Na semana da mobilidade, Shimano Fest reforça necessidade de respeito no trânsito

Evento acontece de 22 a 25 de setembro, em São Paulo. Foto: Maximiliano Blanco/Shimano

Evento acontece de 22 a 25 de setembro, em São Paulo. Foto: Maximiliano Blanco/Shimano

O Shimano Fest, maior festival de bicicleta da América Latina, acontece esse ano na semana da mobilidade, no Jockey Club, em São Paulo. Em sua sétima edição, o festival começa na quinta-feira 22 de setembro, Dia Mundial Sem Carro, e vai até domingo, 25 de setembro. A expectativa é de receber 25 mil visitantes.

Na quinta e sexta-feira, a visitação é reservada a lojistas, profissionais do setor e imprensa. Já no sábado e domingo o festival será aberto ao público, com entrada gratuita. Veja as atrações mais abaixo, nesta página.

O evento, que esse ano está maior, traz novidades e faz um importante chamado para a necessidade de respeito no trânsito. Com as frequentes mortes de ciclistas por atropelamento, tanto nas ruas das cidades como nas estradas, essa reflexão torna-se mais do que necessária.

Respeito pela bike

O Shimano Fest desse ano terá o lema #RespeitoPelaBike, com o objetivo de sensibilizar mais pessoas quanto à segurança dos ciclistas nas ruas e estradas do Brasil. ”Em janeiro deste ano perdemos um amigo e verdadeiro herói da bicicleta, o Claudio Clarindo, em um trágico acidente na Rio-Santos, na Baixada Santista. Além de um ser humano incrível, ele sempre foi um dos embaixadores de causas como a mobilidade urbana e a segurança dos ciclistas”, lembra Rogerio Tancredi.

Especialista em provas de longa distância, era considerado um dos dez melhores do mundo na modalidade de ultraciclismo, sendo o primeiro latino-americano a completar por cinco vezes a Race Across America, evento que atravessa 4.800 quilômetros do Estados Unidos e é uma das competições mais duras que existem. Clarindo foi atropelado na rodovia enquanto fazia seu treinamento diário, por um motorista que dormiu ao volante e acertou os ciclistas que vinham no acostamento da pista contrária.

Ciclistas fazem homenagem a Valdilei Antônio Lemos, morto por um motorista embriagado em uma rodovia de São Paulo. Foto: Bike Zona Sul

Ciclistas fazem homenagem a Valdilei Antônio Lemos, morto por um motorista embriagado em uma rodovia de São Paulo. Foto: Bike Zona Sul

Em outro caso que comoveu o país neste ano, um motorista atropelou e matou o vigia Dorgival Francisco de Souza, que seguia pedalando pelo acostamento da Rodovia dos Imigrantes em direção ao trabalho. Dorgival faleceu no local e seu braço foi descartado pelo motorista a 2 km do local do atropelamento. O caso emblemático mais recente é o de Valdilei Antônio Lemos, 43 anos, atropelado por um motorista bêbado que acessava a mesma Rodovia dos Imigantes, na região de Diadema. Valdilei não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Uma ghost bike foi instalada no local.

Além desses atropelamentos em estradas, inúmeros ciclistas anônimos perdem a vida diariamente nas ruas das cidades, na maior parte das vezes por falta de atenção e respeito de quem dirige. Além da perda, a vida dos familiares desses ciclistas – que muitas vezes dependem deles financeiramente – muda para sempre. Não há nada que as traga de volta, nem reparação que seja suficiente.

“Seja nas estradas ou ruas, muitas pessoas perderam suas vidas nos últimos tempos e para todos nós isso é algo inaceitável. Pedestres, ciclistas e motoristas têm que aprender a conviver em harmonia e com respeito ao próximo, para que não tenhamos mais mortes “, reforça Rogerio Tancredi, gerente de marketing da Shimano Latin America.

Medidas simples podem salvar vidas

Reduzir ao passar ao lado de ciclistas, mudar de faixa para realizar a ultrapassagem e nunca, em hipótese alguma, trafegar com o carro pelo acostamento, são atitudes simples, conscientes e educadas que podem fazer a diferença na vida de muita gente.

Converse sobre esse assunto com seus familiares e amigos. Sobre a bicicleta sempre há uma vida.

Atrações

O evento reunirá em um só local passeios ciclísticos, competições, shows de rock, apresentação de Taiko, exposição e testes de produtos, atividades para as crianças e toda a família, brindes e uma vivência integral do universo que envolve o pedal.

A Doutores da Alegria, organização da sociedade civil sem fins lucrativos que comemora 25 anos, estará presente na manhã do domingo com o Bobociclismo, um divertido passeio ciclístico de 2 km liderado pelos artistas que atuam nos hospitais de São Paulo utilizando a arte do palhaço para qualificar as relações humanas. A concentração está marcada para 10h30 e saída será às 11h. Após o passeio, haverá uma intervenção artística com os palhaços no Espaço Kids. Além de comemorar o aniversário da associação, o Bobociclismo tem por objetivo compartilhar a causa da alegria e seus valores, além de conscientizar a comunidade dos espaços de lazer e integração com a cidade a partir do uso da bicicleta.

O festival será dividido seis pilares:

Shows de rock animam o festival. Foto: Maximiliano Blanco/Shimano

Shows de rock animam o festival. Foto: Maximiliano Blanco/Shimano

Bike Expo

Espaço com 60 expositores e mais de 100 marcas do mercado de bike, com lojas vendendo diretamente ao público.

Bike Show

Atrações musicais, com a Rádio Rock 89 FM no comando da trilha sonora. Haverá três shows de rock nesse espaço: um no sábado, dia 24 (15h – Banda “Nem Liminha ouviu”) e dois no domingo, dia 25 (15h – “Kid Vinil e banda Magazine” e Caio Durazzo “One Man Band”), além do show de Taiko do Grupo Kiendaiko, com seus tradicionais tambores japoneses, também no domingo.

Essa área abriga ainda o Espaço Gastronômico, com 20 food trucks e 6 food bikes, e o Espaço Mulher, com aulas gratuitas de spinning e curso básico de mecânica.

Diversas competições agitam o evento. Foto: Rodrigo Philipps/Shimano

Diversas competições agitam o evento. Foto: Rodrigo Philipps/Shimano

Bike Radical

Espaço onde ciclistas apresentam suas habilidades, com demonstrações de apresentações de bike trial, BMX dirt jump e pump track.

Bike Competition

O Bike Competition terá quatro provas: ciclismo de estrada (Criterium), mountain bike (Short Track) válida pelo ranking UCI (União Ciclística Internacional), cyclocross e o Desafio Técnico de Mecânicos.

A principal novidade na sétima edição do evento ficará por conta da Prova de ciclismo no formato Criterium por Pontos, no domingo (25), distribuindo uma premiação de cerca de 7 mil reais entre homens e mulheres nas disputas profissionais. Deverão competir num circuito na avenida Lineu de Paula Machado, em frente ao Jockey, com cerca de 500 ciclistas. A primeira largada será às 7h.

Crianças também tem espaço garantido no Shimano Fest. Foto: Rodrigo Philipps/Shimano

Crianças também tem espaço garantido no Shimano Fest. Foto: Rodrigo Philipps/Shimano

O sábado (24) será dia de competições com lojistas, expositores e mídia, entre 11h e 12h30, do cyclocross e das tomadas de tempo do MTB Short Track para as finais de domingo.

Bike Kids

As crianças poderão se divertir com uma pista de pump-track, mini-bikes, tira-rodinha, a Escola Bike de Educação Para o Trânsito, além de oficina e concurso de desenho.

Bike Mobility

Atividades, discussões e ações sobre mobilidade urbana e a sustentabilidade, com palestras e debates com especialistas e cicloativistas, além de três exposições fotográficas de cicloturismo.

Quando e onde

Shimano Fest 2016

De 22 a 25 de setembro, das 9 às 18h (nos dias 22 e 23, o encerramento será às 17h)
Jockey Club de São Paulo (veja mapa)

Entrada gratuita. A Shimano incentiva a doação de 1kg de alimento não perecível para doação a entidades assistenciais.

Vá de bike!

Chegue pedalando pela ciclovia do Rio Pinheiros, pela ciclovia da Av. Lineu de Paula Machado ou utilizando a Ciclofaixa de Lazer que passa ao lado do Jockey no domingo. Haverá bicicletário no esquema valet com 500 vagas, para guardar sua bicicleta em segurança.

É possível embarcar com a bicicleta no metrô e na CPTM aos sábados após as 14h e aos domingos durante todo o dia. As estações da CPTM mais próximas são Cidade Jardim e Hebraica-Rebouças.

 

Enviar resposta

  

  

  

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>