Remoção “patrocinada” de ciclovia causa polêmica em São Paulo

Apoie nosso trabalho,
doe um libre!

Placa que anuncia a retirada da ciclovia indica a Nike como patrocinadora da obra. Foto: Willian Cruz

Uma placa no Parque Ibirapuera, que foi eleito o melhor parque do mundo em 2015, deu o que falar entre os ciclistas paulistanos nessa segunda-feira, 11 de setembro. Nela lê-se claramente: “retirada da ciclovia” – indicando a Nike como patrocinadora da remoção.

Para apurar o que realmente aconteceu, visitamos o local para avaliar a retirada e entramos em contato com a empresa de artigos esportivos e com a Secretaria do Verde e Meio Ambiente (SVMA), que “assina” a obra na placa.

Grama sintética no parque: impermeabilização da quadra causou remoção da ciclovia como “compensação”. Foto: Willian Cruz

Mais futebol, menos bicicleta

A Nike patrocinou a revitalização de uma quadra de futebol próxima à ciclovia, além de refazer a sinalização dos percursos de corrida dentro do parque. A entrega foi realizada com pompa e festa, no dia 20 de agosto, com presença do prefeito João Doria, representantes de secretarias municipais e o presidente da Nike do Brasil, Carlos Homedes, além de vários atletas e ex-atletas de diversas modalidades, como Ronaldo Nazário e a recordista brasileira e sul-americana e duas vezes campeã mundial no salto com vara, Fabiana Murer.

Para a revitalização desse espaço, que perdeu alguns metros em suas dimensões mas ganhou grama sintética, foi necessário impermeabilizar o pavimento. Como o Parque Ibirapuera precisa manter a metragem de área permeável, qualquer impermeabilização precisa ser compensada.

Trechos remanescentes de ciclovia, marcados em amarelo. Em todo o espaço com terra vermelha havia outras partes da estrutura. Fotos: Willian Cruz

“Foi indicada para a Nike uma parte degradada da ciclovia infantil para que fosse realizada essa permeabilização do solo”, justificou a empresa ao Vá de Bike através de sua assessoria. Segundo a Nike, a ciclovia infantil continuará a existir: “a obra está em fase final e a previsão de entrega é até o final do mês”. Em meio de nota à nossa redação, a prefeitura também afirmou que “a ciclovia infantil continuará a existir, mas passará por uma reformulação que praticamente não afetará o seu uso”.

No local, notamos que uma parte da ciclovia foi mantida. Provavelmente a obra retirou apenas a metragem suficiente para compensar a impermeabilização da quadra. Mas as comunicações que recebemos da empresa e da prefeitura não deixam claro se a ciclovia infantil será reconstruída com pavimento permeável, ou se manter apenas uma parte está sendo considerado “não afetar seu uso”.

Até o momento, só o que podemos ter certeza é que trocou-se uma ciclovia infantil por uma melhoria em uma quadra de futebol já existente.

Placa não é oficial, diz prefeitura. Foto: Willian Cruz

Placa “não é oficial”, diz prefeitura

“A placa mencionada não é oficial, está com o texto incorreto e será removida hoje [11]”, informou a prefeitura em nota, através da SVMA. “A Prefeitura de São Paulo vai apurar as responsabilidades pela colocação da mensagem e, se necessário, adotará medidas contra quem autorizou a fixação, uma vez que a placa, além de errada, usa padrões gráficos não mais adotados pela municipalidade.”

Supõe-se que a placa tenha sido afixada no início da obra, dia 18 de julho, e que já estaria no local quando da inauguração da quadra no dia 20 de agosto, com presença de autoridades municipais. Mesmo assim, ninguém até agora teria percebido o suposto equívoco.

Permeabilização poderia ser feita no estacionamento

Há vários bolsões de estacionamento dentro do Parque, quase todos eles asfaltados. Uma exceção é o estacionamento próximo ao Viveiro Manequinho Lopes (foto abaixo), onde o pavimento de terra e pedras mostra alguns sinais de um asfaltamento antigo, que veio a ser retirado.

Estacionamento próximo ao Viveiro Manequinho Lopes: sem asfalto. – Foto: Willian Cruz

Abaixo, a foto de satélite de um dos bolsões de estacionamento, que também poderia ter seu asfalto retirado para ganhar área permeável. Mas parece que a prioridade do parque é manter o estacionamento confortável, mesmo que isso implique em reduzir o espaço de lazer das crianças.

Imagem: Google Maps/Reprodução

Gostou da matéria? Doe um libre
e ajude nosso projeto a continuar!

4 comentários para Remoção “patrocinada” de ciclovia causa polêmica em São Paulo

  • DANI

    vou comentar como um usuário assíduo do parque. A quadra de futebol era um terrao, agora ela esta top com gramado sintetico de primeira E com custo zero para a prefeitura e os contribuintes. A tal da ciclovia infantil, praticamente nao era usada e estava totalmente esburacada e com o piso trincado, apoio total as melhorias no parque

    Thumb up 0 Thumb down 2

  • Renata Falzoni

    É com muita dor no coração ver a ciclovia onde eu ensinei a minha filha, os meus dois netos, sobrinhos e um sem número de amigos de filhos e de netos a pedalar ser destruída, com o devido patrocínio de futebol! FIM DA PICADA!

    Comentário bem votado! Thumb up 12 Thumb down 2

  • clovis dalpian

    sobre o tema acima, somente a lamentar eu posso, pois uma empresa de esporte, que trabalha contra uma opção esportivada comunidade, pois se a quadra ja existia, não entendo o porque mexer na ciclovia, mesmoinformando o item de permeabilidade do solo, não convence. Mas como falar não adianta, vai um pedido, antes de comprr qualquer material esportivo, lembre-se desta empresa e reflita se vale a pena lembrar dela na hora da compra, pra mim por este motivo, e alguns outros é que eu não compro nenhum produto nike. Mas isso é de cada um.

    Comentário bem votado! Thumb up 9 Thumb down 1

  • Johnny

    A matéria é ótima, ouvindo todos os lados. Mas a explicação da prefeitura não convenceu muito…
    .
    Só uma correção: o Ibirapuera jamais foi eleito o melhor parque do mundo. Na verdade, ele figurou em um top ten de áreas verdes urbanas (“here are some of the world’s very best urban green spaces”), na opinião do crítico de arquitetura jornalista Rowan Moore.

    Comentário bem votado! Thumb up 11 Thumb down 1

Enviar resposta

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>