Prefeitura de São Paulo pretende implantar 400 km de vias cicláveis até 2016

Leia também
Os planos de Fernando Haddad para as bicicletas

Ata da reunião do prefeito Haddad com ciclistas de SP

Ciclovia, ciclofaixa, ciclorrota e espaço compartilhado

O que o Código de Trânsito diz sobre bicicletas

Divulgado em março de 2013, o Plano de Metas do prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), inclui 400km de novas “vias cicláveis” na capital. O termo é abrangente o suficiente para incluir ciclovias, ciclofaixas e ciclorrotas (saiba a diferença aqui).

O anúncio não foi exatamente uma novidade, já que constava do plano de governo de Haddad. Mas sua inclusão no plano de metas “oficializou” a intenção, o que permite melhor acompanhamento (e cobrança) da sociedade civil.

O plano possui 100 metas, agrupadas em 20 objetivos, e prevê ações como: tornar acessíveis 850 mil m² de passeios públicos, construir 150 km de corredores de ônibus, aumentar de 14 para 25 km/h a velocidade média dos ônibus nos horários de pico, implantar transporte público municipal 24 horas e promover a participação e o controle social na administração pública municipal. Veja a lista completa.

O Plano de Metas

Apresentar um programa de metas é uma exigência prevista em lei, criada em 2008 por uma emenda à Lei Orgânica do Município, apresentada pela Rede Nossa São Paulo e outras 570 entidades da sociedade civil.

Kassab foi o primeiro prefeito paulistano a apresentar um programa de metas, informando o que pretendia fazer nos quatro anos de governo. Ao término de sua gestão, admitiu ter cumprido apenas 55,1% do prometido. Não há qualquer consequência legal ao prefeito que descumpre seu programa.


22 comentários para Prefeitura de São Paulo pretende implantar 400 km de vias cicláveis até 2016

  • [...] O prefeito Fernando Haddad (PT) definiu em seu Programa de Metas a implantação de uma rede de 400 km de vias com infraestrutura cicloviária até o fim de [...]

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Valdemir

    Sei não pois sempre que eu pedalo lá o pessoal que faz a manutenção usa ferramentas, uniforme e caminhão da PREFEITURA DO ESTADO, já vi várias vezes, ou melhor via né, porque depois que este prefeito assumiu a unica coisa que vejo lá são buracos aumentando, entulho empilhando e mato crescendo, se fosse uma manutenção do Metrô que motivo eles teriam de fazer a manutenção periodicamente como vinham fazendo e agora derrepente abandonarem ao léu assim de uma hora para outra????

    Eu digo porque isto já aconteceu aqui perto da minha casa, uma area verde enorme que nós temos aqui com pistas para caminhada e exercicios, muitas praças arborizadas, etc, atualmente não estão recebendo o mesmo tratamento que recebia da prefeitura.

    É isso ai, toda vez que troca o governo e o partido é diferente é esta palhaçada mesmo!

    Espero que a semana que vem quando for lá dar minhas pedaladas esteja tudo limpo como era antes, senão se continuar assim daqui uns meses vou ter que deixar de de levar na minha bike a caramanhola com agua e minhas chaves da bike,para começar a levar enxada, foice, tesoura de jardinagem etc kkkkkkkkkkk

    Vamos acordar pessoal da limpeza! Vamos acordar…………

    Thumb up 0 Thumb down 0

    • Cara concordo que a prefeitura tem que cuidar, mas também acho que é um dever nosso como cidadãos de cuidar também. Ok, você exagerou ao dizer que vai levar enxada, foice, etc…kkkk

      Thumb up 1 Thumb down 0

  • Valdemir

    Olha não tenho nada contra o PT e nem nada a favor também! KKKK Falando sério, não é o partido que eu voto, mas faço voto para que o Hadad difrente do que foi a MARTAXA seja um bom e competente Prefeito, espero que ele assuma pra valer este compromisso e que não fique só no papel, como disse uma vez e me criticaram, porque a VERDADE dói, o unico governo que realmente se importou e fez alguma coisa relevante aos Ciclistas e começou a ver a realidade da mobilidade urbana que até então ninguém falava, foi o governo anterior podem descer o pau no Kassab no Serra, em mim, no Coelho da Páscoa kkkk em quem quiserem, mas se hoje temos as poucas Ciclovias e Ciclofaixas foi graças ao governo anterior que começou tudo isto, e sempre será lembrado.

    Como costumo andar sempre pela Ciclovia da Radial Leste e já comentei isto, hoje constatei o seguinte, até antes da posse da atual prefeitura, nunca vi a ciclovia da Radial Leste suja, abandonada e descuidada como está hoje, sempre que andava lá tinha gente limpando, carpindo, pintando o chão, enfim conservando, depois que o atual governo tomou posse a coisa descambou, é lixo, entulho pra todo lado, no trecho do Tatuapé o mato já toma conta da pista, galhos de arvore caidos na pista também, trechos que o asfalto rachou, buracos abertos e que não foram tampados, enfim está desde Janeiro de um jeito que eu nunca vi, olha espero que na hora que forem arrumar deem um trato geral, agora se continuar neste abandono todo, não vou acreditar que este governo vá fazer os 400 km, nem 40 cm , se não consegue nem manter LIMPO e CONSERVADO o que já existe, o que dira fazer 400 km, enfim é esperar pra ver, mas até agora o que vi desanimou, se quem ler isto não acreditar , achar que é implicancia minha com o PT do seu Haddad , faz o seguinte pega a bicicleta agora e vai lá pedalar, simples assim!

    Bom Pedal a todos!

    Thumb up 1 Thumb down 0

    • Valdemir, a ciclovia da Radial Leste foi construída pelo Metrô, portanto é estadual. Salvo engano, a manutenção também fica a cargo da companhia.

      Thumb up 1 Thumb down 0

      • Valdemir

        Prezado Willian.

        Com relação a esta duvida, pude constatar definitivamente ela neste ultimo Domingo 21/04/2013 onde ja começaram a limpeza da Ciclovia Radial Leste, parada desde o ano passado, antes da posse da atual Prefeitura, e com relação aos trabalhadores que lá estavam cortando o mato, podando as arvores e limpando a ciclovia, todos eram da Prefeitura de São Paulo e todos trajavam o uniforme laranja com o logotipo da prefeitura, ou seja eram funcionários da Prefeitura, portanto a limpeza é sim de responsabilidade da prefeitura, ´pois se fossem do Metrô como havia comentado os funcionários trabalhando não seriam da prefeitura nem estariam com uniformes da prefeitura, estariam com uniformes relativos ao Metrô ou então seria alguma empresa de limpeza terceirizada.

        Só voltei aqui para deixar claro isto, pois como presenciei o pessoal trabalhando não poderia deixar de confirmar esta informação que ficou meio duvidosa!

        Bom mesmo atrasado ( e bem atrasado ) pelo menos a atual Prefeitura acordou e esta voltando a fazer a manutenção, espero agora que também comece a fazer ai os tais 400 km de ciclovias e cilofaixas prometidos, vamos ver né!

        Bom pedal!

        Thumb up 0 Thumb down 0

  • Ricardo

    VAMOS COBRAR! QUE SE COMECE AGORA, NADA PRA DEIXAR PRO ÚLTIMO MÊS (aka = antes das eleições)!!

    Thumb up 2 Thumb down 0

  • Valdemir

    Pra dizer a verdade isso tudo ai vai acabar como sempre de lugar nenhum para lugar algum, DUVIDODÓ que o atual Prefeito ( No qual não votei ) vá fazer alguma coisa, no máximo irão pintar alguns trechos de vermelho em algumas ruas e parques, como sempre encher de coneis prá cá e prá lá até dar os tais 400 km e pronto.

    Ciclovias de verdade mesmo só tem acho que 3 aqui em SP a do Rio Pinheiros que não tive oportunidade ainda de conhecer, que deve ser um horror o mal cheiro pois fica do lado do Tietê, mas deve ser util para acessar outros locais sei lá acho, a do Parque Ecológico,é uma delicia muito boa, mas que serve mesmo mais para passeio e a da Radial Leste, talvez a melhor não só por ser plana e seguir a Radial Leste e o Metrô, mas por esta Ciclovia pode-se cruzar e ter acesso a vários bairros importantes da Zona Leste, talvez a ciclovia mais util de SP, eu mesmo já usei e uso muito para ir de bairro em bairro.

    Isto sim foi uma coisa muito bacana que fizeram, e não foi este governo que fez, aliás que eu saiba o PT nunca fez nem 1 metro de nada para as bicicletas desde que esteve no poder publico em SP, fez foi criar imposto e taxa, espero que desta vez FAÇA e não fique só no BLÁ,BLÁ,BLÁ e nem nas ciclofaixas pintadas no chão, esta é uma boa oportunidade para esta prefeitura mostrar que realmente se importa com os ciclistas e com a mobilidade urbana, o negócio é ficar de olho e cobrar, principalmente os que votaram no atual prefeito!

    Vamos ver quando começa os tais 400 km, onde e como serão feitos, espero ver mais ciclovias iguais ou melhores como a da Radial Leste!

    Thumb up 2 Thumb down 2

    • Rodrigo

      Bem, tenho uma visao muito boa do Hadad apesar do partido dele.

      Ele realmente parece querer trabalhar, gostei do fato dele ter recebido os ciclistas pra conversar….enfim:
      eu prefiro acreditar nele agora e depois talvez me decepcionar do que simplesmente nao confiar em ninguem nunca e viver totalmente sem fe em nada…

      senao ficamos so reclamando de tudo e sem lutar por nada

      Comentário bem votado! Thumb up 5 Thumb down 1

      • Carlos SA

        Olá Rodrigo e pessoal,

        É bom dar o voto de confiança no prefeito, porém a cobrança deve ser feita. Assim como o prefeito estabeleceu estas metas, vamos acompanhar e fiscalizar as ações para que estas sejam atendidas. Primeiro, é se informar sobre estas metas, depois é verificar como serão feitas, e ir cobrando ao longo da administração dele. Ele não é o salvador da pátria, nem mesmo santo de casa. Portanto, olho nele e na sua administração ! Independente se é para melhorar as vias cicláveis ou não. Político que é político sabe da arte de tapear a opinião pública.
        Desta forma a melhor forma de cobrar a atuação de qualquer político é ficar de olho neles e usar o serviço público em qualquer oportunidade para verificar e pressionar.
        À parte do plano de metas, nós também temos metas, ou melhor, obrigações de tornar as vias cicláveis, e seguras para outros usuários destas vias, pedestres, motociclistas, motoristas de carro, ônibus, caminhão … Ah, pensou que teríamos esta “bondade” da administraçãp atual ? Pense bem, estamos financiando estas metas pagando com o nosso dinheiro através da tributação, e o papel do prefeito e a câmara de vereadores é usá-las para o bem comum. A prefeitura estará procurando verbas ( entenda empréstimo que vamos pagar ) para atingir as metas. Ou seja, em última análise, nós é que vamos pagar o pato. Então, que tal fazer esta prefeitura e câmara de vereadores trabalharem como deveriam para ver este todo dinheiro sendo gasto para promover mais segurança e melhor bem estar ? Uma das formas de fazerem o serviço é solicitando, criticando, reclamando através do SAC (http://sac.prefeitura.sp.gov.br/), 156, site do CET, 1188, … ao mesmo tempo também estaremos educando a população a respeitarem as leis, normas e bons costumes, não ficar esperando comunicação formal, cartilha de boas normas de trânsito, etc. Cabe também pressionar a câmara de vereadores para aprovarem ou vetarem leis que de alguma forma tem impacto na segurança e boa circulação da cidade. E também temos a obrigação de conduzirmos de forma segura, sem ferir a circulação de pedestres.
        Na minha opinião, o grande problema somos nós, pois somos muito omissos e não participamos da vida pública, por causa desta nossa cultura de consumo, do fanatismo por religião e esportes.

        Thumb up 0 Thumb down 0

  • Rodrigo

    Opa, desculpem a ignorancia, mas em algum lugar já esta previsto onde serão estes 400km, ou isso é dito posteriormente…

    tenho fé que vai rolar…

    Thumb up 3 Thumb down 0

  • Gerd Jakobovitsch

    Termo muito mal escolhido: pela lei de trânsito, virtualmente todas as vias são livres para uso das bicicletas, portanto cicláveis – exceto vias expressas, que em SP se resumem às vias expressas das marginais, à parte expressa da norte-sul, minhocão e adjacências. Temo demais uma meta expressa em termos propositalmente vagos. Periga ser “cumprida” como foi pelo Kassab: com ciclorrotas, “ciclofaixas de lazer” e outros subterfúgios para cumprir meta sem se comprometer.
    Por enquanto, eu reescreveria a meta: “Reduzir de 17.000 para 400 km as vias cicláveis em SP”.

    Espero estar enganado, mas estou como São Tomé. Entre um governo que promete corredores de ônibus e ciclovias, e um que cumpre acabar com a inspeção veicular e socializar o custo de ter um automóvel entre perpetradores da poluição e vítimas, tenho meus motivos para ser cético.

    Thumb up 3 Thumb down 1

  • Valdemir

    Que comentário mais sem nexo Bruno…..Pô se nós tivessemos 400 kms ou mais de vias ciláveis, seria ótimo, de preferencia C – I – C – L – O – V – I – A – S, de VERDADE, e não 350 km de enganação como Ciclofaixas pra fim de semana e só 50 km de ciclovias para uso 24hs, se a Prefeitura realmente se empenhar e fizer locais com ESTRUTURA e SEGURANÇA REAL, para nos locomovermos de bicicleta por toda a cidade, com certeza menos pessoa morrerão, ao contrário do que vc acha, se pra vc só passear no parque já tá bom, não deveria nem estar palpitando aqui, e muito menos se preocupando com o assunto.
    Agora para as pessoas que realmente gostam de andar de bicicleta e se locomover pela cidade ou pessoas que usam a bicicleta para trabalhar, 400 km de estruturaas cicláveis sinalizadas e protegidas para nós é fundamental e apesar do atraso são muito bem vindas, mas como disse o amigo acima,se para vc isso tudo não importa então fica no parquinho e divirta-se!

    Comentário bem votado! Thumb up 12 Thumb down 2

  • Bruno

    [Comentário oculto devido a baixa votação. Clique para ler.]

    Esse comentário não tem feito muito sucesso. Thumb up 2 Thumb down 45

    • Desio

      Então fique “preso” no parquinho e deixe-nos livre nas ruas OK?

      Comentário bem votado! Thumb up 27 Thumb down 1

      • Bruno

        [Comentário oculto devido a baixa votação. Clique para ler.]

        Esse comentário não tem feito muito sucesso. Thumb up 8 Thumb down 13

        • Alex

          Quando vejo alguém que acredita que é certo abrir mão de direitos garantidos por lei (como andar de bicicleta nas ruas) pois pode morrer por causa da violência da sociedade, entendo que isso é uma contradição: uma pessoa assim, intelectualmente, já morreu.

          Sempre que vejo um ciclista na rua, mesmo sabendo dos riscos que a chamada “sociedade assassina” oferece, tenho a convicção que se há alguém ali que merece toda a louvação (e não crítica ou ironia) é ele. E quanto mais medidas eu ver sendo tomadas em benefício de quem opta pela bicicleta, como a dos 400km de vias cicláveis, mais acredito que devem ser elogiadas e fiscalizadas, não ironizadas.

          Devemos sempre zelar pela nossa segurança. Justamente por isso, devemos canalizar nossas críticas naquilo que deve ser feito para garantí-la, ao invés de continuar dando indiretamente nosso aval para a barbárie dizendo ser loucura exercer nossos direitos.

          Realmente Bruno, seu comentário é polêmico. Como grande partes das polêmicas, inútil.

          Thumb up 3 Thumb down 0

          • Carlos Shigueru Akamatsu

            Eu acho que não é uma polêmica a afirmação do Bruno. É mais um desabafo. Uma opinião que deve ser respeitada. E base para uma reflexão.

            Sobre a polêmica tem seu valor, mostra onde há alguma divergência de opiniões. Portanto tem seu valor.

            Thumb up 0 Thumb down 2

    • Carlos SA

      Teve uma pesquisa sobre os ciclistas há uns 2 anos atrás dizendo que 70% usam para o trabalho (http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,70-dos-ciclistas-de-sp-usam-bicicleta-para-trabalhar-e-so-4-para-o-lazer,694438,0.htm). Aliás o David que se envolveu no acidente horrível, estava indo para o trabalho (http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/1252754-ciclista-atropelado-em-sp-reencontra-pessoas-que-o-atenderam-apos-acidente.shtml ): “Sousa seguia para o trabalho no domingo (10) quando foi atropelado por um carro na avenida Paulista e teve o braço direito decepado.”
      Resta saber como será esta distribuição destes 400 km de vias “cicláveis”, se irão a ajudar na segurança dos 70% dos ciclistas que usam para o trabalho. E detalhe: como 70% usam na periferia que tem péssimas vias, coletivos que demoram e estão abarrotados, sem falar que os municípios vizinhos não tem toda essa vontade política, mesmo sendo do mesmo partido que o prefeito, por exemplo, Osasco, que agora é presidido pelo Lapas. Aliás esta faixa entre municípios é muito mal cuidada pelas municípios. Dou como exemplo o entorno da Estação da CPTM Presidente Altino. Lá é quase terra de ninguém. Não tem bicicletário, não tem faixa de pedestre, semáforo, e outras coisas mais. Aliás na Zona Oeste, tem muitos trabalhadores que trabalham em outros municípios como Barueri (Alphaville), Carapicuiba ( Outra cidade com infraestrutura viária sucateada, onde a ponte Piracema, foi construída na Gestão de Orestes Quércia (!), necessita de ampliação, reforma … ), será que combinaram com Osasco, e outras da região metropolitana de São Paulo ?
      Estes 400km é mais para lazer ou realmente irá trazer mais segurança para os trabalhadores ? Ou também a grande maioria será apenas pintura e cones nas estradas, que em tese, já são cicláveis como disseram.
      Esta meta é o que mais pode ser deixado de lado ou “maquiado”, quando as outras metas estão a perigo ( por outras razões ). O atual prefeito, criou uma frente de batalha com a Inspeção Veicular, que aprovou a devolução de dinheiro, e desmontou a Controlar, passando para centros de inspeção, que causou mais gasto no orçamento, que muito bom poderia ser revertido para a construição de vias cicláveis. Tem outro detalhe que a quantidade de metas, é menor que as do Kassab realizou: 123, certo, dos mais de 200 … O que leva a insegurança de que tem uma grande possibilidade de ser eleitoreira a meta, para trabalhadores que mal percebem estas incosistências, já na proximidade da copa.
      Portanto, não sejamos ingênuos, é possível que nem que todas vias cicláveis, mesmo pintadas, serão realizadas nesta administração. Desta forma entendo o sarcasmo do Bruno.

      Thumb up 0 Thumb down 0

  • Nada além do que previa o plano diretor de 2002 para ser feito até 2012. Vamos ver se essa vez cumprem a meta!
    http://www.cidadedemocratica.org.br/topico/1373-ciclofaixas-367-quilometros-na-cidade-de-sp

    Comentário bem votado! Thumb up 8 Thumb down 0

Enviar resposta

  

  

  

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>