ITDP pede perícia independente para apurar desabamento da ciclovia da Niemeyer, no Rio de Janeiro

Perícia sobre o desastre da ciclovia deve ser independente e isenta. (Arte sobre imagem de Eric Poseidon)

ITDP reforça que a perícia sobre o desastre ocorrido na ciclovia não deve ser feita pela empresa que construiu a estrutura. (Arte sobre imagem de Eric Poseidon)

O ITDP Brasil (Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento), entidade que promove o transporte sustentável e equitativo no mundo, divulgou nota nesta quinta pedindo uma perícia “independente e imparcial” para avaliar as causas do desastre ocorrido na Ciclovia da Avenida Niemeyer, no Rio.

pericia independente itdpA organização alega que academia e entidades da sociedade civil vêm alertando as administrações municipais sobre como a elevação do nível do mar pode afetar as infraestruturas de mobilidade e transporte nas cidades brasileiras e afirma que as causas exatas “só serão esclarecidas após um transparente e rigoroso processo de perícia”, reforçando ser indispensável que esse processo “avalie o grau de vulnerabilidade de toda a ciclovia, sendo uma infraestrutura costeira”.

A nota divulgada lembra que a ciclovia da Niemeyer é um elevado litorâneo em uma região de alto risco, “cujo projeto deve levar em conta a variação das condições do mar e prever com segurança sua resistência, inclusive a possíveis eventos extremos (o que não foi o caso)”, apontando que o ocorrido foi uma ressaca comum, frequente e previsível.

“É imprescindível também que esse parecer e avaliação geotécnica sejam realizados de forma independente e imparcial, não pela empresa responsável pela construção da ciclovia”, aponta o texto. “Muito mais do que os milhões de reais gastos na reestruturação da encosta da Niemeyer e na implementação da ciclovia, hoje ela custou vidas. Isso é imperdoável e não tem preço.”

Veja a íntegra da nota aqui.


1 comentário para ITDP pede perícia independente para apurar desabamento da ciclovia da Niemeyer, no Rio de Janeiro

Enviar resposta

  

  

  

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>