Ciclistas de Belém elaboram mapa colaborativo de infraestrutura cicloviária

Mapa foi feito com base em tutorial publicado pela ONG Transporte Ativo. Imagem: Reprodução

Mapa foi feito com base em tutorial publicado pela ONG Transporte Ativo. Imagem: Reprodução

A região metropolitana de Belém (PA) conta, desde julho, com um Mapa Cicloviário Colaborativo com as principais informações sobre infraestrutura para o uso de bicicleta, como ciclovias, ciclofaixas, paraciclos, bicicletarias e tudo que for de utilidade para o ciclista.

O mapa foi elaborado por Zalan Lima, ciclista da capital paraense, que seguiu o passo a passo criado pela ONG Transporte Ativo (TA) e mostrado pelo Vá de Bike. “Quando as pessoas precisavam de alguma informação a gente enviava uma lista que fizemos com todas as informações que tínhamos sobre lojas, bicicletas, ciclovias e tudo que fosse relacionado a bicicleta. Mas era só uma lista, não tinha uma forma bacana de mostrar”, informou Lima. Duas lojas apoiaram o projeto financeiramente para cobrir os custos de registro de domínio do site.

Zalan Lima, ciclista que teve a iniciativa de começar o mapa colaborativo. Foto: arquivo pessoal

Zalan Lima, ciclista que teve a iniciativa de começar o mapa colaborativo. Foto: arquivo pessoal

O mapa já está em uso pelos integrantes da lista Bike Belém, que tem 5500 membros e reúne os principais grupos de ciclismo da cidade, e o Bicicletada Belém, que reúne 2300 pessoas. “O retorno tem sido positivo”, afirma Lima. De fato, pois até mesmo a Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (Semob) pediu para integrar o mapa ao site do órgão. “Ainda estamos conversando sobre isso. Também vamos ver com eles a possibilidade de marcamos no mapa os projetos de ciclovias e trajetos que estão em estudo na cidade.”

Expansão

As orientações da Transporte Ativo têm crescido pelo Brasil e no exterior. Além de Belém, o Rio de Janeiro, Niterói (RJ), São Francisco do Sul (SC), Macaé (RJ), Belo Horizonte (MG), Fortaleza (CE) e Brasília (DF) já têm mapas semelhantes, feito com o tutorial disponibilizado gratuitamente para quem quiser baixar e fazer em sua cidade.

No exterior, Munique (Alemanha) e Kuala Lumpur (Malásia), estão em contato para fazer o mesmo segundo informações do diretor da TA, Zé Lobo.

Apoio

Lima destaca o papel do Vá de Bike para os ciclistas de Belém. “Nós vemos estudos e pesquisas, matérias sobre infraestrutura de outras cidades e apresentamos as ideias para as equipes de trabalho do poder público.” Segundo ele, os grupos estão tentando levar a ciclofaixa de lazer para a cidade.


1 comentário para Ciclistas de Belém elaboram mapa colaborativo de infraestrutura cicloviária

Enviar resposta

  

  

  

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>