Escola do Pedala forma alunos da terceira idade em Sorocaba

"Baile" de formatura dos alunos da terceira idade da Escola do Pedala. Foto: Zaqueu Proença/Secom

“Baile” de formatura dos alunos da terceira idade da Escola do Pedala. Foto: Zaqueu Proença/Secom

Um indicador informal de segurança nas vias para ciclistas é a quantidade de idosos e crianças pedalando. Mais frágeis ou simplesmente menos preparados, nem sempre encaram um trânsito agressivo. Sorocaba (SP) acaba de formar sua primeira turma de idosos prontos para encarar as ruas. “Em 14 de agosto, 60 idosos tiveram formatura com direito a baile. Mas o baile deles foi um passeio na ciclovia. A maioria deles não sabia andar de bicicleta, está realizando um sonho”, diz Roberta Bernardi, gerente de Educação para o Trânsito da URBES, empresa pública que administra o trânsito em Sorocaba.

Segundo Roberta, o interesse dos idosos pela bicicleta foi surgindo gradualmente. Sorocaba conta com uma série de iniciativas integradas dentro do Programa Pedala Sorocaba, que incentivam o uso da bicicleta. Entre elas, está a Escola do Pedala, que ensina não apenas a girar em equilíbrio sobre as duas rodas, mas também leis de trânsito, comportamento adequado na via e segurança no trânsito. “Quem não sabe andar, pode aprender. Quem sabe, pode aprimorar-se”, diz Roberta, que acredita que a presença de todo tipo de ciclistas nas ruas é fruto da integração de uma rede e de programas mais amplos, como o Pedala Sorocaba.

“A estrutura cicloviária começou a ser planejada em 2006 e implantada em 2008. Não tinha um uso muito grande da bicicleta, mas fizemos a interligação na cidade toda e as pessoas começaram a perceber que dava para vencer os aclives e as distâncias, além de que era seguro para pedalar”, diz a gestora. “Onde havia só criança e adolescente pedalando por lazer, hoje tem idosos, por exemplo, pedalando por lazer, mas também por transporte.”

Foto: Zaqueu Proença/Secom

Foto: Zaqueu Proença/Secom

De acompanhantes a alunos

A escola de pedal aberta a todas as idades funciona no Parque das Águas, aos domingos. A procura começou a se intensificar com crianças, mas aos poucos pais e avós, que estavam ali para levar os pequenos, demonstraram interesse, e a equipe criou turmas exclusivas para crianças, adultos e idosos. “O grupo da terceira idade cresceu tanto que toda quarta e quinta temos aulas no Clube do Idoso, que atende a demandas específicas desse público. Não é só aprender, é se aperfeiçoar também. O idoso tem perdas naturais da idade, das capacidades sensoriais, como acuidade visual e auditiva, equilíbrio e assim por diante”, diz Roberta.

Entre os meses de junho e julho, foram 10 grupos que frequentaram as aulas e que realizaram o sonho de andar de bike. A vitória foi comemorada com um passeio ciclístico pela ciclovia da avenida Dom Aguirre em direção à Usina Cultural, seguida de um piquenique sob as árvores do Clube do Idoso. Além de teoria sobre trânsito, saúde e cidadania, o curso teve aulas práticas sobre como manter o equilíbrio em cima da bicicleta, frear e fazer curvas.

O projeto chama a atenção por empoderar e dar visibilidade ao idoso, quase sempre apagado em questões sociais. A iniciativa faz parte do projeto Tempo Amigo, que orienta os idosos a reconhecer as dificuldades sensoriais da própria idade e compensá-las de outras maneiras, garantindo a própria segurança e confiança pessoal nos trajetos.


1 comentário para Escola do Pedala forma alunos da terceira idade em Sorocaba

  • Rosimeire Ferreira

    Boa tarde, gostaria de saber como minha mãe pode fazer a inscrição para aprender a andar de bike ela tem 68 anos e seu maior desejo é aprender a andar de bike.

    Thumb up 0 Thumb down 0

Enviar resposta

  

  

  

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>