Qual o preço de um sonho?

Apoie nosso trabalho,
doe um libre!

Foto: Arquivo pessoal

O cicloturista Fábio é da cidade de Bauru, no interior de São Paulo. Mas, como muitas pessoas, resolveu conhecer o mundo em uma bicicleta. Seu site, o Ciclovivendo, está recheado de relatos e fotos impressionantes, com o olhar diferente de quem viaja em duas rodas sem motor.

Entre os inúmeros relatos, está o de uma conversa com um dono de garimpo, que lhe fez uma oferta que, para muitas pessoas, seria irrecusável. Mas Fábio estava perseguindo seu sonho. Veja aqui o que aconteceu, vale a leitura.

A cicloviagem segue no ritmo da bicicleta. Os pequenos detalhes são percebidos, há o olhar crítico sobre a sociedade e o contato próximo com a natureza e com as pessoas ao longo do caminho.

A viagem é um aprendizado constante, um engrandecimento pessoal. No cicloturismo, a viagem em si é muito mais importante que chegar.

Leia também
Brasileiro participa da maior
expedição ciclística da África

Cicloviajantes buscam histórias e
iniciativas “fora do sistema”

O cicloturismo mudando sua
percepção do mundo

Hospitalidade para cicloturistas

Conhecendo de bike a região de Maceió

Videoclipe com bicicleta e cicloturismo

Amazônia em perigo

Os relatos de Fábio mostram também o estrago feito por garimpos e pela extração de madeira. Veja um deles aqui.

Fotos incríveis

Não é preciso ser fotógrafo profissional para capturar momentos e cenas que dizem muito e nos levam a refletir sobre a vida, as pessoas e o planeta, ainda que não tenham legendas. Cicloturistas costumam ter esse olhar, pois a aventura os leva a uma contínua reflexão, uma viagem interior.

Ao longo do site de Fábio é possível ver imagens que falam por si, como as que reproduzo abaixo. Veja mais em seu site.

Dica do Marco Labão, por e-mail.

Gostou da matéria? Doe um libre
e ajude nosso projeto a continuar!

7 comentários para Qual o preço de um sonho?

  • Luciana

    Meu irmão também fez uma viagem de volta ao mundo numa bicicleta. Partiu em 1997 e encerrou a aventura na Tailândia. Mas na época não havia blogs, então registrou tudo em fotos.

    Thumb up 2 Thumb down 0

  • Bianca

    Bauruenses desbravando o mundo! Quero ter a chance de encontrá-lo na cidade-lanche quando ele retornar…
    Que faça uma boa viagem!

    Thumb up 2 Thumb down 0

  • Marco

    E por falar em realização de sonho.. preciso de uma luz: não é pra mim, mas conheci uma professora (esqueci de perguntar seu nome ><), de uns 45 anos, que quer aprender a andar de bicicleta, ela mora em outro bairro (Guaianases.. longe, mas tem uma estação de trem lá perto) e infelizmente não terei tempo nos dias em que ela precisa.

    Obs: sei que no bikeanjo.com.br tem um formulário, apenas para propor o melhor trajeto e auxiliar nas primeiras viagens pro trabalho, mas como ela não sabe pedalar precisa aprender do zero mesmo :/

    Alguém conhece outro site específico onde devo procurar, ou conhece alguém que possa dispor de alguns Sábados ou Domingos pra ajudá-la a começar?

    Ela ainda não deu retorno, mas se animou de ver na TV que há pessoas aprendendo com mais idade que ela, deu certeza e pediu que eu ficasse no aguardo, que assim que adquirir ela me procura pra saber 🙂

    Desde já o meu obrigado.. até breve!

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • Laudari

    Caraca, que sensacional!!! Dá até vontade de soltar um palavrão! Fantástico mesmo! Que viagem é essa?!?!?

    Thumb up 2 Thumb down 0

  • Juliana

    Amei a dica! O blog, a viagem, as histórias… ai que vontade!!! Quem sabe??

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • davi marski

    SHOW !!!! Que viagem fantástica essa que o Fábio está fazendo pelos rincões desse vasto mundo…

    Thumb up 1 Thumb down 0

Enviar resposta

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>