta ilustração […]

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Jonas Bertucci

    Amigo, a reportagem associada ao link “mesmo em detrimento do transporte coletivo” não aparece!

    De qualquer modo, muito bom o texto! Veja um pequeno vídeo sobre o assunto:
    http://www.youtube.com/watch?v=McieLDHo9js

    abs

    Thumb up 1 Thumb down 0

    • Willian Cruz

      Oi Jonas, obrigado por avisar! A matéria para onde o link apontava foi retirada do ar (espero que por vergonha), mas substituí pelo link para uma página do Vá de Bike que comenta a tal matéria. Leia, vale a pena. Abraço!

      Thumb up 1 Thumb down 0

  • moacir antonio esquevani

    Voçe pode ser rico como for más voçe tambem tem muita saude que Deus lhe deu e voçe tem muita vontade que existisse trafego totalmente ciclista para pode passear com muita qualidade de vida é isto é só isto é muito simples quem sabe um dia vamos ter esse dia sendo prorrodados por mais dias agora ninguem vai deixar de possuir seus carros vida normal apenas vida diferenciada para encontrar a tal da qualidade. um abrço

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Pedalinas - Passeio para meninas nesse domingo em Sampa | + Vá de bike! +

    […] passeio é gratuito. Leve água, alguma coisinha leve para comer, capriche no visual cycle chic e dê um pulo na praça para fazer novas amigas, descobrir como outras meninas fazem para pedalar […]

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Passeio de bicicleta só para meninas nesse domingo | + Vá de bike! +

    […] com o piquenique: salgado, doce, suco, etc. Coloque na sua mochila ou bolsa, capriche no visual cycle chic e dê um pulo na praça para fazer novas amigas, descobrir como outras meninas fazem para pedalar […]

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Bike na Revista Vida Simples | + Vá de bike! +

    […] ponto interessante é a maneira como as meninas se vestem, demonstrando incidentalmente o estilo cycle chic […]

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Willian Cruz

    Veronica, estou para comentar aqui sobre alguns blogs nacionais de cycle chic que apareceram nos últimos tempos, entre eles o seu. Fique de olho! 😉

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Verônica Mambrini

    Bom, você já deve ter visto por aí, mas não custa deixar o comentário no seu post, né? Estreei o http://gataderodas.blogspot.com/ justamente para isso. Difícil está sendo pegar os flagrantes, mas deixe estar!

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • Rodrigo

    Tem uma marca australiana de acessórios que se chama “Knog”, o marquetingue deles está voltado para uma atitude mais descolada que atinge todos. O endereço virtual é http://www.knog.com.au

    Abrax.

    P.S.: Muito bom o site!

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • Mario Amaya

    Em dias mais frios eu saio na minha FSR com camisetas de corrida (sintéticas, ultraleves) sem logos nem estampas, e uma calça jeans. Não fazia ideia de que estava sendo “bike chic”…

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • Moacir

    Não tem haver com esse último post do blog, mas ao ler as notícias do dia em minha cidade me deparei com esta que entristece as pessoas que pedalam no seu dia a dia: http://www.tudonahora.com.br/noticia.php?noticia=39213

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • leonardo

    queira ou nao, o calor influencia e muito.
    Aqui em Vitoria ando todos os dias para ir a faculdade e qualquer outro lugar e sempre chego suado. Mesmo de noite quando a temperatura fica mais amena eu ainda chego suado (nao tenho qualquer problema de sudorese ou obesidade), no entanto ainda assim eu vou. Os bacanas ligam mais para a aparencia, entao, é bem possivel que só no dia de são nunca eles irão de bike pra balada.

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Isaac Kojima

    Já estamos trabalhando em cima.

    Thumb up 1 Thumb down 0

Enviar resposta

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>