Documentário sobre mobilidade em bicicletas, por Renata Falzoni

Imagem: Renata Falzoni/Caloi/Reprodução

Imagem: Renata Falzoni/Caloi/Reprodução

Vale a pena assistir esse documentário produzido pela Renata Falzoni, em parceria com a fabricante de bicicletas Caloi. O vídeo traz uma compilação bem organizada de depoimentos, frases e opiniões que montam um visão sobre o que é usar a bicicleta nos deslocamentos urbanos, com os seguintes entrevistados:

O editor do Vá de Bike é um dos entrevistados. Imagem: Renata Falzoni/Caloi/Reprodução

O editor do Vá de Bike é um dos entrevistados. Imagem: Renata Falzoni/Caloi/Reprodução

  • Aline Cavalcante, do Bar e Bicicletaria Las Magrelas, do espaço de co-working o Gangorra e colaboradora do Vá de Bike
    .
  • Celso Cardoso, lojista do ramo de bicicletas
    .
  • Eduardo Rocha e Eduardo Musa, da Caloi
    .
  • Gilberto Dimenstein, do Catraca Livre
    .
  • José Police Neto, vereador do município de São Paulo e relator da Frente Parlamentar em defesa da Mobilidade Humana
    .
  • Paulo Saldiva, coordenador do Laboratório de Poluição Atmosférica da Universidade de São Paulo (USP)
    .
  • Willian Cruz, do Vá de Bike

 


34 comentários para Documentário sobre mobilidade em bicicletas, por Renata Falzoni

  • IRMO CELSO VIDOR

    Se o uso de capacete conseguir salvar uma vida, o lucro será imenso. A opção é de cada um:
    http://www.youtube.com/watch?v=7g1t4yncUmk

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • IRMO CELSO VIDOR

    Continuo convencido da necessidade do uso de capacete para ciclistas. Porém, vários comentários acima estão demonizando o acessório e excluem seu uso como se fosse algo a ser combatido. Faço parte de um grupo de praticantes de montaim bike aqui no interior do Paraná e volta e meia presenciamos acidentes com maior ou menor gravidade, dependendo se o biker está ou não usando capacete. Repito: o uso de capacete está para o ciclista assim como o cinto de segurança está para o motorista. Ou seja, a proteção não elimina o acidente, mas pode contribuir significativamente para que os resultados sejam menos graves.

    Thumb up 2 Thumb down 2

    • @NunoMorelli

      Ninguém está demonizando, apenas sabemos por experiência de uso que ele não se faz necessário, ou seja, exceto no caso de queda simples ou como equipamento de prática esportiva, não garante nossa segurança. O que nos garante é uma boa campanha de conscientização, de educação para o trânsito e além do bom senso também seguir a lei na hora de transitar, seja ciclista ou motorista.

      Thumb up 2 Thumb down 2

      • Rosana

        Márcia Prado, Julie Dias, Antônio Bertolucci, usavam capacete. David, usando ou não capacete, foi atropelado e perdeu o braço. Eu uso capacete pra ir na padaria da esquina também, mas sou contra a obrigatoriedade, que somente servirá para servir de desculpa pra jogar o carro em cima de quem não está usando (“mas ele está sem capcacete”)e alimentar uma indústria de capacetes de baixa qualidade só para o usuário não levar multa.
        Não há “combate” ao uso de capacete, e sim à sua obrigatoriedade.

        Comentário bem votado! Thumb up 5 Thumb down 1

        • Perfeita colocação, Rosana.

          Thumb up 2 Thumb down 0

        • Cícero Soares

          Aê, Rosana, gostei de novo. De novo curta, grossa e… na lata! rs.

          Olha só, pesquei esses dias na Grande Rede um artigo técnico de autoria do Antonio Carlos de Mattos Miranda e do Fabrício José Barbosa, cujo título é pra lá de sugestivo: “Capacete para ciclistas – Usar ou não usar?”

          http://www.cbtu.gov.br/estudos/pesquisa/antp_15congr/pdf/TD-188.pdf

          Acho que leitura obrigatória. Até para os convictos defensores da obrigatoriedade.

          Thumb up 1 Thumb down 0

        • Carlos

          Boa Rosana, boa colocação.
          Essa discussão também se assemelha a outras questões que passamos, como o Kit de Primeiros Socorros, o Extintor, Cinto de Segurança, Espelho Retrovisor Direito, uso de capacete pelos motociclistas (Tem lugar e momentos que motociclistas não usam capacete, … ), a estação em Higienópolis, …
          Vejam como a sociedade respondeu a estas questões …

          Thumb up 0 Thumb down 1

  • Enquanto alguns fazerem massa crítica radical, estes mesmos estão querendo furar o sinal vermelho, passar por cima da calçada, denigrindo alguns ciclistas sérios… vejo que vai ser difícil conversar com os ciclistas radicais… Se você gosta de velocidade, adrenalina, beleza, mas a causa é pelo grupo, comunidade, por todos os ciclistas, portanto pense bem e ensine bem seus amigos, guiar bike, só de capacete… furar o sinal vermelho, só em casos que vc sabe que não há movimento ou que a rua não tem tanto movimento e ficar vizivel sempre é para sua proteção e a dos outros, não seja irresponsável

    Thumb up 3 Thumb down 0

    • @NunoMorelli

      Exceto pela obrigatoriedade de uso do capacete, concordo. Se não há luz e o ciclista não for visto, pode infelizmente se tornar causa de um acidente, não somente por mera distração do motorista, mas porque de noite qualquer coisa fica encoberta pela escuridão.. é terrível até para carros de cor escura com problemas de iluminação. Nessas horas vale a pena passar um pouquinho de vergonha e ser uma árvore de natal ambulante :D

      Thumb up 3 Thumb down 0

  • Desio

    Para esse vídeo só há uma palavra: LINDO!

    Thumb up 2 Thumb down 0

  • Silvia

    Muito pertinentes as informações. Só acho que mesmo que a ciclista não use capacete em sua vida particular, neste vídeo (que serve de exemplo) ela deveria ter feito uso do equipamento.

    Thumb up 2 Thumb down 2

  • Edgar

    Belo documentário, e reflete bem o processo de amadurecimento do uso da bike no dia a dia. A convivencia deve ser harmoniosa e tolerante, e isso só se aprende pedalando. O ideal seria que todos os motoristas pedalassem pelo menos uma semana para entender isso.

    Thumb up 3 Thumb down 0

  • Durante o documentário, eu que com o braço quebrado, e 3 meses sem pedalar, me deu agua na boca… Hoje estive com os Biker’s Anjo em SBC, no Paço Municipal que mesmo com a garoa e conheci a bike dobrável da Caloi, digo não é para mim… é como a Renata Falzoni disse, se eu posso carregar a bike, pedalar mais um pouco não fará mal a ninguém… Foi ótimo o documentário, tanto é que estou com endorfinas expostas e falo, sigo o Willian Cruz a mais de 3 anos, foi quando eu abri o twitter e tshum, sempre respondendo o que eu queria ouvir! Vereador José Police Neto, quero ter uma prosa contigo, minha cidade, SBC, a Capital do Automóvel,se nega em compartilhar documentos que também nos interessam sobre o que será feito da mobilidade urbana na cidade… (0987362550 meu cel) Sou dos Grupos Urban Velo Br, Lesmas Lerdas, que são os mais fortes do ABC. Hoje, no Paço Municipal de SBC, tive a oportunidade de pedalar em uma bicicleta dobravel, estava eu com os Biker Anjos , com biker Caloi… a chuva atrapalhou, mas vamos ampliar os dias, é um belo local para pedalar se conseguirmos com o Prefeito de SBC, uma autorização de fechamento total de uma das pistas de estacionamento, no domingo, para nós… já seria uma boa para todos nós!

    Thumb up 2 Thumb down 0

  • Gabriel

    Excelente documentário, parabéns. Me identifiquei com a menina que pensou ter tido a melhor idéia do mundo – usar a bike. Entrei pro mundo da bike por opção prática e descobri que existe um movimento enorme crescendo. Estou muito feliz em fazer parte dele, aliás vou dar uma pedalada agora. Abraço!

    Comentário bem votado! Thumb up 4 Thumb down 0

  • Ah se todos os problemas e dificuldades se resolvessem ao se colocar um capacete…

    Acho muito bom a Caloi olhar para a bicicleta com o mote de mobilidade. Na minha opinião eles só tem a ganhar incentivando esse mercado. Muito melhor que ficar só no mote de bicicleta como brinquedo de criança ou treino para adulto.
    Acho que todos devem ser explorados mas principalmente o de mobilidade pois é onde o maior mercado é estimulado.

    Comentário bem votado! Thumb up 6 Thumb down 0

    • Carlos

      Sem contar que para a Caloi tem um mercado para entrar para bicicletas motorizadas, principalmente elétricas. O que acaba aumentando sua atuação e competindo com o setor motociclístico.
      A Kasinski tem modelo de moto elétrica (win-elektra ) no Pará. Posso estar falando em sacrilégio, mas num futuro não muito distante, vai ter pessoas que vão adotar cada vez mais as motorizadas, pois se a tendência de deficiencia da infraestrutra para carros e motos motorizadas aumentar, vai ter mais gente adotando o meio termo: bicicletas elétricas. No mercado mundial já existe bicicletas motorizadas elétricas dobráveis. Não é somente as bicicletas, há skate elétrico, patinete elétrico, patins elétricos, … A bicicleta apesar de ser mais versátil que motos e carros, e até mesmo transporte público, precisa de infraestrutura nas vias maior que o skate, patinetes e patins.
      Apesar de poder andar de bicicleta até o trabalho, deparo com problemas de onde estacionar e segurança. Já penso na possibilidade de usar uma dobrável ou skate, pois não há infraestrura na minha rota para usar uma bicicleta regular.
      E, penso de forma modal: um alternativo até estação, da estação ao trabalho, e vice-versa.

      Thumb up 3 Thumb down 0

    • IRMO CELSO VIDOR

      É claro que o capacete nao é a solução universal para os problemas das cidades. Mas nem por siso devemos ignorá-lo. Seria o mesmo que desprezar o cinto de segurança nos automóveis. Concordo com os comentários e opiniões de todos, mas não abro mão de pedalar sem capacete nem para ir à padaria da esquina

      Comentário bem votado! Thumb up 5 Thumb down 0

  • Carlos

    Este vídeo da Renata é sensacional, resume uma mudança da mentalidade de muitos, mas mostra ainda como nós temos que evoluir, e ajudar os outros a evoluir.
    É uma boa resposta a ações como o Editorial do OESP, às leis que apresentam apenas questões cosméticas da mobilidade urbana.
    Aprendi e me eduquei mais a respeito.

    Comentário bem votado! Thumb up 4 Thumb down 0

  • Edson

    Perfeito !!!! Quem anda de bike diariamente se identifica totalmente e se sente um pouco ator da campanha também. Parabéns para toda a equipe.

    Comentário bem votado! Thumb up 4 Thumb down 0

  • Cícero Soares

    Bacana, bem bacana, super bem produzido e tals. Menções:

    - A Renata gesticulando com toda aquela autoridade viária foi da hora…rs.

    - Me surpreendeu esse Presidente da Câmara, José Police Neto, ex-PSDB de longa data e agora no PSD, desde a fundação (não são minhas siglas de carteirinha, longe disso, mas já vi que o cara tem histórico de bom, hum, trânsito à esquerda, então vou ficar de olho).

    - Acho que faltou capacidade pulmonar ao Paulo Saldiva num trecho lá, não faltou? rs.

    - Pô, preciso finalmente conhecer a Bike Town do Celso, tô devendo.

    - Sinto, Eduardos, mas tenho que ser honesto: minha primeira Caloi de gente grande foi uma Monark 10 amarelona de saudosa lembrança. Mas valeu pela força, tá? E por falar em força, dobrar, triplicar, quadruplicar, quintuplicar o patrocínio pra iniciativas como essa (pra não falar no aperfeiçoamento de produtos correlatos) faria o tal “futuro” chegar mais depressa, não faria?

    - Do Dimenstein… Bom, é aquela figurinha carimbada. Hum, sempre me incomodou o bom mocismo dele, não sei por que, mas… Tsc, mas é coisa pessoal. Objetivamente, a força dele é inegável.

    - Do Willian Cruz… Ah, o Willian! Ah, o Willian é hors concours…rs.

    Enfim. Mas agora é Fase 2, tá, gente? E Fase 2 é? Pra além do centro expandido, chegando junto na perifa. Que integração é isso, chegar a nossa Origem-Destino junto na que não é a nossa. Enfim.

    Ops, esqueci:

    - Da Aline…

    Ah, lembrei:

    “Não é anti-carro, é pró-bike, foda-se!”

    Comentário bem votado! Thumb up 12 Thumb down 0

  • Amarildo

    Excelente.
    Isso deveria ser mais divulgado. Parabens

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • alexandre

    Otimo video, me tocou de uma forma incrivel … já utilizo a bike como meio de transporte e dou preferencia à ela na escolha de locomoções … Parabens à todos. Me identifiquei com alguns comentarios da Aline … caraca … que coisa fantastica a bicicleta … quis dizer ao mundo, mas ao reparar tambem … já há muitos ciclistas por ai …
    Espero que consigamos alcançar mais adeptos à mobilidade.

    Abraços

    Comentário bem votado! Thumb up 5 Thumb down 0

  • gabriel

    Muito bom mesmo o documentário! Vamos lá galera… sempre pedalando! =)

    Comentário bem votado! Thumb up 5 Thumb down 0

  • Valdemir

    Exelente o documentário! Se todas as pessoas se dessem conta de quanto é saudável e gostoso pedalar, o mundo e a vida seria muito melhor!
    Eu só uso meu carro mesmo, em situações que de bicicleta não dá, fora isto sempre uso a bike!

    Parabéns a Caloi, Renata e todo o pessoal deste documentário bacana!

    Comentário bem votado! Thumb up 5 Thumb down 0

  • IRMO CELSO VIDOR

    [Comentário oculto devido a baixa votação. Clique para ler.]

    Esse comentário não tem feito muito sucesso. Thumb up 4 Thumb down 12

    • Rosana

      Capacete não é obrigatório.
      A selvageria da cidade não se resolve com capacete.
      Imperdoável é assumir como normal que uma cidade seja selvagem, uma contradição em termos, pra começar.
      A proposta divulgada é irretocável e foi abordada de forma perfeita.

      Comentário bem votado! Thumb up 12 Thumb down 2

      • IRMO CELSO VIDOR

        Se não é obrigatório, pelo menos ajuda a salvar vidas. Quem não quiser usar, que não incentive outras pessoas a cometerem essa insanidade.

        Polêmico. O que acha? Thumb up 2 Thumb down 6

        • @NunoMorelli

          Discordamos então, Celso.

          Insanidade é ainda achar normal ver alguém impor seu escudo de aço de 1 tonelada sobre o ciclista, não mexer uma palha pra mudar essa covardia sem vergonha e defender essa situação absurdamente incoerente.

          Não importa o quanto tenhamos batalhado, mesmo se nossa razão for a mais lógica, sempre haverá alguém que nos contrarie com achismos.

          Thumb up 4 Thumb down 1

  • Demais o documentário…
    Vamos divulgar para que cheguem as pessoas certas e as pessoas que estão fora do meio da Bike…

    Aline Cavalcante… você é demais… hehe

    Comentário bem votado! Thumb up 10 Thumb down 0

  • Excelente documentário, seria fantástico se pudesse ser veiculado nas escolas, estimulando as crianças….

    Comentário bem votado! Thumb up 11 Thumb down 0

  • Glassmann

    Ola gostaria de entrar em contato com o pessoal da Caloi

    Thumb up 2 Thumb down 0

Enviar resposta

  

  

  

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>