Passeio anual da Rodas da Paz em Brasília acontece no domingo 26/7

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Circuito infantil. Foto: Divulgação

Circuito Rodinhas da Paz. Foto: Divulgação

No próximo domingo, 26 de julho, a ONG Rodas da Paz realiza a edição 2015 do seu tradicional passeio em Brasília/DF. O encontro anual, que reúne milhares de pessoas, entre ciclistas, skatistas e patinadores, representa um momento importante de garantir visibilidade para a causa da mobilidade sustentável e da paz no trânsito, como também reforçar o compromisso do governo com melhorias nas condições de mobilidade da população.

“É uma das ações de tomada do espaço da cidade pela cidade pela bicicleta”, conta Renata Florentino, coordenadora geral da Rodas. “Vale a pena ir pelo momento de congregação mesmo, de encontro, integração e descobertas que as pessoas têm participando de uma experiência coletiva como o passeio da Rodas da Paz”.

Desde 2003 o passeio acontece na capital federal, sempre com temas diferentes. No ano passado foi “Bicicleta Gera Gentileza”, já nessa edição o tema é “A Bicicleta Integra as Cidades”.

Percurso Tradicional: Museu Nacional – Congresso Nacional – Praça dos 3 Poderes – Ponte JK – Museu Nacional (aproximadamente 16 km).

Percurso Rodinhas da Paz: Museu Nacional – Congresso Nacional – Museu Nacional, 2 voltas (aproximadamente 5 km). O circuito Rodinhas da Paz é especialmente pensado para as famílias que irão pedalar com crianças pequenas.

Veja fotos da edição 2014:
circuito tradicional – circuito infantil

Quando e onde

XIII Passeio Rodas da Paz – A Bicicleta Integra as Cidades

Domingo 26 de julho, a partir das 8h

Concentração no Museu Nacional – Brasília/DF

Há bondes (grupos) que sairão pedalando de Planaltina, Valparaíso de Goiás, Asa Norte, São Sebastião, Águas Claras, Taguatinga, Ceilândia, Guará, Gama e Recanto das Emas. Veja os pontos de encontro e pegue carona!

Os dois últimos vagões do metrô estarão liberados para o transporte de bicicletas no dia do passeio.

Inscrições

A inscrição é gratuita e aberta a todos e os menores de idade devem ser inscritos em conjunto com seu responsável. Não é obrigatório se inscrever para participar do passeio no domingo dia 26/07/2015, porém para participar do sorteio dos brindes e bicicletas é necessário preencher este formulário (inscrições abertas até o dia 24/07/2015). Os inscritos e seus dependentes terão também prioridade para receber as camisetas entregues antes do Passeio.

FAÇA SUA INSCRIÇÃO!

Percurso Tradicional

Percurso Tradicional

Percurso Rodinhas da Paz

Percurso Rodinhas da Paz

A Bicicleta Integra as Cidades

O céu do planalto central oferece um horizonte lindo e irresistível. Ir cada vez mais longe, por entre as cidades do DF pode ser igualmente empolgante. Não seria de tirar o fôlego se as Estradas Parques tivessem áreas verdes ao seu redor, no lugar de tanto congestionamento, barulho e poluição? Ir de bicicleta de uma cidade a outra do DF poderia ser muito mais fácil do que é. Na semana do 13º Passeio Anual da Rodas da Paz, a lei distrital sobre a previsão de ciclovias em rodovias completa dez anos, com um longo caminho pela frente para se tornar efetiva.

Se a lei 3.639 ainda não saiu do papel, cada vez mais bicicletas saem das garagens e tomam as ruas do DF. É uma tendência irreversível para o DF, que aponta rumo à mobilidade sustentável. A bicicleta tem emissão zero de poluentes, enquanto que o passageiro de um carro emite em média 126g de CO2 por km percorrido, além de outras substâncias nocivas à saúde. Na EPTG, por exemplo, isso significa que após uma pessoa rodar 12 km de carro, 1,5kg de gás carbono são liberados na atmosfera.

O Plano Piloto concentra 47,7% dos empregos do DF e milhares de trabalhadores se transportam diariamente até essa região. Além dos grandes deslocamentos que acontecem entre as cidades daqui, a cada dia, 200 mil pessoas saem do entorno para vir ao DF.  O desenho urbano distrital, construído no auge da indústria automobilística nos anos 60, privilegiou a ligação entre as suas cidades e bairros por meio de vias largas e de alta velocidade. Por isso, temos hoje muitas rodovias em áreas urbanas, o que é um dos fatores responsáveis pela violência no trânsito. De acordo com os dados do DETRAN-DF, mais da metade das mortes de ciclistas no DF acontece em rodovias.

O nosso desejo é por mais vias cicláveis, menores limites de velocidade e ciclovias em todas as rodovias do DF. Para a Rodas da Paz isso significa a convivência pacífica e harmônica, como também a possibilidade de que mais gente tenha chance de viver a cidade com todas as suas oportunidades.

Uma mobilidade eficiente, que dê mais atenção aos pedestres e ciclistas, permite a criação de laços sociais e afetivos mais fortes entre os habitantes de um território. A bicicleta é um importante instrumento de transformação do cenário atual, pois reúne as pessoas e coloca em contato todos aqueles que utilizam nossos espaços públicos. A bicicleta conecta amores, trabalhos e prazeres na cidade.

Imagem: Divulgação

Imagem: Divulgação


1 comentário para Passeio anual da Rodas da Paz em Brasília acontece no domingo 26/7

Enviar resposta

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>