Estudantes do Maranhão criam bicicleta para cegos

Apoie nosso trabalho,
doe um libre!
Sensores captam presença de objetos no meio do caminho. Imagem: Reprodução TV Globo

Sensores captam presença de objetos no meio do caminho. Imagem: Reprodução TV Globo

Estudantes de Engenharia e Controle de Automação de uma universidade de São Luís (MA) desenvolveram uma bicicleta equipada com sensores e que pode ser utilizada por cegos. O objetivo é dar independência à pessoa com deficiência, que hoje depende de um “vidente” pedalando em conjunto em uma bicicleta dupla, como uma tandem por exemplo (veja aqui um relato dessa experiência).

Na primeira fase, o projeto foi utilizado pelos inventores, que pedalaram com os olhos vendados. Na segunda fase, pessoas cegas já começaram a fazer testes. Uma placa de programação recebe sinais de quatro sensores instalados na bike: um no guidão, de maneira central, um no canote do selim e outros dois no garfo, um de cada lado. A cada objeto detectado à frente, a placa emite um som diferente. Os sensores conseguem perceber obstáculos em distância mínimas de dois centímetros até quatro metros.

Segundo os pesquisadores, após um período de treinamento, os ciclistas cegos estarão aptos a pedalar sem apoio e estarão mais habituados a reconhecer os alertas sonoros de obstáculos. O próximo passo é desenvolver um GPS que trabalhe junto com os sensores e oriente o ciclista com deficiência visual sobre qual direção seguir.

O sistema desenvolvido pelos pesquisadores pode ser aplicado em diferentes tipos de bicicletas e custa apenas R$ 150. O projeto está sendo desenvolvido há pouco mais de um ano e está em fase de patenteamento.

Gostou da matéria? Doe um libre
e ajude nosso projeto a continuar!

4 comentários para Estudantes do Maranhão criam bicicleta para cegos

Enviar resposta

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>