Filho de Eike Batista atropela e mata ciclista em acostamento de rodovia

Apoie nosso trabalho,
doe um libre!

Perfil de Thor Batista na revista Isto É: em seu aniversário de 19 anos, ganhou do pai "um automóvel de tirar o fôlego". Imagem: Reprodução.

Thor Batista, filho do bilionário Eike Batista e de Luma de Oliveira, com quem vive, se envolveu na noite desse sábado, 17 de março de 2012, na morte do ajudante de caminhoneiro Wanderson Pereira dos Santos, ciclista que trafegava no acostamento de uma rodovia. Segundo o jornal Extra, quem matou Wanderson foi “o carro do empresário”.

A polícia se apressou em dizer que “o local é cenário recorrente de acidentes de trânsito” – em outras palavras, o moço bem nascido não teve culpa. A culpa é do asfalto, da estrada, quem sabe do ciclista. Thor Batista não compareceu à delegacia.

Agora, segurem-se nas cadeiras para o mais absurdo: o carro chegou a ser recolhido para um pátio da Polícia Rodoviária Federal, mas foi levado pelo advogado de Thor, que prometeu deixar o veículo “sem modificações” e à disposição da polícia. Como assim, o advogado leva o carro embora e promete não modificar nada? Por que diabos esse veículo não ficou no pátio?

Outra curiosidade: “Thor havia abandonado o carro. Mas o jovem de 20 anos teria retornado em seguida para fazer o teste do bafômetro”. Quanto tempo depois é esse “em seguida”? O suficiente para diminuir o álcool no sangue?

E como ele abandonou o carro? Saiu correndo pela estrada ou alguém veio buscá-lo, para depois trazê-lo de volta? E se havia mais alguém no veículo, que também o “abandonou”, mas não voltou depois?

Mais uma informação curiosa: segundo o jornal O Globo, “Wanderson teve o braço e a perna arrancados e o peito aberto”. Se o carro não estava em alta velocidade, Thor certamente dirigia uma colheitadeira.

Se a justiça não pune nem um Ricardo Neis, quem dirá o filho do homem mais rico da América do Sul e dono da sétima maior fortuna do planeta. Em outras culturas, seu pai no mínimo daria uma declaração pública dizendo estar envergonhado do comportamento do filho.

A empresa EBX emitiu nota afirmando que a culpa foi do ciclista. Já a família da vítima diz que ele pedalava pelo acostamento, como fazia todos os dias para ir ao trabalho. Em quem será que eu acredito?

Calibre V8
Segundo o fabricante, a Mercedes-Benz SLR McLaren “traz a mais avançada tecnologia da competição automobilística para as ruas” e é inspirado “nos atuais Fórmula 1”. 

O modo manual de seu câmbio oferece três regulagens: Sport, Supersport e Competição – todas, supomos, adequadas para uma rodovia, com presença de outros veículos nas pistas e de pessoas nas margens.

Seu motor V8 permite atingir a velocidade de 332 km/h e acelerar de 0 a 100 km/h em 3,2 segundos. A máquina perfeita… para um autódromo.

Enquanto houver impunidade, crimes como esse continuarão acontecendo – esteja o motorista embriagado ou não.

Gostou da matéria? Doe um libre
e ajude nosso projeto a continuar!

112 comentários para Filho de Eike Batista atropela e mata ciclista em acostamento de rodovia

  • manuel silva

    Há muita gente defendendo o atropelante. Então digam por que veio logo o advogado buscar o carro? Aliás só num país do terceiro mundo as autoridades autorizariam tal, né?.

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • edson

    DIA NACIONAL DE PROTEÇÃO AS TESTEMUNHAS AMEAÇADAS

    PARTICIPE DO ABAIXO-ASSINADO QUE SERÁ ENCAMINHADO A PRESIDENTA DILMA, AOS SENADORES E DEPUTADOS FEDERAIS PARA QUE SEJA INSTITUÍDO O DIA NACIONAL DE PROTEÇÃO AS TESTEMUNHAS AMEAÇADAS.
    CONVIDAMOS TODOS A PARTICIPAREM DESSE MOMENTO HISTÓRICO. ESSE SERÁ O GRITO DE NÃO A IMPUNIDADE EM NOSSO PAÍS.
    IREMOS FAZER MANIFESTAÇÃO NA RIO + 20 PARA CHAMAR ATENÇÃO DA IMPRENSA INTERNACIONAL.
    PEDIMOS O APOIO DA IMPRENSA E DE TODOS NESSA LUTA, POIS O DESAMPARO AS TESTEMUNHAS ACONTECE EM TODO O BRASIL E POR ISSO PREVALECE A IMPUNIDADE ÀQUELES QUE COMETEM CRIMES.
    MAIS INFORMAÇÕES NO TRANSITOMAISHUMANO.BLOGSPOT.COM

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Pantera

    Eu sei que existe ciclistas que não respeitam as leis do mesmo jeito que existe motoristas e pedestres que não respeitam mas, o que fazer quando nós ciclistas estamos no nosso 1 metro e meio por direito e vem um onibus ou um caminhão? A gente sobre pra calçada pra não perder o embalo e eu duvido que tenha algum ciclista aqui que desce da bike quando sobe na calçada? Dependendo da rua, não sobra nem meio metro para o ciclista.
    Eu ando a muito tempo de bike e sei que igualmente a um motorista o ciclista deve ter noção do que está fazendo não da apenas pra sair por aí andado sem sinalização e cruzando tudo, tem que ter noção em cada esquina e sempre seguir na mesma mão que os carros isso é óbvio! Mas nem sempre dá para fazer isso afinal a bicicleta é movida a esforço físico não motor!
    Eu não vou dar uma volta na quadra na mão dos carros só pra ir na farmácia sabendo que se eu cortar pela contra mão vou chegar mais rápido e menos cançado!
    E não dá pra esperar sempre o sinal abrir para sair junto com carros, sabendo que logo será alcançado e correndo o risco de ser atropelado por um distraído, se não tiver fluxo de veículos o melhor é sair em vantagem dos outros carros!
    No Brasil vai demorar pras pessoas tomarem consciência de que é melhor para o mundo andar de bike do que de carro, pelo menos em curtas distancias!
    Até lá é melhor andar em parques e evitar as BRs por que a vida é uma só, não tem um segunda chance!

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • sim

    Temos duas paralelas, uma é a mal sorte, por ter acontecido o acidante e ter atingido um senhor na bicicleta,
    outro é acidentes acontecem independente de ser ou não ser filho do homem mais rico do brasil.
    O que estar em jogo agora é so a questão de se ver as responsabilidade assumidas e se ter em mente que quem morreu não volta, mais a familia deve aceitar o que lhe é de direito, avaliação da justiça tem que ser feita focando em saber se foi um acidente, que é ó obvio, . . .Espero que deus em sua infinia bondade tenha misericordia de todos enclusive de mim tambem que sou um ser humano passiva de erros e acertos, como também pelas mal fatalidades da vida. que jesus nos livre de todo o mal, amem.

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • marcos

    Cara voces tem que parar de pensar que: ah ele eh rico ele ta errado sempre. Pensem bem era noite a bicicleta do cara n tinha ne huma luz ele tava embriagado tambem n eh só dizer ah ele eh rico acha q pode fazer tudo e atropelou o cara

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Patricia

    Sério mesmo que isso vai acabar assim?

    “O laudo ainda não tem informações sobre a velocidade do carro. Os peritos encontraram dificuldades de chegar ao dado porque não têm parâmetros para analisar o desempenho do Mercedes McLaren e pediram informações à Mercedes, fabricante do veículo. O modelo tem capacidade de frenagem superior e é mais baixo do que os carros convencionais, o que dificulta a realização dos cálculos que indicariam a velocidade”
    Exaltando o atravessar da pista, as cervejas…

    QUE PERICIA FILHA DA PUTA É ESSA QUE NEM RECOLHEU NEM O SELIM?!!?

    http://br.noticias.yahoo.com/thor-trafegava-acostamento-aponta-laudo-222800783.html
    http://3.bp.blogspot.com/-E51YDP1yT7M/T2ZP8GkaA9I/AAAAAAAAQ5E/cwtFbfXC5GE/s1600/acidente_thor.jpg

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Vander de Castro

    Boa tarde.
    William, não poderia deixar de comentar o seu artigo; é simples, enxuto, irretocável.
    Muitos criticam a especulação (ante resultados oficiais), mas os vários procedimentos oficiais incorretos relatados pela imprensa, além da voracidade do papaizinho em defender o filhinho, nos levam a duvidar que haverá justiça.
    Conclui-se: educação é algo escasso, seja entre pobres, meio pobres, meio ricos, ricos e muito ricos.

    Thumb up 2 Thumb down 1

  • Bicicletada Thor – 30 de Março

    […] pelo país. O tema da vez é o acidente que vitimou um ciclista no Rio de Janeiro, envolvendo Thor Batista e sua Mclaren Mercedes. Em mais de 20 cidades os ciclistas estão convidados a se fantasia de Thor.  Em Belo Horizonte, a […]

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • SAlly Ricci

    Pessoal,ACALME SEUS coraçoes.VCS estao querendo punir quem? Isso poderia ter acontecido com VC,com seus irmaos,com seu pai,se for casado com seu filho.Esse jovem e de carne e osso como todos nos.O que temos que fazer e ficarmos de joelhos e agradecer a DEUS,agradecer de VERDADE,pois nao foi nenhum de nos que passou por essa PROVAÇAO.Nao conheço esse jovem,mas parem de tanta critica,isso poderia ter acontecido comigo,com vcs ou com qualquer outro…..pensem um pouco,esse jovem esta sofrendo,mais do que aquele que se foi,o desespero que a gente passa e grande,NAO CONDENE,NAO JULGUE,nao fale o que realmente nao sabe.Se coloque no lugar desse jovem,de carne e osso,sinta que tristeza.Agora que a PAZ de DEUS,entre em seu coraçao e nunca mais julgue,,,pois o UNIVERSO RESPONDE e vc lembrara dessas palavras:NAO JULGUE PARA NAO SER JULGADO.TODOS de maos dadas vamos pedir a DEUS,que de muita coragem para esse jovem e que ele esqueça essa tristeza e volte a VIVER.

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Homero

    Aproveitar a circunstância (triste) pra pleitear melhorias de segurança, acho positivo.
    Julgar por impulso, baseado em preconceitos, acho errado.

    Descobri o site agora, pedalo o RJ diariamente para ir ao trabalho e faço coro pelas melhorias.

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • Humberto

    Completando o comentário…

    Acho que o Eike, já poderia ir pensando em fazer algo parecido aquilo que foi feito pelo Bill Gates…

    Força…

    Thumb up 0 Thumb down 1

  • Humberto

    Espero que não transfiram culpa para o Eike, afinal o Thor nem vive com ele.

    Tenho um filho que vive com a ex mulher também, sei o quanto é difícil atuar na educação…

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • pineda

    Infelmente as coisas acontecem com pessoas que nâo estâo fazendo nada de errado, ai aperece um filhinho de papai e causa uma trágédia para a familia da fitima , será que pagar as despesas com o funeral
    do ser humano fale a pena a compemsâo da dor da familia.

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • mariana

    isso é uma barbaridadesss asses cupados sempre vão ficar impones.

    Thumb up 0 Thumb down 1

  • Meire

    Estou estarrecida como estão malhando o rapaz por ele ter um carro potente!!! por ser filhinho de papai … meu sobrinho foi morto por um fiat uno dirigido por uma pessoa pobre… e o o motorista também mesmo ficou impune… nem processo ele respondeu… quem ficou com a dor da perda??? a família… nunca superamos..

    Comentário bem votado! Thumb up 6 Thumb down 1

  • pfbru

    [Comentário oculto devido a baixa votação. Clique para ler.]

    Esse comentário não tem feito muito sucesso. Thumb up 1 Thumb down 7

    • murilo

      É que o conteúdo do site tende a ser pró-bike, pró-vida, pró-ser-humano, pró-compartilhamento, pró-saúde, pró-crianças, pró-idosos, pró-deficientes, e muitos outros prós. Assim fica difícil dar a credibilidade que ele merece, é muita coisa!

      Thumb up 2 Thumb down 5

    • Nuno Morelli

      pfbru e murilo

      Desculpem, mas tendencioso onde e como? Este site aqui fala sobre o que mesmo???

      Acredito que vocês leram o título, certo? Pra que fique claro, é natural que pessoas como nós (os pedalantes) frequentemos este espaço, pois é destinado a isto, levantar questionamentos sobre os acontecimentos frequentes, não somente de notícias trágicas, mas de boas matérias e diversos assuntos que envolvem o universo sobre duas rodas. E a gente não fica só na defensiva, a gente aqui costuma cortar na própria carne, se tem gente abusada de pedal, a gente desce a lenha sem dó, e esse tipo de usuário nem visita a página porque sabe que a causa aqui é séria, estamos abertos ao debate, mas é preciso estar com mente aberta e dar o braço a torcer, seja motorista ou ciclista, e dar crédito à razão, ao que é de fato justo.

      Já basta o fato de a cabeça de cada pessoa ser tendenciosa e com diversas sentenças, e é assim que todos somos, eu sou, vocês são, todo mundo aqui é e ninguém pode negar que tem gostos pessoais, alegrias, tristezas, problemas a serem resolvidos, qualidades, defeitos, em realidades distintas ou equivalente, só que o que está em xeque por aqui não é a particularidade individual de cada pessoa, mas o problema maior a ser debatido surge quando algumas usam isso para coisas muito ruins, como tentar arranjar desculpa pra irresponsabilidades, há também pessoas mais ousadas em afirmar suas determinações e convicções particulares, arranjam desculpas para omissão, para gente rica e excêntrica que comete delitos constantes, infrações graves ou assassinato, e alguns erros burlescos cometidos por alguns poucos pobres de espírito, mas tudo isso devido à conveniência de cada um deles, lógico!

      Outra coisa.. a gente não tá fazendo nada de errado, estamos fazendo o que nos cabe, que é divulgar e mostrar a falta de respeito que motoristas mal educados tem conosco, buscando também por justiça aos que foram mortos, denunciando situações que se fossem com algum de vocês ou algum ente seus, fariam o mesmo. Quando fazemos por quem conhecemos já é coisa comum, mas quando o fazemos por pessoas que não conhecemos, independente de quem seja, a isso se dá os nomes de solidariedade e civismo. Buscamos também mostrar que é possível a sadia convivência na via, basta que as leis já existentes sejam respeitadas por todos, e nós, quando na condição de pedestres ou ciclistas, podermos desfrutar dessa revolução silenciosa e benéfica.

      Ah, não se esqueçam.. cada motorista que troca o carro pela bicicleta quando perto e possível, um carro a menos preso no engarrafamento. A troca traz benefícios em médio e longo prazos. Pesquise, tente, sem estresse todo mundo vive melhor.

      Thumb up 4 Thumb down 1

  • Luisão Rodrigues

    Particularmente eu creio que, além de uma vida ter sido ceifada de modo trágico e sem nenhuma chance de se defender, o maior problema e angústia em toda essa história a respeito do acidente fatal em que se envolveu o “filho mais velho do Eike Batista”, é o uso da influência que a “Familia” tem na mídia. Nosso país é um país politicamente pobre. Pobre em todos os sentidos. Nossa Constituição é falha ao extremo. Nossas leis de trânsito são favoráveis totalmente ao MOTORISTA que se acha o “piloto” nas ruas de nossa cidade e mais ainda quando está em uma estrada. Nosso código penal tem mais buracos que um queijo emental. A princípio, qualquer acidente de transito onde houver vítima faltal, até que se prove, depois de inúmeras tentaivas que o Sr Motorista de fato tenha sido o responsável pela morte do pedestre, será considerado como “Culposo”, isto é, “Sem a intenção de MATAR”. O que levará responsável, no máximo a cumprir uma “Social”. E agora a pior parte é que além da nossa justiça ser CEGA, ela é extremamente FALHA. Falha porquê quando são redgidas os Termos, Parágrafos, Notas e demais linhas do código Cível ou Penal, sempre existirá as “lacunas”. Voltando ao caso da “Influência”, tanto o pai quanto o filho, sem sombra de dúvida usarão deste artificio para, juntamente com a equipe de Super Advogados, reverter as responsabilidades do acidente em questão. Algo de muito sério e muito urgente precisa ser feito. Leis e Direitos são para todos, Motoristas, Ciclistas, Pedestres. Porém se ao menos o direito do Menor sob o Maior (Caminhão que repeita Automóvel que respeita Motocicleta que respeita Bicicleta que respeita Pedestre) fosse devidamente respeitado, muitas mortes seriam evitadas e histórias como essa nem viriam “a tona. Enfim, toda investigação a respeito desse caso foi e, a cada dia está sendo mais prejudicada, justamente pela falha nas Leis. Se todos nós nos preocuparmos uns com os outros nossa sociedade será melhor.

    Thumb up 3 Thumb down 0

  • Netscape

    A lei de trânsito se refere ao uso das vias pelas pessoas. Assim, estabelece regras para a circulação, parada e estacionamento de pessoas, em si mesmas ou com seus veículos particulares, coletivos, públicos, cargueiros e seus animais (os não domésticos também transitam, mas não tem como seguir a lei, a responsabilidade continua com os condutores). Repetindo, circulação, parada e estacionamento (artigo 1º). Acostamento só se refere a parada e estacionamento. Veículos motorizados circularem nele não constitui exceção, é vedação mesmo.
    Já pedestres e bicicletas tem circulação livre no acostamento quando não existir via específica, como é o caso no local e em todo o Brasil, praticamente.

    Thumb up 3 Thumb down 0

  • Ricardo Dirani

    “ACOSTAMENTO – parte da via diferenciada da pista de rolamento destinada à parada ou estacionamento de veículos, em caso de emergência, e à circulação de pedestres e bicicletas, quando não houver local apropriado para esse fim.”

    Parada de veículos *em caso de emergência*, circulação de pedestres e bicicletas *quando não houver local apropriado*… Isso é, o acostamento não “é” para um ou para o outro, mas para ambos, em situações de exceção.

    Aliás, o nome já indica que a função primária era para os carros encostarem… se fosse para bicicletas e pedestres, não seria “acostamento”, seria “circulamento”.

    E pelo depoimento do Thor, foi precisamente para isso que ele usou: ele parou no estacionamento, após a colisão. O que aliás é compatível com as palavras da testemunha: “Quando corri para ver, já tinha acontecido”. Tudo indica que a testemunha assumiu que a colisão aconteceu no acostamento porque foi lá que ela viu o carro *quando já tinha acontecido*.

    Thumb up 0 Thumb down 3

    • Thiago Pereira

      Ricardo,

      Como diversas leis no Brasil, infelizmente, isso que você citou é passível de interpretação textual.

      “ACOSTAMENTO – parte da via diferenciada da pista de rolamento destinada à parada ou estacionamento de veículos, em caso de emergência, e à circulação de pedestres e bicicletas, quando não houver local apropriado para esse fim.”

      Os veículos podem parar ou estacionar EM CASO DE EMERGÊNCIA.
      Bicicletas e Pedestres, quando não houver local apropriado. Ou seja, o ciclista no acostamento (sabemos que não há ciclovia neste trecho) está circulando em seu local de direito(lei). A menos que o carro do Thor estava estacionando(a 110km/h?) no acostamento, ele estava errado.

      Comentário bem votado! Thumb up 4 Thumb down 0

      • Ricardo Dirani

        Thiago, onde eu escrevi:
        “ele parou no estacionamento, após a colisão”
        eu quis dizer
        “ele parou no acostamento, após a colisão”.

        Pelo depoimento do Thor, a colisão foi na pista. A testemunha afirma que foi no acostamento, *mas* ela mesma revela que “Quando corri para ver, já tinha acontecido”, ou seja, ela não viu o momento do impacto.

        Thumb up 0 Thumb down 1

Enviar resposta

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>