A bicicleta como instrumento para transformar e educar crianças carentes

Apoie nosso trabalho,
doe um libre!

Em meio a tantas notícias tristes e acontecimentos desestimulantes, uma história muito bacana recheada de solidariedade e esperança vem diretamente de Parelheiros – bairro periférico da Zona Sul de São Paulo – para o Vá de Bike!

Ricardo Cocuzzi, com as medalhas e trófeus conquistados pela instituição

Lar Nossa Senhora Aparecida é uma instituição social, filantrópica e sem fins lucrativos que promove atividades culturais e esportivas para a integração e educação de crianças e jovens da região. E o que nos chamou atenção é que a instituição usa o ciclismo como ferramenta.

Ciclista acolhia crianças em sua casa

Há quase 20 anos, o casal Ricardo e Selma Cocuzzi começou a receber crianças abandonadas na própria casa e logo se apaixonaram pelo trabalho social que começaram a fazer. Diante da impossibilidade física de abrigar cada vez mais gente, se mudaram para a loja de bicicletas que tinham em Santo Amaro e, mais tarde, receberam ajuda para construção de uma casa maior, num terreno de 12 mil metros quadrados. De lá pra cá, mais de 250 crianças já foram beneficiadas.

Pequenos vencedores, as crianças aprendem desde cedo que com dedicação vem a conquista

Hoje, no Lar, existe uma ala masculina, uma feminina e uma área de serviços, com oficina, cozinha e salão de estudos. Há ainda um lago e uma pista para treinos de corrida e mountain bike para a criançada se divertir.

“Sempre tive vontade de trabalhar com crianças, mas não sabia como. As coisas acontecem em nossas vidas sem a gente perceber. Quando me dei conta, tinha um lar cheio delas”, diz Ricardo. “Elas eram renegadas e revoltadas, sem nenhuma perspectiva de vida. Foi por meio do esporte que conseguimos colocar um sorriso em seus rostos”.

Desde cedo o casal percebeu que as pessoas em situação de abandono precisavam de saúde e autoestima. O meio encontrado para isso foi a educação, incentivo ao esporte, bons hábitos de saúde física e mental, valores éticos e habilidades que permitissem o exercício de uma profissão.

As meninas do Lar também vão ao pódio

O Ciclismo

Com o lema “Esporte é Vida”, o principal atrativo do Lar hoje são as atividades relacionadas à bicicleta. A equipe Lar Nossa Senhora Aparecida participa de provas de ciclismo em diversas faixas etárias, obtendo resultados expressivos nas provas de todas as modalidades e gêneros da Federação Paulista de Ciclismo. Ricardo Cocuzzi é ex-ciclista profissional pela Caloi e atual treinador da equipe. “O único pré-requisito para participar dos treinos e competições é estudar”.

Todas as crianças frequentam regularmente a escola no centro de Parelheiros. Além das aulas, elas têm noções de computação e de manutenção de bicicleta e cooperam nas tarefas diárias domésticas. Cleiton Ferreira Santos, o mais velho da turma, dá aulas de alfabetização para as pessoas mais carentes da região e é o responsável por uma sala do MOVA (Movimento de Alfabetização), onde são dadas as aulas de reforço escolar e alfabetização para adultos – tudo isso com autorização da Subprefeitura de Parelheiros.

Situação atual

O que mantém o Lar atualmente são as doações da comunidade e a renda de uma pequena bicicletaria montada ao lado da casa, onde as pessoas têm acesso aos serviços de conserto de bicicleta e compra de acessórios – grande parte deles doados ou vindos de prêmios nas competições. Além disso, eles organizam bazares e festas para arrecadar fundos e manter o Lar.

“Nós recebemos quadros, peças e acessórios variados. Em 2007 a Levorin nos dava pneus todo mês, mas trocou a diretoria da empresa e agora pararam. Muitas vezes as lojas nos ligam porque separaram material para nós”, conta Ricardo. Entre as lojas que colaboram com o Lar, ele cita a Ciclo Ravena, que já chegou a doar bicicletas, e a Total Bike, que separa peças usadas que podem ser reaproveitadas.

Recentemente o Lar também conseguiu um micro-ônibus que facilitou os deslocamentos para as competições e para atender necessidades da casa, como fazer compras.

As despesas são enormes e constantes, há gastos com pessoal, encargos sociais, transportes, medicamentos, alimentação, vestuário, energia, equipamentos e manutenção do prédio. O apoio das pessoas que os conhecem é sempre importante para a manutenção da condição de vida das crianças.

Vamos ajudar? Ciclista também é solidário

Se você é lojista, pode colaborar com aquelas peças e acessórios usados que sobram quando seus clientes compram peças novas. Se você tem uma bicicleta encostada, pode doar para a instituição. E, claro, patrocínio e ajuda financeira são mais que bem vindos.

Para saber como colaborar, entre em contato com Ricardo, Selma ou Cleiton, no telefone 11 5921-1963, ou no e-mail lar3@ibest.com.br.

O Lar Nossa Senhora Aparecida fica na Via Sta. Maria, 82 – Jd. Sta. Cruz – Parelheiros – SP.

Com informações do site do Lar Nossa Senhora Aparecida
Fotos: divulgação

Gostou da matéria? Doe um libre
e ajude nosso projeto a continuar!

3 comentários para A bicicleta como instrumento para transformar e educar crianças carentes

  • Valéria

    B dia, dou aula na Secretaria de Trânsito de Piracicaba, sou Agente de Trânsito, estou procurando vídeos de bike e equipamentos de segurança, musicado de preferências, vcs tem algumas dicas, pois está dificil e trocamos todos anos, muitos já passamos. Precisamos do infantil, que ainda não sabem ler, e para o fundamental, vimos alguns de vcs, mas tem pai sem equipamento e a criança com, to Toquinho passamos ano passado.

    Obrigada Valéria Penatti

    Obs: o trabalho de vcs é muito bonito, pois os acompanho pelo face

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • Eva

    Fiquei emocionada com a linda matéria. Sem dúvida que nos útimos tempos vemos e ouvimos notícias nada animadores, mas as coisas boas da vida há de prevalecer. Vamos dar mais DESTAQUES as notícias boas!
    Parabéns pela bela história de AMOR, perseverança!!!Que DEUS abençoe essa LINDA FAMÍLIA e que eles possam contar com a colaboração de TODOS NÓS, e sempre há uma maneira de colabora SIM!!

    Thumb up 3 Thumb down 0

Enviar resposta

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>