Site reúne informações sobre deslocamentos de bicicleta em todo o mundo

Bike Courier circula em rua de Londres. Foto: Raquel Jorge

Bike Courier circula em rua de Londres. Foto: Raquel Jorge

Lançado mundialmente em 2015, o documentário Bikes vs Carros, dirigido pelo sueco Fredrik Gertten, teve cenas extraídas do cotidiano de ciclistas e retratou a disputa, muita vezes desigual, do automóvel e da bicicleta em ruas e avenidas sobretudo de São Paulo, Los Angeles e Copenhagen. As cenas foram captadas entre os anos de 2012 e 2014.

Como fruto deste trabalho, nasceu a plataforma digital Bike Data Project, onde pessoas do mundo todo compartilham dados de deslocamento, como tempo de viagem, distância percorrida, tempo gasto e até quantidade de CO2 que deixou de ser lançada na atmosfera com o uso da bicicleta.

A plataforma mostra estas informações de cinco continentes, sendo possível selecionar em cada país a localidade a ser consultada.

Expansão de infraestrutura

A ideia por trás do projeto vai muito além de reunir informações sobre a presença da bike como meio de locomoção. De acordo com o site do projeto, a plataforma tem como objetivo reunir informações para nortear agentes públicos na expansão de infraestrutura cicloviária e, além disso, convencer o poder público da importância da bicicleta em regiões que ainda não implementaram políticas públicas que incentivem o transporte ativo em duas rodas e protejam quem pedala nas ruas.

As informações são coletadas por meio de aplicativos que contabilizam os deslocamentos. Por isso, ainda que úteis, retratam apenas o universo dos ciclistas que os compartilham. Ainda assim, a plataforma mostra algumas informações que já foram embasadas por pesquisas de órgãos que analisaram os deslocamentos desse modal.

Dados compilados na plataforma estão em constante atualização. Imagem: Bike Data Project/Reprodução

Dados compilados na plataforma estão em constante atualização. Imagem: Bike Data Project/Reprodução

Dados do site

De acordo com as informações do site, a Suécia é o país com a maior distância percorrida até o momento, com 1.074.062 km (dados obtidos em 29/03/2016). Na maioria dos continentes, a média de tempo de deslocamento está em torno de 30 minutos, com exceção da Ásia, onde os percursos registrados pelos aplicativos têm a duração média de 54 minutos, praticamente o dobro dos demais continentes.

O Brasil lidera na América do Sul, com 67.209 km. Os dados apontam que o estado de São Paulo, entre 19 analisados, é o campeão em deslocamento por bicicletas. O tempo de deslocamento dos ciclistas que usam os aplicativos é de 33 minutos e a distância percorrida é em média de 6,61 quilômetros.

Na cidade de São Paulo, a amostragem entre 15 de janeiro e 13 de fevereiro de 2016, mostrava que a maior parte dos picos de números de viagens foram registrados em dias da semana, e os dias com números menores de viagens foram nos finais de semana. Este cenário reforça a realidade do uso da bicicleta muito mais como transporte do que em recreação ou como atividade física, o que em um cenário inverso, poderia contabilizar o uso massivo da bicicleta nas ciclofaixas do lazer ou em parques. Ainda sobre a capital paulista, a ferramenta aponta que a média dos deslocamentos fica acima de 6 quilômetros.

Participe

O sistema pede que os ciclistas de todo mundo contribuam com o projeto de uma maneira muito simples, compartilhando suas informações de deslocamento para que sejam computadas na estatística geral. O sistema permite que você compartilhe as informações de aplicativos como Moves, Runkeeper e Strava, além de disponibilizar uma ferramenta própria para iPhone e Android. Acesse o site e veja como participar.


3 comentários para Site reúne informações sobre deslocamentos de bicicleta em todo o mundo

Enviar resposta

  

  

  

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>