Sugestões para a ciclovia da Marginal Pinheiros

Apoie nosso trabalho,
doe um libre!
Ciclovia da Marginal Pinheiros
Ciclovia da Marginal Pinheiros: a questão dos acessos é fundamental para que ela se torne útil.
Foto: Willian Cruz / +Vá de Bike!+

Acontece hoje, dia 05 de outubro, às 14h30, uma audiência pública sobre a Ciclovia da Marginal Pinheiros. O objetivo é ouvir sugestões dos ciclistas para a obra.

A reunião é aberta e será no Palácio dos Bandeirantes – Av. Morumbi, 4500, na Sala de Imprensa (2º andar). Os ciclistas que forem à reunião poderão entrar pelo Portão 2, na própria Avenida Morumbi, e estacionar ao lado da estufa.

O horário é complicado pra mim e infelizmente não poderei estar lá, mas sei que as idéias que defendo estarão muito bem representadas por vários outros cicloativistas que compartilham da mesma visão.

Se puder, apareça por lá e ajude a mostrar que a mobilidade por bicicleta interessa a muita gente em São Paulo. A presença de ciclistas nessa reunião é muito importante. Vai ter um pessoal saindo da Praça do Ciclista (Paulista com Consolação) às 13h. De bike, é claro.

Sugestões

Embora eu não possa comparecer, ficam aqui minhas sugestões:

  • Iluminação e funcionamento durante a noite
    Se é pra ir e voltar do trabalho, tem que poder usar à noite. Não dá pra pedir pra sair às 16h do serviço com o argumento que senão a ciclovia fecha às 18h, certo?
  • Acessos
    Se só tiver um em cada ponta, ou se mesmo tendo vários eles não forem fáceis de usar, a ciclovia não terá muita utilização, os ciclistas vão preferir ir por fora, mesmo correndo risco. E, como muita gente comentou por aí (e por aqui também), um acesso à USP será extremamente útil. Muita gente vai de bicicleta à Cidade Universitária e a ciclovia vai passar do lado, embaixo da ponte que leva esse nome.
  • Sinalização na ciclovia
    Quando tivermos os acessos, seria interessante ter sinalização na ciclovia indicando as saídas e quais os bairros e estações de trem próximas. Como aquelas placas verdes que existem nas ruas para ajudar os motoristas de carro, mas obviamente não precisam ser enormes daquele jeito, só precisam ser visíveis. No caso de estação de trem, indicar se ela tem bicicletário.
  • Sinalização FORA da ciclovia
    Para indicar ao ciclista que há uma ciclovia ali no meio e que ela pode ser usada, indicando o acesso mais próximo (próx. acesso a 200m, sobre a ponte tal). Senão vai ter muito ciclista que não acompanha as notícias, não vai ficar sabendo que tem uma ciclovia ali e vai continuar trafegando pela Marginal Pinheiros. Ótima oportunidade para o governo fazer um marketing da obra e ser útil ao mesmo tempo. E também serve para mostrar ao motorista que aquele ciclista está ali porque está indo até um acesso, não adianta buzinar nem jogar o carro em cima que ele não tem como  sair voando até a ciclovia.
  • Sinalização de limite de velocidade na ciclovia
    Que? Como assim? Limite de velocidade para a bicicleta? Não… é para os motoristas da EMAE, já que a ciclovia será compartilhada com os carros e caminhões de serviço da empresa. Creio que 30km/h seria um limite seguro. Trafegar com faróis acesos também pode contribuir na segurança.
  • Banheiros e bebedouros
    Acho legal ter banheiros a cada 3km, nem que seja aquele banheiro químico nojentão (melhor que começarem a fazer xixi pra tudo que é canto). E colocar uma placa: BANHEIRO. E junto aos banheiros deve ter bebedouros também, que podem ser no estilo daqueles do Parque do Ibirapuera.
  • Posto de Serviços
    A idéia de um posto de serviços lá no final da ciclovia, que foi comentada pelo pessoal da CPTM no dia da inspeção, é ótima. Para pequenos consertos do tipo pneu furado, regulagem de marchas e freios, corrente quebrada, etc. Aliás, eu acho que podia ter isso em todos os bicicletários públicos da cidade, mas enfim.

Veja também os comentários do André Pasqualini, no CicloBr.

E o mais importante

Mais do que uma ciclovia que atende a um trajeto específico, o que a gente precisa é começar a se movimentar para acabar com essa idéia generalizada de que a solução pra bicicleta é só ciclovia e ciclofaixa. Senão acontece o que já está acontecendo: tem ciclista comentando sobre motorista que manda sair da rua e grita que é só de domingo, mesmo onde não é trajeto da ciclofaixa de lazer. Eu mesmo já escutei “vai pra ciclovia” em lugar que nem ciclovia tem.

Ciclovia é bom para proteger o ciclista do tráfego rápido, mas tem um efeito colateral bem perigoso que é a disseminação do conceito errôneo de que que lugar de bicicleta é só em ciclovia, resultando em motoristas que ameaçam a vida de ciclistas achando ainda que têm razão. Esse sim é o maior perigo para o ciclista nas ruas, maior até que os motoristas que cometem excesso de velocidade, porque um motorista mal informado e ignorante desses coloca em risco a vida de um ciclista só para provar que está com a razão (e nem mesmo está). Isso só se combate com campanhas de esclarecimento e sinalização em vias principais (como a Paulista por exemplo), indicando a presença de bicicletas em meio ao tráfego. Mas disso, ninguém fala.

Veja algumas pequenas ações que fariam muita diferença para a segurança do ciclista nas ruas.

Gostou da matéria? Doe um libre
e ajude nosso projeto a continuar!

6 comentários para Sugestões para a ciclovia da Marginal Pinheiros

  • carlos

    dois anos depois e continua a mesma falácia da ciclovia. não evoluimos quase nada.

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • paulo

    tornar realidade uma ciclovia na marginal significa oxigenar os pulmões do trânsito da marginal com reflexos secundários. Primordialmente devemos considerar mais acessos, não dois apenas; segurança portadora de motos e banheiros quimicos. Toda implantação deverá cumprir um projeto detalhado que irá circunscrever todos os aspectos fisicos de boa condução. Normatização de uso é vital, haja vista a presença de crianças e ou transeuntes e mesmo atletas de corrida. Os ciclistas poderão contribuir com a limpeza e boa ordem. No mais, é torcer muito para que tal operação seja concretizada. Capacitar o empenho humano adequado para tal empreendimento merece muita atenção. Enalteço quem se dispõe a bandeirar e lutar por uma real ciclovia.
    paulo

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Welington

    Concordo com tudo e digo mais, vamos lutar também para que a PM faça a segurança ciclística de bike ou de moto, bem como criar emprego para a PM, com escalonamento de 4 em 4 horas.. Os ciclistas já estão acordados e nas ruas desde as 6 da manhã até as 20 horas, olha quanto emprego poderá ser gerado com isso. Segurança pra nós é importante pois tem muito vagabundo que aproveita estas ocasiões.

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • + Vá de bike! + - Futura ciclovia da Marginal Pinheiros em vídeo

    […] Sugestões para a ciclovia da Marginal Pinheiros +Vá de Bike!+ […]

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Juliano Pappalardo

    Willian, eu fui, como não gosto muito de escrever vou fazer um breve relato pra vc:
    Na mesa: sec Feldman, sec Eduardo Jorge, arq. Rui Othake, Stella Goldstein, e um senhor simpático do governo.
    Sentados: 120 pessoas(+/-), dentre os quais: Tiago Benicchio, André P., bikes repórteres que inf. esqueci os nomes, grupo Pró-ciclista, Dna Laura e mais alguns rapazes do grupo etc….

    foi mostrado o conceito, os banheiros como você falou ficarão sim a +/- 3km, junto com uma pequena área de reparos para a bike(posto de serviços) e para o corpo (ambulatório), numa área chamada ponto de encontro,
    perguntaram sobre funcionar a noite, mas, a dúvida continuou. resumindo, não foram aceitas muitas sugestões, nem acho que deveriam no momento, já que a idéia era mostrar o conceito, exemplo :como imaginavam fazer as passarelas, porque não usariam a antiga ponte do morumbi(desnível grande).por enquanto eles pretendem fazer a ciclovia do lado do centro(lado do trem) mas disseram em resposta que no futuro a pista estará liberada para mais ciclovias.

    a mesa pediu que se dispusessem 7 pessoas para quarta-feira(7) se reunir novamente para dar as sugestões, eu me inclui, achei as tuas sugestões muito boas mesmo, posso levá-las quarta feira e dizer que você e mais alguns ciclistas incluindo eu pensam assim, a minha única sugestão é que seja feito uma rampa bem suave para não inibir o ciclista no acesso às passarelas, mas acho que isso eles já pensaram.

    Um abraço, Juliano

    outras sugestões boas que nem as tuas: https://lists.riseup.net/www/arc/bicicletada-sp/2009-10/msg00385.html

    Thumb up 0 Thumb down 0

    • Willian Cruz

      Valeu, Juliano! 😀

      Você tem razão quanto às rampas suaves. E a questão dos acessos é FUNDAMENTAL para que essa ciclovia dê certo! Deve-se construir acessos em cada uma das pontes. E não precisa ser algo faraônico, lindo, obra de arte arquitetônica… Não! Simples rampas de acesso em cada ponte resolvem o problema. Pode ser usado o mesmo formato adotado nas passarelas de pedestres construídas a custo relativamente baixo sobre rodovias, que ainda por cima são rápidas para montar. Pra que complicar?

      Thumb up 0 Thumb down 0

Enviar resposta

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>