Fiat e a mobilidade por automóvel na cidade imóvel

Como parte das comemorações dos 30 anos da empresa no Brasil, a Fiat está realizando um “simpósio“. Apesar de dizer no site que quem está realizando é a TV Cultura e que a Fiat está só patrocinando, o simpósio leva o nome de Fiat 30+. “É a Fiat convidando você a pensar no futuro”.

Entre as palestras, está uma com o tema Mobilidade. O primeiro sub-tema dessa palestra me chamou a atenção: “O Carro como Meio de Comunicação e Hábitat Móvel”.

Além da ironia de se falar em mobilidade com automóveis na cidade que tem o trânsito mais imóvel do país, ainda estão começando a considerar o automóvel como um lugar para se viver…

Talvez esse conceito esteja se tornando necessário porque o “paulistano médio” perde boa parte de seu tempo livre encerrado em uma gaiola de metal de uma tonelada. A saída mais inteligente seria usar esse tempo para alguma outra coisa mais interessante (ler um livro ou fazer exercício, por exemplo); a outra alternativa, mais interessante para uma montadora, seria transformar o carro em uma clausura cada vez mais agradável, um lugar para se ficar trancado voluntariamente boa parte da vida.

A vida está fora do automóvel. O carro deve ser um meio de transporte, uma maneira de chegar a outro lugar e não um meio de comunicação (de status social?). Ou, pior ainda, um “habitat móvel”!

Se alguém estiver a fim de assistir à palestra, o evento é gratuito e será realizado dias 7 e 8 no teatro TUCA, na PUC-SP. Veja a programação. O site não diz se haverá espaço para perguntas ou interação com a audiência. E nem o site do simpósio e nem o do teatro dizem se há estacionamento para bicicletas no local. De acordo com a Lei municipal 13.995 (Art. 2º, item j), é obrigação do teatro tê-lo, mas o site apenas fala de um estacionamento conveniado para automóveis, que não é sua obrigação. Pelo menos eles também dizem como chegar lá usando transporte coletivo, o que já é de se aplaudir.

Artigos relacionados

As crianças sonham com o quê mesmo?
“Dirigir é como viver”
Até quem fabrica carros sabe que em São Paulo eles não cabem mais
O automóvel e o desgaste social

E mais, na tag marketing sem limites e na categoria Motorcracia.


1 comentário para Fiat e a mobilidade por automóvel na cidade imóvel

Enviar resposta

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>