Ciclistas de Curitiba lançam campanha pelo respeito ao 1,5m

“Bicicleta não dá lucro
pro sistema explorador,
eles querem é fazer carro
pra sugar o comprador 

Bicicleta não dá lucro
pro sistema enganador,
nela eu posso lucrar,
me transporto sem pagar”

Trecho da canção do músico Plá,
presente no vídeo 1,5m.

Um vídeo muito bacana foi lançado recentemente nas redes sociais. Trata-se do “Projeto 1,5m“, uma iniciativa dos curitibanos que fala sobre a necessidade de respeitar o direito do ciclista de compartilhar as ruas com segurança.

“O Projeto surgiu para fazer o motorista respeitar o ciclista”, diz o criador da marca, Robson Reis. Com um material emocionante, a campanha traz depoimentos de usuários da bicicleta na capital paranaense e trechos de músicas do conhecido Plá – cantor que já gravou dois CD’s inspirados na magrela.

Mesmo com a dificuldade instrumental de fiscalizar o artigo 201 do Código de Trânsito Brasileiro e punir os infratores, é muito importante que ele seja divulgado e se torne cada dia mais público, para que os motoristas tomem conhecimento da existência dessa lei e entendam a real necessidade de cuidar do ciclista, mesmo sabendo que não há multa.

Parabéns à galera de Curitiba pela ação e pelo excelente vídeo! Aqui em São Paulo também houve uma mobilização bastante forte dos ciclistas no mesmo sentido de espalhar a lei do 1,5m, com vídeos e textos contundentes. Ações da sociedade civil que pressionaram a CET para começar a fiscalizar e multar motoristas que ameaçam ciclistas.

Mais do que leis e sinalização, é preciso respeitar a VIDA!

Falta de respeito à bicicleta multa 3 por dia em São Paulo (Jornal da Tarde)

Saiba por que 1,5m (Vá de Bike)

Ciclistas podem circular em avenidas? (Vá de Bike)

Aos trancos e barrancos, vamos engatinhando rumo a cidades amigáveis, humanas e democráticas! Assistam ao vídeo:


2 comentários para Ciclistas de Curitiba lançam campanha pelo respeito ao 1,5m

Enviar resposta

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>