Ciclovias da Mooca devem ligar bairros da Zona Leste ao centro de São Paulo

Apoie nosso trabalho,
doe um libre!
Fim da ciclovia na boca do viaduto estaiado Padre Adelino. Foto: Renato Lobo

Fim da ciclovia na boca do viaduto estaiado Padre Adelino. Foto: Renato Lobo

Com a ampliação da rede de vias para ciclistas na cidade de São Paulo, a Mooca, tradicional bairro da zona leste, está agora recebendo estrutura cicloviária. Desde o meio de janeiro, a Companhia de Engenharia de Trafego (CET) vem implantando vias para as bikes nas ruas Padre Adelino, Serra de Bocaina, Siqueira Bueno, Barão de Penedo, Serra de Jairé, Taquari e Jaibarás.

Antes da implantação – que ainda está em curso – os moradores do bairro desfrutavam de apenas uma ciclovia de 1,1 quilômetro instalada no Centro Esportivo e Social, parque que abriga a subprefeitura da região.

Conexões

Agora, o ciclista que vem de duas regiões do Tatuapé vai poder chegar em equipamentos públicos e privados da Mooca com a conexão das novas vias a outras já existentes. As novas estruturas vão permitir a conexão dos ciclistas vindos da Ciclovia Caminho Verde (Radial Leste), por meio das vias para bicicletas instaladas nas ruas Bom Sucesso, Monte Santiago e Irape, levando o usuário até a boca do Viaduto Estaiado Padre Adelino. Após a passagem sobre a avenida Salim Farah Maluf, o ciclista chega à nova ciclovia da Rua Tobias Barreto.

Ligação Anália Franco – Mooca

Também está sendo construída uma nova ciclovia na rua Siqueira Bueno, desde o Largo Ubirajara até a região da avenida Álvaro Ramos, que deverá se conectar à Mooca com a via para ciclistas existente na avenida Abel Ferreira, que, por sua vez, liga o Shopping Anália Franco, Faculdades da Região e o Parque CERET.

Além do Parque da Mooca, os trechos que estão sendo instalados devem contemplar a conexão com o SESC Belenzinho, a Universidade São Judas e a Faculdade Anhanguera.

Ligação com o Centro

A novidade é que as novas vias da Mooca devem ainda atender a uma antiga reivindicação de ciclistas na conexão da zona leste com o centro da cidade, como alternativa a um projeto de instalação de via para bicicletas junto ao corredor de ônibus da Radial Leste.

De acordo com a assessoria de imprensa da CET, as ciclovias da Mooca devem ter conexão com a estrutura existente da avenida Rangel Pestana. “Ela fará parte da conexão que se integrará ao centro expandido pela avenida Rangel Pestana”, diz nota da Companhia ao Vá de Bike. A CET, no entanto, não deu detalhes de onde será esta conexão. O órgão informa que a nova ligação está sendo projetada.

Em todo caso, os novos trechos apontam que a prefeitura de São Paulo vem trabalhando na conexão das estruturas, no sentido de se criar uma rede, o que poderá convidar ainda mais pessoas a usar a bicicleta como meio de deslocamento.

Ciclovia na rua Tobias Barreto. Foto: Renato Lobo

Ciclovia na rua Tobias Barreto. Foto: Renato Lobo

Gostou da matéria? Doe um libre
e ajude nosso projeto a continuar!

12 comentários para Ciclovias da Mooca devem ligar bairros da Zona Leste ao centro de São Paulo

  • Fabio

    Falta só o viaduto Bresser pra ligar de vez a Z/L ao centro, o problema é que a gestão acaba essa semana, espero que essa ciclovia saia até sexta feira.
    🙂 :/

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Dênis Gonçalves dos Santos

    Alguma novidade??

    Thumb up 2 Thumb down 0

  • CET entrega parte das ciclovias do eixo Tatuapé-Mooca-Centro – Via Trolebus

    […] matéria do Vá de Bike, as estruturas da Mooca devem ser conectadas com a região central, por meio da conexão com a […]

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • Fabiano

    Willian, eu percorri a Tobias Barreto, da Rua da Mooca até o SESC Belenzinho (que fica a 1 quarteirão da foto mostrada) e lá ainda não tem ciclovia. A ciclovia existente e que se conecta com esse ponto fica na R. Serra da Bocaina.

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • RicardoP

    Não sou muito fã dos percursos. São muito hostis, no geral.

    Thumb up 1 Thumb down 4

  • Mario

    [Comentário oculto devido a baixa votação. Clique para ler.]

    Esse comentário não tem feito muito sucesso. Thumb up 2 Thumb down 11

    • Willian Cruz

      Sob essa argumentação a prefeitura deveria retirar as calçadas também.

      Comentário bem votado! Thumb up 10 Thumb down 1

      • RicardoP

        Sua resposta não faz sentido, William. É evidente que a reclamação, independente de seus méritos, tem como base outros pontos de vista e não o espantalho que você criou para agredir um de seus visitantes.

        Thumb up 2 Thumb down 4

    • Pode deixar que eu farei meu protesto NÃO comprando no comércio do senhor… vou procurar um “bike friendly” que eu possa ir de bike, carro, a pé ou transporte público ou qualquer outra coisa… porque não existe só uma forma de se transportar pela cidade.

      Polêmico. O que acha? Thumb up 6 Thumb down 3

    • Marcelo

      A preferência, segundo o CTB é do pedestre, seguido do ciclista. Logo, em conversões, os carros são OBRIGADOS a parar e AGUARDAR se houver pedestres ou ciclistas cruzando as entradas, o que no geral, NÃO ocorre.

      E o Sr.vem de mimimi aqui? As ruas e acessos NÃO são particulares, SÃO PÚBLICAS E DE USO DE TODOS. Logo, limite-se a sua insignificancia, carrocrata dos infernos !!!

      Comentário bem votado! Thumb up 6 Thumb down 1

  • Fabio

    Um sonho que se realiza.

    Thumb up 2 Thumb down 0

Enviar resposta

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>