Esquina mais famosa de São Paulo ganha faixa para travessia em “X”

Sinalização em X foi instalada na esquina mais famosa da cidade: Ipiranga com a São João. Foto: Rachel Schein

Sinalização em X foi instalada na esquina mais famosa da cidade: Ipiranga com a São João. Foto: Rachel Schein

No aniversário de São Paulo, comemorado no domingo 25 de janeiro, a esquina mais famosa da cidade – Ipiranga com a São João, na região central – ganhou uma faixa diagonal (ou em “X”) para facilitar a travessia de pedestres. ”As pessoas já faziam isso antes da faixa”, conta Nelson Monteiro, que trabalha como segurança de um bar que fica bem na esquina.

Sinalização indica a maneira correta de atravessar. Foto: Rachel Schein

Sinalização indica a maneira correta de atravessar. Foto: Rachel Schein

De acordo com Ronaldo Tonobohn, superintendente de planejamento da Companhia de Engenharia e Tráfego (CET), a ideia é originária de Tóquio, Japão, e já havia há algum tempo a intenção de fazer a faixa em “X” nessa esquina. Mas foi decidido um teste numa outra da região, que já tinha esse tipo de demanda, porém numa escala menor. A faixa teste foi instalada em dezembro do ano passado na esquina das ruas Riachuelo e Cristóvão Colombo. Como o resultado foi satisfatório, a faixa da Ipiranga com a São João finalmente foi pintada e inaugurada no aniversário da cidade.

Uma contagem foi feita no local e constatou-se que o número de pessoas que atravessam ali chega a 4.700 nos horários de pico. “É  injusto que o pedestre tenha que esperar pelo motorista, que está confortável no seu carro, muitas vezes com o ar condicionado ligado, ouvindo uma boa música, enquanto o pedestre está sujeito ao sol, à chuva e outros fatores”, explica Tonobohn.

A secretária Eunice Dornelles, que trabalha ali perto, estava ansiosa para a inauguração. “Eu vim conhecer mesmo! Vim especialmente pra isso”, disse, toda animada.

A travessia, que antes era feita em duas etapas semafóricas, agora acontece em uma única abertura de semáforo. De acordo com a CET, o tempo de travessia durava 159 segundos antes da faixa em X, e agora caiu para 88 segundos. A ciclista Teresa d’Aprile fez um teste a pé e garantiu que desses 88 segundos, 9 são de semáforo verde para o pedestre e o restante piscando no vermelho. Uma placa indicando a maneira correta de atravessar também foi instalada no local.

Veja abaixo a videorreportagem do Vá de Bike.


2 comentários para Esquina mais famosa de São Paulo ganha faixa para travessia em “X”

Enviar resposta

  

  

  

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>