Carro na calçada? Veja o que fazer

No Restaurante Lilló (R. Borges Lagoa, 1321), cobram para estacionar seu carro na calçada (foto de 03/set/08, às 20h26)
No Restaurante Lilló, na Vila Mariana, cobram dos clientes para estacionar os carros sobre a calçada. Foto de 03/09/2008.

Numa noite em que eu voltava para casa aqui em São Paulo (de bike, claro), vi na R. Borges Lagoa um carro atravessado na calçada, cobrindo-a totalmente. O pior é que naquela região há vários hospitais, incluindo o da AACD. Ou seja: muitos pedestres com deficiência de mobilidade. E o motorista, sem noção total, ocupou a calçada toda.

Um pouco adiante, sobre a ponte que fica entre as duas pistas da Ascendino Reis (sobre a Rubem Berta), havia um caminhão da CET, desses que rebocam quem estaciona em local proibido. Fui até lá.

Havia dois agentes ali, um dentro do caminhão e outro do lado de fora, falando no rádio. Esperei esse terminar a conversa e dei um boa noite com um sorriso. A partir daí seguiu-se uma conversa interessante, que resumo abaixo. O agente da CET era bastante simpático e solícito, entendeu bem o que eu quis dizer e foi bastante receptivo.

- Boa noite, tudo bom?

- Boa noite!

- Olha, ali embaixo, tá vendo ali, atrás daquele poste? Tem um carro atravessado na calçada, pegando ela toda. E o pior de tudo é que sempre passa gente em cadeira de rodas por ali.

- Ah, to vendo. Já vou descer lá. Valeu! (não entendi se ele ia lá só dar uma multa ou levar o carro embora, mas pareceu decidido a fazer alguma coisa)

- Aproveitando, deixa eu te falar mais uma coisa… Tá vendo aquele restaurante ali, o Lilló? Se você passar por aqui umas 20h30, 21h, vai ver sempre um monte de carros de clientes que eles estacionam na calçada na maior cara de pau.

- Ah, eu já multei bastante ali, já até levei carro embora. E acho que a gente tem que fazer isso mesmo, porque por mais que o dono do carro não seja culpado, pelo menos ele nunca mais volta no restaurante, que é o que um restaurante que faz isso merece.

- É verdade. E o pior é que eles cobram mais de dez paus pra parar o carro da pessoa em cima da calçada.

- Pois é, maior sacanagem. Mas sabe o que você faz quando ver isso? Dá uma ligadinha no 1188 que a gente vem na hora e pega.

- Eu costumo cadastrar no site do SAC da Prefeitura, que tem um formulário pra preencher sobre isso…

- Lá é legal você cadastrar pra ficar histórico, aí eles agendam uma ação e tal… Mas se ligar no 1188 resolve na hora, porque eles passam pelo rádio e a gente tem meia hora pra atender a ocorrência.

- É que eu desanimei de fazer isso porque uma vez tinha um caminhão atravessado no canteiro central da Sumaré, cobrindo a ciclovia e as duas calçadas, eu liguei no 156 na época e me disseram que não podiam fazer nada. Depois disso eu não liguei mais.

- Agora mudou, antes era uma central da prefeitura, aí era um pouco mais burocrático, caía num atendimento centralizado. Agora é direto com a gente e eles passam por rádio, por celular, e a gente tem meia hora pra atender. Aqui nessa região da Vila Mariana, pelo menos, funciona bem.

- Ah, bom saber disso. Na próxima vez que eu vir, vou ligar então.

- Liga sim!

- Beleza, valeu! Boa noite e parabéns pelo trabalho!

- Obrigado, eu que agradeço a ajuda aí quando puder!

Não, o diálogo acima NÃO é uma obra de ficção. É o que me faz pensar que as críticas aos agentes, em muitos casos, refletem apenas uma indignação do interlocutor por ter sido multado.

Portanto, quando virmos um carro estacionado sobre a calçada aqui em São Paulo, principalmente em porta de restaurante (como esse Lilló, que faz isso há anos impunemente), a gente liga pra CET, no telefone 1188. Combinado?

Peço que quem fizer isso conte aqui, em um comentário nesse post. Funcionou? Não veio ninguém? Os manobristas tiraram os carros rapidinho quando chegou a CET e ficou por isso mesmo? Ou você chegou a ver um caminhão levando um carro em cima? Conte pra nós.

Outras cidades

Cada cidade tem seu órgão responsável pelo trânsito. Pode até ser que ainda não se preocupem tanto com calçadas e pedestres, mas a mudança tem que partir de nós. Isso não pode continuar sendo considerado “normal”.

Se ninguém reclamar, o órgão público continua fazendo vista grossa. Se você reclamar e ninguém fizer nada, continue reclamando sempre que acontecer, incentive outras pessoas a defenderem também seus direitos. Espalhe a informação, mostre que o órgão de trânsito não atua, denuncie a jornais, publique na internet. Pressão popular funciona e uma hora o poder público da sua cidade acorda.

A calçada NÃO é do dono da casa ou do estabelecimento, é de todos. Estacionar sobre ela é um desrespeito com o espaço público e com as pessoas que precisam passar por ali. Denuncie.


75 comentários para Carro na calçada? Veja o que fazer

  • Érico

    Aqui na Vila Mariana, rua Humberto I n°390 tem um supermercado DIA que fizeram o estacionamento em diagonal em relação ao prédio recuado, e acaba numa “meia vaga” na diagonal que o outro triângulo é SOBRE A CALÇADA.
    Quer dizer, um carro estacionado quase todo sobre a calçada.
    Liguei algumas vezes para 1188e fui embora pro trabalho, mas sempre a mesma coisa, 50% das vezes que passo lá é o carro em cima da calçada.
    Da última vez quando liguei para falei com uma senhora que muito se preocupou e recomendou que eu além da denúncia, que ela tomaria outras ações internas, eu deveria ir à prefeitura para providências cabíveis.
    Agora a culpa é de quem? Do supermercado em primeiro lugar !!!! por oferecer essa “opção” ao cliente e ele de aceitar.

    Agradeço a ajuda e experiêcia do Blog para uma rápida ação e efetiva !!

    abraço à todos.

    Érico Lucke

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • edivanda

    eu estou com um probleminha desses sou gerente de uma loja e no estacionamento da loja existe placas (estacionamento para clientes) mas não é assim os funcionários do meu vizinho sempre colocam suas motos ali e quando chego pela manhã está repleto de motos em frente ao portão. já reclamei;pedi para o patrão deles falar com eles mas não adiantou e para completar hoje quando cheguei tinha um carro de um deles, e aqui nesse lugar não tem pra quem recorrer…não sei mas o que fazer, todos os dias me estresso por causa desses mal educados…aff: socorro!!!

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Carlos Shigueru Akamatsu

    Para aqueles que trabalham em Barueri e encontram também caso semelhante tem o “CET” de lá:
    O Demutram de Barueri, encontrasse na rua Rua da Prata, 565 – Jardim dos Camargos – CEP: 06410-000
    Fone: 4199-1400

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • Carlos Shigueru Akamatsu

    Postei este comentário no outro post, mas acho que vale postar aqui:
    “Um exemplo de cuidar, não diretamente relacionado com as bicicletas, é sugerir ao CET que possa ter um número SMS ou MMS ( permitindo o envio de fotos e GPS … ). Com isto o cuidado fica mais facilitado e mais efetivo ( pois está registrado eletronicamente ). O “cuidar” de hoje em dia tem que acompanhar as inovações tecnológicas.

    Aproveitando, no site do CET temos o link bicicleta, dê uma olhada e avalie como é o cuidar deles para a bicicleta, quem sabe você possa dar sugestões e crítica exercitando o seus cuidados com a CET.

    http://www.cetsp.com.br/consultas/bicicleta/um-novo-meio-de-transporte-a-bicicleta.aspx

    Contato:
    http://cetsp1.cetsp.com.br/falecomsac/index.htm

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Retificando o que disse a cet acabou de tirar o onibus e a perua da frente do meu portão vitoria pois meu vizinho poderoso abaixou a bola, obrigada o 1188 funciona sim sou prova disso valeu….

    Comentário bem votado! Thumb up 4 Thumb down 0

  • liguei faz 1 hora o onibus continua na frente da minha casa e a perua tbm e eu sei poder sair com o carro…pois ninguem apareceu

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • liguei faz1 hora e ninguem apareceu esse 1188 nao funciona mesmo………..

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Carlos Shigueru Akamatsu

    Aproveitando que estamos falando de calçada. Creio que também devamos discutir sobre os projetos de calçadas, já que temos lei específica para os projetos de calçadas. Ao mesmo tempo sobre poda e remoção de árvores, que estão na calçada, que muitas vezes estão mal colocados. Não tem relação direta sobre o assunto, mas afeta a circulação de pedestres, ciclistas e também motoristas na calçada ( ainda que só para entrar e sair da casa, prédio e estabelecimento ).
    Quem for fazer reforma ou fazer uma calçada, pense nos pedestres e nos ciclistas também ( como por exemplo, colocar paraciclos ).

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Carlos SA

    Estou usando o 1188 quando acho que devo. Como muitos percebem, geralmente não funciona. As razões para isto creio que vão desde falta de pessoal, o existente está atendendo a chamados emergenciais, a má vontade e malandragem. Também é por causa de quem pede, por exemplo, dá localização dúbia, outra é que chamamos como emergência, quando na verdade, não é. No Jaguaré, que seria periferia de São Paulo, há vários pontos onde as pessoas abusam e colocam carro em cima da calçada. Como é frequente, tendo a usar o site da prefeitura SAC. Muitas vezes faço a ocorrência, mas como não tenho como ficar, acabo não acompanhando. Caso seja recorrente, acho melhor usar o SAC (http://sac.prefeitura.sp.gov.br/default.asp) também, além do CET.

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Sandro

    após 3 ligações ao 1188, nada! Na ZL não funciona vc só fica anotando números de protocolo

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • lilian

    Gostaria que vcs me ajudassem moro em um bairro da periferia de São Paulo meus vizinhos estacionam o carro em cima da minha calçada inclusive moto tb atrabalhando aasim a minha entrada e saída da minha casa não liguei ainda para CET mas é bom saber sobre esse serviço pois já falei varias vezes com meus vizinhos , mas não adianta obrigda pela ajuda

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Sandro

    Infelizmente meu caro só funciona na egião da Vila Mariana, pois aqui na periferia somos esquecidos. Estamos tendo esse tipo de problema (carro nas calçadas/na frente das garagens) desde que instalaram uma igreja protestante na rua onde moro, no sábado passado cheguei em casa às 22h +/- e a rua toda estava tomada por carros dos frequentadores dessa igreja, inclusive em cima da calçada da minha casa que tem guia rebaixada pois é a entrada da garagem, além de ter que ir solicitar que retirassem o carro, tive que ouvir que era aniversário do pastor e por isso havia tantos carros na rua.
    Minha esposa ligou para o 1188 (protocolo c10879563) e até às 23:30 +/- não apareceu uma viva alma do CET.
    Também tentei registrar uma reclamação no “Fale com a CET” mas após preencher as primeiras informações a tela “congela”.
    Se puder ajudar eu agradeço.

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Uma vez, no ano passado, eu estava na ciclofaixa pedalando, quando a corrente da minha bike arrebentou. Um outro ciclista tava me ajudando a arrumar a corrente quando um carro da CET parou perguntando o que tinha acontecido, contei o que houve e um deles se prontificou em me levar em casa, mais a minha bike junto, pois a corrente ficou apertada demais e poderia arrebentar de novo, fora a dor no pé, pois torci o pé quando a corrente arrebentou. O cara da CET me trouxe até em casa, e ainda me disse que também pedala! ;-) Ele contou tudo para mim o que o agente ai comentou. Vivem ajudando os outros. E no meio do caminho para minha casa ele recebeu uns dois chamados para acidente de trânsito. Eu achei a atitude dele o máximo. Até comentei isso em meu blog: http://pedevela.blogspot.com.br/2011/09/cet-ou-ajuda-divina.html
    Mas gostei de saber sobre esse número ai da CET. Aqui no bairro que é meio longe do centro vive acontecendo coisa errada, e eu não sabia o que fazer. Graças a você, agora sei. ;-)
    Abraços, Tânia.

    Thumb up 2 Thumb down 0

  • elizabeth soares

    A CALÇADA NÃO É DO DONO DA PROPRIEDADE, MAIS A PREFEITURA NÃO AJUDA DE FORMA NENHUMA A SUA CONSTRUÇÃO, É O DONO QUE SE FERRA PARA COMPRAR CIMENTO PEDRA AREIA FERRO E PAGA A MÃO DE OBRA, E AÍ VEM UM ‘FULANO” E PÕE SE CARRO NA NOSSA CALÇADA, ISSO É TERRÍVEL,POIS TODAS AS VEZES QUE ISSO ACONTECE CHEGO ATÉ O DONO E DIGO PRA ELE RETIRAR O CARRO DA MINHA CALÇADA, POIS ENCARO ASSIM, MINHA PQ FOI EU QUE FIZ, E SE NÃO TEM MOTORISTA TIPO ASSIM EU VI O CARA DESCEU E EU NÃO VI, AÍ DEIXO UM BILHTE NO VIDRO DO CARROM JÁ ACONTECEU DE EU LIGAR PRA O CET, E ELE ME ATENDERAM DE IMEDIATO, SÓ QUE DOIS MINUTOS ANTES DE O CET CHEGAR O MOTORISTA APARECEU E FOI EMBORA,PORÉM ESTOU TRANQUILA, VIZINHO NUNCA MAIS ESTACIONOU EM MINHA CALÇADA, O CET FUNCIONA MESMO, OBRIGADA CET.

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • Ines

    Moro em uma vila com portão automático que fecha na frente da entrada.
    Muitos moradores, estacionam os carros em cima da calçada por onde andam as pessoas.
    Muitos idosos com dificuldade tb. Para manobrar meu carro para entrar em minha garagem é muito dificil,pois a casa da frente coloca o carro na guia rebaixada dela >que é em frente a minha. O vizinho da esquerda tb coloca na calçada>entro com muita dificuldade, fazendo a manobra>meu carro está raspado na lateral direita, devido a dificuldade para entrar.
    Como é VILA FECHADA dizem que NÃO TEM MULTA. Mas alguém deveria averiguar essa situação, pois não só eu como várias pessoas passam por essa dificuldade e a calçada é para Pedestres circular livremente.Pior que dos dois lados nas calçadas tem carros. Agradeço se me orientarem oupuderem tomar providencias.
    Atenciosamente
    Inês

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Mario

    Nivas, policiais militares são sempre machões longe de casa. Quando estão na rua onde moram não aparecem nem se tiver uma pessoa sendo ameaçada de morte bem em frente ao portão da casa deles.

    Inclusive esses bostas, usam carros da polícia que deveriam estar em serviço como táxi para irem e voltarem do serviço, ou seja, o cara já nem tem caráter e não passa de um corrupto.

    No Brasil é cada um por si, a lei não funciona e o mundo é dos espertos. Infelizmente.

    Thumb up 2 Thumb down 0

  • Nivas

    O serviço 1188 da CET é pura utopia. Não funciona. Já liguei diversas vezes e só tenho colecionado numero de protocolo. As viaturas não aparecem. Onde resido há diversos bares e os veículos são estacionados sobre a calçada, sobre a faixa de pedestre, em guias rebaixadas e a fiscalização não aparece. Inclusive viaturas do CET e da Policia Militar (Transito) passam em frente a esses veículos e nada fazem!!! Meu vizinho é coronel da PM lotado no Trânsito e tb não toma qualquer tipo de providencia. A viatura que fica a sua disposição vem toda tarde traze-lo prá casa e passa em frente aos veículos infratores e seus ocupantes (sempre dois PMs) nem olham para o lado!!!. Com essa atitude a quem recorrer? E olha que estamos falando da Capital de São Paulo, uma das maiores cidades do mundo!!

    Comentário bem votado! Thumb up 4 Thumb down 0

  • Que maravilha encontrar este artigo em teu blog. Vivo em Floripa e as calçadas aqui literalmente são usadas como estacionamento pelas suas ruas estreitas, o que não justifica. Em frente a minha casa os vizinhos e seus convidados abusam da prática. A calçada em frente a minha casa fica em pedaços e eu já a consertei 3 vezes… é frustante pedir e as pessoas darem risada em sua cara. Pedestres e idosos tentam passar, não conseguem e jogam suas frustações em cima de mim quando ao apertarem a campanhia para perguntar se o carro me pertence…ouço disaforos de todo tipo sem ter nada a haver com os carros…e como se não bastasse o bar/mercearia do outro lado da rua pede para os caminhões de bebidas e abastecimento estacionarem na mesma calçada e o fazem em cima do um buero que está para romper a qualquer momento e levar a calçada junto…peço com gentileza e educação que não o façam, mas não sou atendida e sim insultada. Agora vou buscar saber como funciona o orgão daqui em Floripa… tenho esperanças de ser ouvida mesmo que me odeiem por isso.
    Agradeço por compartir este artigo.
    Saudações.
    Yasmeen Chebbar

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • Ricardo

    Aqui em São Caetano do Sul todas faixas para pedestres são ocupadas por veículos. Os carros também estacionam nas faixas amarelas bem em baixo das placas de proibido estacionar, estacionam em cima das calçadas sem contar que andam pela contra mão e não respeitam calçadas rebaixadas e nem hidrantes. Aquie tem a secretariaq SEMOB que3 não funciona pra nada a não ser tirar dinheiro do contribuinte.

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • erinaldo

    na rua joao gollart enfrente a n10 este carro ja fas tempo o quer devemos fazer ester dono do carro tem ester carro e outro entao deixa os dos carro na rua mais incomodandando a saida dos carros das garagem e na vila albano jardim jaquelne proximo a valter brito billete e um chevete praca chu 0771 cinza fica no do numero 10 cep 05543045

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • lucia

    todos nos qdo abilhitamos nos ler o livros da auto escola ja sabemos que e errando estacionar na calçada, devemos Respeitar sim. Respeito e bom faz bem´´. obrigado pelo espaço

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • Flávia

    Nossa, que bom que encontrei este artigo. Perto do meu trabalho os carros costumam estacionar em local proibido e pasmem: em locais sinalizados como ponto de onibus. Sei que os ônibus não utilizam mais esse ponto (pelo menos eles não param), mas o ponto existe lá, e sempre tem um carro estacionado. Na hora do almoço essa rua vira um inferno, pois tem uma escola na frente desse ponto, com carros estacionados dos dois lados e outros parados no meio da rua esperando os filhos sairem da escola e impedindo o fluxo de veículos…. vou pegar o endereço direitinho e fazer uma reclamação no site da prefeitura…. :D
    Se todos fizermos nossa parte, a cidade vai se tornar um lugar melhor….

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • Nivas

    Tenho ligado constantemente no 1188 e a única coisa que eu consigo é um numero de protocolo. As viaturas não aparecem. Ao redor da minha casa há diversos bares e os frequentadores param os veículos em cima da calçada, sobre a faixa de pedestre, em frente e a guia rebaixada, a gente liga e ninguém aparece para multar. Isso deveria ser atribuição da Policia Militar já que muitas viaturas tem talão de multa e eles estão mais presentes no policiamento ostensivo do que os “marronzinhos” da CET. A CET só aparece quando tem acidente, fora isso eles não se importam. Dane-se o pedestre, dane-se o morador, dane-se todos. São Paulo é uma das maiores cidades do mundo e não conta com uma fiscalização eficiente, principalmente nos bairros mais afastados.

    Thumb up 2 Thumb down 0

  • o sac da prefeitura para solicitações via CET, me parece estar com problemas, faz meses que não consigo registrar nada! Acho mais prático, filmar e colocar no youtube tais situações, fiz isso com alguns veículos estacionados na via Avenida São Miguel zona leste, e deu muito resultado! No horário de pico á tarde, sentido bairro, é faixa preferêncial para veículos do transporte público, e sempre causava transtornos…

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Valéria Augusto

    Faz 2 meses que eu ligo para o fone 1188 e denuncio uma escolinha de culinária que abriu ao lado de casa. As pessoas além de ocuparem a calçada com seus carrões ainda para colado ao meio fio, ou seja, ninguém consegue transitar. Detalhe: há uma escola na rua paralela e as crianças precisam passar pela rua onde os onibus descem descontrolados. O CET vem, conversa um pouquinho e vai embora. Quando ligo para saber o que foi relatado sou informada que não foi detectado nenhum problema. A própria dona do estabelecimento disse que se alguem tiver algum problema que toque a campainha e resolva diretamente com ela. Será preciso uma tragédia para que providências sejam tomadas? A lei vale apenas para alguns?

    Thumb up 0 Thumb down 0

    • Valéria, recomendo usar o site http://sac.prefeitura.sp.gov.br. Selecione Assunto “CET / Circulação de Pedestre” e Especificação “Conflito Pedestre X Veículo”. Como causa do problema escolha “Veículo estacionado sobre a calçada”. É possível marcar em quais dias e horários acontece o problema, para agendarem fiscalização. Pode demorar um pouco, mas darão algum posicionamento.

      Você também pode usar o Fale Conosco da CET, tanto para denunciar a situação quando para reclamar sobre a falta de solução apesar de todas as vezes em que acionou o 1188 (forneça os números de protocolo, se ainda os tiver).

      Thumb up 0 Thumb down 0

  • Marcelo

    Olha parabens entao, vc teve muita sorte! Pq eu ja liguei mais de 10 vezes reclamando sobre carros que estacionam encima de uma praça (av. Prof. Alfonso Bovero esquina Rua Apinages) e nunca vieram!

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • rosimeire barbosa

    por gostaria que voçes me ajudasse eu moro na boca do rio e os vizinhoa nao deixar eu entra em casa com tantos carros na calcada já falei mas nao adianta nada . me ajude por favor alguem da set. obrigado.

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Andrea

    Obrigada pelo post! Acabei de avisar a CET pelo 1188 que havia 3 carros parados sobre uma pracinha perto da minha casa. Pelo 156 já havia tentado, sem resultado. Agora, fui atendida super rápido e a atendente confirmou que uma viatura estava a caminho : )

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • olivia

    já liguei para carros de uma mecânica na aurélia, eles sempre paravam os carros sobre a faixa de pedestre. funcionou, devem ter tomados algumas multas q pararam com a prática. e sempre fui prontamente atendida no 1188. vamos continuar a reclamar!!

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • Vou tentar aqui em Salvador…

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • Luiz

    Adorei saber. Aqui na rua de casa tem um clube particular que faz festanças pra granfinos e ocupam toda a calçada com seus veículos toda semana. Há tempos quero denunciar!

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • Eu achei uma caçamba estacionada bem em cima da ciclofaixa de Moema e liguei lá, demorou quase 48 hs para removerem a caçamba e nem sei se foi a CET que fez alguma coisa ou se foi a empresa de caçamba que recolheu mesmo…

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • Welington

    [Comentário oculto devido a baixa votação. Clique para ler.]

    Esse comentário não tem feito muito sucesso. Thumb up 0 Thumb down 5

  • [...] em 22 de março de 2011 O leitor Carlos Shigueru Akamatsu deixou um comentário no artigo “Carro na calçada? Chame a CET” sugerindo que bicicletas na calçada também deveriam ser removidas pelo órgão, pois [...]

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Carlos Shigueru Akamatsu

    Olá, sempre tento usar o SAC da Prefeitura de São Paulo ( http://sac.prefeitura.sp.gov.br/ ) para casos de ocorrência frequente, como caminhão de carga e descarga atrapalhando a avenida e visão de pontos de ônibus. Muitas vezes dá certo.

    Tenho uma pergunta que é relacionado a estacionar carro na calçada.
    Parar a bike no meio da calçada também deveria ser solicitado para CET remover, pois atrapalha a circulação de pedestres (CET/Circulação de pedestres). No google street view você vê muita bicicleta estacionada em postes de semáforo, indicação de rua, e até mesmo em ponto de ônibus (!) … claramente os ciclistas também tem que ter noção.
    Calçada é para pedestres, embora muitos usem como ciclovia …

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Agente de trânsito

    Willian muito legal essa sua conversa com meu colega de trabalho, mais legal ainda sua atitude de colocar isso a público.
    Infelizmente Willian nós agentes de trânsito somos taxados de varias formas quase todas pejorativas, negativas e de forma distorcida. Não quero com isso dizer aqui que somos todos anjos salvadores, recheados de inteligência suprema, de bondade e donos da verdade, temos erros também, temos funcionários com visões e atitudes erradas, quem não tem? Mas em meus 9 anos nas raras vezes que os vi esses foram corrigidos por nós mesmos, é essa nossa intenção a nível geral.
    Somos um grupo pequeno, mas de guerreiros com a maior boa vontade em tentar fazer das tripas coração para fazer essa cidade se tornar menos desumana, ao contrário do que pensam, nosso carro chefe não é a autuação e sim a orientação e o zelo pela mobilidade, fluidez e segurança, é esse nosso slogan e nosso desafio.
    Para quem não vive a nossa realidade das ruas e nos vê como carrascos loucos por multar é muito fácil encontrar N motivos pra nos pré julgar, devido à proliferação de falsas interpretações por pessoas do mau, temos que estar dia a dia provando a sociedade nosso real valor, a radio peão de pessoas que vivem no mundo da selvageria e da impunidade nos faz ter batalhões de pessoas prontas a nos massacrar, é difícil meu amigo.
    É muito raro você ou qualquer pessoa ver nós em um noticiário salvando uma vida, mas salvamos muitas, efetuamos remoções de veículos quebrados em locais dos mais variados com alto risco a nossas vidas e a do cidadão que la se encontra, andamos kilometros com nossas pick ups pra cima e pra baixo arrumando semáforos, operacionalizando cruzamentos apagados, efetuamos operações em escolas de entrada e saída, serviços de apoio a travessia para garantir a segurança dos pedestres, tudo isto com intenção de preservar vidas, tanto dos motoristas como dos pedestres e assim salvamos, mas nada disso aparece e quase ninguém vê desta forma, isso doe, na mídia, o foco da câmera em casos de acidente fica no bombeiro e a alguns metros ao lado um ou mais agentes se esforçam para garantir a chegada e saída do socorro preparando o terreno e isto não aparece nunca, só o maldito talão de multa, este aparece, porque não me pergunte? Também não sei.
    É Willian somos a vidraça de uma cidade doente, o transito é nossa culpa, o atropelamento é nossa culpa, a multa é nossa culpa, a não multa é nossa culpa, a falta de ciclovias é nossa culpa, o excesso de velocidade é nossa culpa, a velocidade diminuída é nossa culpa, a falta de fiscalização e nossa culpa, ou seja, só apanhamos. Nós estamos no meio do pão, é isso que quero dizer, de um lado a sociedade sedenta de resultados, do outro a empresa CET, a prefeitura e a política com seus porquês, mas ninguém entende isto, nós somos os culpados os agentes de trânsito, somente nós, é complicado suportar isso.
    Pra você ter uma idéia somos somente 2000 agentes pra uma frota de 7 milhões de veículos, às vezes tenho a sensação de estar dentro de um liquidificador com água fervendo tamanha a quantidade de coisas que tenho que resolver e fazer, na Cidade do México a que mais se aproxima de nós em quantidade de agentes estes são 16.000 e eles tem 230 km de metros por la, aqui temos 62 km.
    Nosso treinamento é rígido e criterioso, e somos exigidos ao máximo, tanto em educação como em agilidade e mais ainda em procedimentos, mas a sociedade não entende desta forma, ela é doente, definitivamente esta cega e com o egoísmo a flor da pele e vivenciamos isto diariamente.
    Cada vez que alguém dirige a palavra de forma subjetiva a CET não fez isso, ou faz isso se potencializa mais um idiota a vir nos agredir e insultar nas ruas, penso que deveria se ter mais cuidado e se colocar de forma mais pontual quem errou ou esta errando, também somos cidadãos comuns quando tiramos nossos uniformes, me entende?
    Aproveitando a deixa do RC acima, não entendo porque ele diz que seria sobrenatural um agente da CET ir de bike ao trabalho. RC vamos de bike sim, vamos a pé, vamos de metro, de trem e às vezes de carro sabe por quê? Porque somos iguais a qualquer paulistano, pior sabemos que a situação do trânsito veicular ta feia, sabemos aonde tem lentidão, e torcemos pra muita gente fazer isso que fazemos senão estaremos lascados, todos, rsrs é engraçado isso, desculpe RC, mas lhe respondo assim para que você e muitos outros entendam que somos pobres mortais e quando tiramos nossas roupas comemos da mesma poeira beleza meu brother, nào se sinta ofendido por favor, eu ja pensei assim , e normal, unifoem, farda etc faz agente pensar os diabos de quem usa. Pior, tem gente que reclama e liga na nossa central pra dizer que estávamos comendo ou no banheiro, devem achar que somos ANDRÓIDS, não é possível, hehe, bom é isso, mais uma vez obrigado pela matéria Willian, uma matéria desta faz com que se salve 10 agentes de uma agressão na rua, formadores de opinião como você são a bala que nos matara ou o copo de água que receberemos numa tarde de 40 graus em um cruzamento,fique sabendo que nós que estamos na rua, somos a favor das bikes sim, só não queremos coloca-las nas ruas junto com os carros por enquanto poís temos um batalhão de idiotas assassinos com seus carros que não entendem desta forma ainda, e pior, o enquadramento para se autuar a distancia lateral de preservação do veiculo para com o ciclista ainda não esta autorizado para nós , somente para a policia como já deve ser de seu conhecimento,um abraço!

    Comentário bem votado! Thumb up 34 Thumb down 0

  • Tiago

    Acabei de fazer uma denúncia no mesmo canal.
    Vamos ver o que dá.
    Trata-se de um estabelecimento comercial chamado Real Ville, que estacionam os carros dos clientes todos os dias na calçada….se eu tenho dificuldade para passar por lá, imaginem um cadeirante!
    Já alertei os gerentes e de nada adiantou…quero ver agora com canetada!

    abraços….e aprovei mto o 1188!
    Deu orgulho de utilizar!

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • [...] função do fluxo motorizado, mesmo que em detrimento da segurança das pessoas. E quando a gente pensa que está melhorando, esfrega os olhos e vê vários sinais de que continua a mesma [...]

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • [...] chame a CET – seja um dedo-duro e ajude S. Paulo a ser uma cidade mais [...]

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • [...] com a promessa de aumento para 120. Não consegui descobrir se já rolou a mudança, mas já existem exemplos práticos de que funciona e é relevante. (A dica é do blog Dias de [...]

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Alexandre
    Para seu conhecimento, ouvi da CET há muito tempo (uma perua parada na porta da minha garagem e eu reclamei) que os fiscais podem fazer o que quiserem quando estão trabalhando, inclusive infringir as leis. Isso vale para CET, polícias e ambulâncias.
    Não acontece nada com eles.

    O post é sensacional e o serviço 1188 da CET é melhor ainda. Assim os motoristas desta metrópole subjugada pelo trânsito se dão conta que isso aqui não é terra sem lei (e nem exclusividade deles, né?)

    Thumb up 3 Thumb down 0

  • Excelente dica! Sempre tentei ligar pelo 156, o que era bastante frustrante.

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Alexandre

    Tive um problema com um marronzinho outro dia. O cara parou onde não poderia, atrapalhando o transito e passou a multar carros sem zona azul. Sei que ele está trabalhando , mas parar na frente do acesso de deficientes em uma esquina movimentada não se faz. Além de causar riscos aos demais estava atrapalhando o transito pois os demais deviam fazer a curva aberta.
    Parei e fui falar com ele. Ouvi que ele era autoridade e que se desejasse poderia ligar na CET que não aconteceria nada mesmo. Peguei o telefone e liguei na hora.
    E o cara continuou lá de propósito .
    è bom ouvir isso pois nem todos são iguais. Gostei da postura do rapaz que lhe atendeu e vou passar a usar mais o 1188

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • RC

    Confesso que é quase inacreditável mesmo. Só falta você descobrir que esse agente vai para o trabalho de bicicleta.

    Thumb up 1 Thumb down 3

  • Fabiano Faga Pacheco

    sugestão: http://estacionaramsobreaciclofaixa.wordpress.com
    ops, esqueci que São Paulo quase não tem ciclovia ou ciclofaixa…

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • [...] Carro na calçada? Chame a CET, artigo, Vá de bike! Revolução Urbana em 72 horas, artigo e vídeo, blog Transporte Ativo [...]

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • No último domingo tive uma experiência com eles. Liguei para o 156 e disse que queria fazer uma denúncia de estacionamento irregular e me passaram o 1188.

    Achei que por ser domingo ninguém ia atender ou ia demorar, mas atenderam rápido, pegaram o endereço e tal. Nesse meio tempo os carros estacionados no calçadão deram sairam – já estavam lá há um tempo -, disse à atendente que estavam saindo e ela encerrou o chamado.

    Abraço!

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Olha, no fórum da Bicicletada Curitiba está rolando um tópico sobre isso, carro na calçada e ligações para o 156. Entre derrotas, empates e vitórias, o resultado que o povo está relatando tem sido em geral bastante positivo.

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Willian, que legal isso..

    Eu também já havia feito com ovc recomendou, tempos atrás, de entrar no site da Prefeitura, e também desanimei, pois continuei a ver os mesmos carros parados nos mesmos lugares.

    Mas se o agente disse isso, não vou titubear. Além de fotografar o abuso, ciosa que geralmente faço, vou ligar pro 1188 na hora!

    Valeus!
    Bom pedal e até mais!
    Wadilson

    Thumb up 4 Thumb down 1

Enviar resposta

  

  

  

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>