GCM atua de bicicleta na Ciclofaixa de Lazer de São Paulo

Apoie nosso trabalho,
doe um libre!

Guardas Civis Metropolitanos em bicicletas no Parque do Ibirapuera, em São Paulo. Foto: SMSU/Divulgação

Para garantir a segurança de quem utiliza a Ciclofaixa de Lazer de São Paulo, a Guarda Civil Metropolitana (GCM), a CET e a Polícia Militar atuam em parceria. A GCM disponibiliza 96 ciclistas para essa atividade.

Na inauguração do trecho 3 da ciclofaixa de lazer, além dos guardas metropolitanos ciclistas havia seis bases comunitárias móveis, sete viaturas da GCM, 76 monitores da Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Recreação, e agentes da CET.

O patrulhamento em bicicletas da GCM continua sendo realizado na Ciclofaixa e seu entorno, todo domingo.

Ampliação

Segundo a prefeitura, o atual grupamento de ciclistas da GCM será duplicado com a chegada de novas bicicletas, incluindo algumas elétricas. O objetivo é atuar como apoio em eventos e passeatas, bem como na proteção de parques e praças da cidade.

E faz todo o sentido: em passeatas e eventos é bem mais seguro para o cidadão que a GCM utilize bicicletas, em vez de circular com carros ou motos em meio à multidão. E em parques, é até desagradável o uso de carros ou motos.

A ronda com ciclistas da GCM também atua na região central da capital, em locais como Bom Retiro, Avenida Paulista, 25 de Março e Praça da República, além do quadrilátero formado pelas Ruas 7 de Abril, Conselheiro Crispiniano e Avenidas Ipiranga e São João. Nos Parques do Ibirapuera, de Itaquera e Piqueri (Mooca) também é possível ver as bicicletas da GCM.

Gostou da matéria? Doe um libre
e ajude nosso projeto a continuar!

Enviar resposta

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>