Um bom motivo para não pedalar na contramão

Pedestres atravessando a rua olharão apenas para o lado de onde vem os carros. Pelo mesmo motivo, motoristas saindo com o carro de garagens ou de vagas de estacionamento também não o verão. Você coloca em risco os pedestres e a si próprio.

Já pensou se no caso aí do vídeo quem estivesse atravessando a rua fosse alguém com um bebê no colo?

Leia também

Mais motivos para não pedalar na contramão

O que o Código de Trânsito diz sobre bicicletas e ciclistas

Como se manter seguro ao pedalar nas ruas

Já correu algum risco ao pedalar na contramão? Conte aqui nos comentários.


34 comentários para Um bom motivo para não pedalar na contramão

  • Tarantino

    Concordo que não se deve andar na contramão, mas fica meio conflitante com as ciclofaixas de SP que possuem duas mãos e são colocadas em ruas de mão única.

    Thumb up 0 Thumb down 1

  • Agnaldo Macedo

    Muitas das vezes eu sou obrigado a andar pelas vias no meio dos carros, depois da implantação das ciclovias aqui em Belo Horizonte os ciclistas são proibidos de transitar por causa das pessoas que deixam de usar a calçada para utilizar as ciclovias.

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Rodrigo Rodrigues

    Eu já fui atropelado por um ciclista de carga na contramão, caí, fiquei meio tonto, levantei falando que eu era ciclista e dei mt esporro nele. Namoral, me sujei todo, fiquei tonto, foi uma porcaria. O outro ali no vídeo ainda se acha na razão, como se a faixa de pedestre estivesse pertinho e se ele próprio atravessasse sempre na faixa. Ó, não respeita sequer quando tem uma arminha na mão, imagina quando é o mais fraco? Que coisa!

    Thumb up 2 Thumb down 0

  • Marcos

    [Comentário oculto devido a baixa votação. Clique para ler.]

    Esse comentário não tem feito muito sucesso. Thumb up 2 Thumb down 7

  • jose wallace bezerra nascimento

    Sugiro uma campanha de adesivos para carros dizendo :eu sou ciclista

    Thumb up 1 Thumb down 1

  • genilda bispo dos santos

    não cometo esse erro, é muito perigoso fico virada de raiva quando passo por ciclistas que fazem isso colocando a minha vida em risco.

    Thumb up 3 Thumb down 0

  • Rodrigo Poggian

    O mais incrível é que o ciclista ainda quer discutir e dizer que o cara estava errado. É cada uma…

    Comentário bem votado! Thumb up 22 Thumb down 0

  • Marcos

    Aqui na minha rua, tem um trecho onde ela estreita e os carros ficam muito próximos uns dos outros, impedindo as motos de passarem no corredor. Eu, como todos os outros motociclistas, colocava pela contramão e ia embora até o semáforo. Um dia, eu vivi uma experiência bem parecida. De um lado da rua, há um posto de gasolina, do outro, um mercado. Uma mulher atravessando do mercado pro posto nem sequer olhou pra mim, que me aproximava de moto. Claro que não olho, eu estava na contramão, eu estava errado! Como eu havia visto a mulher, pude parar sem nenhum problema, mas depois desse dia, espero pacientemente atrás dos carros. A contramão é muito arriscada, porque ninguém (pedestre, outras bikes, outros carros…) está esperando que você seja um babaca na contramão!

    Comentário bem votado! Thumb up 10 Thumb down 0

  • Cassio

    Eu sou ciclista e cicloturista, mas só se me pagarem que eu pedalo por São Paulo, que é minha cidade. Faço uso do carro com gosto, causando mais engarrafamento.
    Justifico: sempre pedalei certo, não cruzo semáforos fechados, dou preferência, e sou habilidoso. Porém já fui atropelado duas vezes. Na primeira uma carreta me pegou por trás e na segunda uma senhora abriu a porta do carro sem olhar para trás, terminei com um dedo da mão quebrado.
    Apoio todo tipo de movimento ciclístico, mas enquanto houver risco alto de acidente, prefiro me manter no lado que não se fere. E não me refiro somente ao fato do choque carro/ônibus x bicicleta, mas principalmente à educação dos motoristas e motoqueiros.
    Em fev/13 pedalei de Itu à zona sul de SP com um amigo, através de estradas vicinais. A aventura foi maravilhosa e divertida. A coisa mudou quando chegamos em Barueri, nesse ponto, os motoristas se transformavam em animais, fechavam, buzinavam… felizmente era Carnaval, então SP estava tranquila, mas logo percebe-se a falha na cultura do brasileiro.

    Polêmico. O que acha? Thumb up 8 Thumb down 10

    • Caroline

      Já fui atropelada duas vezes também, mas como pedestre, atravessando na faixa. Enfim, já pensou se eu parasse de andar a pé só por causa disso (falta de educação alheia)?

      Comentário bem votado! Thumb up 8 Thumb down 0

  • Pior que isso é se estiver começando a chover, pois ai as pessoas tendem a correr para não molhar, foi o ocorrido comigo.. POr sorte ninguem machucou..

    Thumb up 2 Thumb down 0

  • Marcos

    Desculpem-me, mas não pude evitar rir. “He wasn’t using the crosswalk, cancels out. It’s ok, keep walking”. O fato de o pedestre não estar na faixa não dá a ninguém NENHUM direito de tirá-lhes a preferência. O pedestre sempre tem preferência, em quaisquer situações. O idiota nem se dá ao direito de descer da bicicleta e ir ver se o cara está bem. Apenas fala um argumento ridículo e vai embora. E essa de “cancels out” foi para rir mesmo.

    Comentário bem votado! Thumb up 14 Thumb down 1

  • já quase bati de bike com os policiais montado a bike em Vitória. É um risco que acontece tipicamente quando você vira a direita e aparece na sua frente um, ou no caso, dois cilistas na contramão. Felizmente consegui desviar. Já aconteceu 2 ou 3 vezes comigo situações desse tipo.
    No brasil os pedestres não são obrigados a usar a faixa de pedestres e são prioritários. Segundo o CTB os pedestres pode atravessar uma via se a faixa de pedestre mais próxima se encontrar a mais de 50 metros!

    Thumb up 3 Thumb down 0

  • Thiago

    Triste, é por causa de uns babacas assim que mancham toda uma legião de ciclistas conscientes. No centro de São Paulo é bem fácil de achar uns tipinhos assim.

    Comentário bem votado! Thumb up 4 Thumb down 0

  • ESSE CICLISTA É UM BABACA , ARRISCANDO A PRÓPRIA VIDA E DE OUTRAS PESSOAS, E POR ESSAS ATITUDES QUE ALGUNS CONDENAM
    O USO DA BIKE EM VIAS COM GRANDE CIRCULAÇÃO DE CARROS.
    OU SEJA TODOS PAGAM POR ATITUDES INCONSEQUENTES DE POUCOS, EM SÃO PAULO É IGUAL. LAMENTÁVEL.

    Comentário bem votado! Thumb up 7 Thumb down 0

  • Discordo totalmente do pessoal que diz que “por essas e outras, nós ciclistas não somos levados a sério”.

    Na rua há milhões de carros e uma grande (ENORME) porcentagem são motoristas que cometem infrações e absurdos a cada metro percorrido. Faça uma contagem rápida de quantas pessoas você flagra falando ao celular enquanto dirige, quantas pessoas aceleram ao ver o semáforo ficando amarelo/vermelho, fecham o cruzamento, não dão preferência ao pedestre nas conversões, etc, etc, etc… Eu que ando pela região centro e oeste de São Paulo, vejo a cada semáforo, ao menos dois motoristas que aceleram ao ver o amarelo/vermelho, e em alguns casos, os carros não param enquanto não começam a cruzar outros na transversal.

    Nem por isso os motoristas deixam de serem lavados a sério.

    Comentário bem votado! Thumb up 10 Thumb down 0

  • Maria Ignez Costa

    Eu sou ciclista e sempre, absolutamente sempre, respeito as regras de trânsito, mas aqui onde eu moro é frequente ver bikes nas calçadas, na contra mão, correndo demais perto dos pedestres. Os ciclistas querem ser respeitados pelos carros, mas na hora de respeitar o pedestre boa parte não está nem aí e ainda se julgam corretos, como o ciclista do video que atropelou o carro e ainda o acusou de não estar atravesando na faixa.

    Thumb up 3 Thumb down 0

  • Valdemir

    É muito simples, se aqui tivessemos uma estrutura, nem digo igual mas pelo menos parecida com as estruturas para ciclistas como vemos em vários paises SÉRIOS de verdade, com sinalização visivel e inteligente, kilometros de Ciclovias, multas e leis severas para os infratores, ruas muito bem pavimentadas e acima de tudo uma educação mais rigida nas autoescolas e na tv sobre transito, ciclistas e pedestres, podem ter certeza que nenhum ciclista subiria na calçada ou em alguns casos andaria na contra mão, duvido um Holandes por exemplo andar como ele anda lá aqui em São Paulo, não dou 5 minutos para a pessoa desistir! Portanto se um Ciclista e digo o ciclista consiente educado não aquele que faz para encher o saco dos outros, mas se vemos um ciclista as vezes ter de subir uma calçada, ou pegar um pequeno trecho na contramão, pode ter certeza que ele só o faz porque está sózinho, nenhum dos itens mencionados a cima está a favor dele. Por isto é bom pensar bem antes de julgar.

    Comentário bem votado! Thumb up 9 Thumb down 2

  • Cabe sempre lembrar que o conceito de contramão foi inventado para promover a segurança dos carros e doutrinar os pedestres. Fato é que o ciclista (e o pedestre) vão sempre buscar o caminho mais fácil e mais curto.

    Pena que as cidades estão tão estruturadas para os carros que as regras feitas para eles estão totalmente internalizadas tb nos pedestres. Que no futuro as interações humanas entre pedestres e ciclistas dependam mais da atenção de ambos do que de regras feitas para adequar as ruas aos motorizados.

    Comentário bem votado! Thumb up 12 Thumb down 6

    • Marcos

      Apesar de concordar que em síntese, você está correto, eu penso que podemos utilizar do “conceito de contramão” para aumentar nossa segurança! Bom pedal para todos!

      Thumb up 0 Thumb down 0

  • Lucas

    [Comentário oculto devido a baixa votação. Clique para ler.]

    Esse comentário não tem feito muito sucesso. Thumb up 1 Thumb down 29

  • Valdemir

    Olha pedalar na calçada sinseramente podem me chingar, mas aqui no transito de São Paulo, se não tiver jeito eu subo na calçada mesmo se estiver vazia eu pedalo bem devagar e com atenção redobrada, dando a preferencia sempre para o pedestre, se estiver cheia eu desço da bike e empurro, nunca tive problema, e sempre que dou passagem os próprios pedestres retornam com um sorriso, pois eles sabem muito bem diferenciar um ciclista equipado e educado destes moleques sem noção mal educados, prefiro subir na calçada e ser mal visto por outro ciclista do que ser atropelado sem cerimonia pelo transito caótico da cidade, dependendo do transito na rua , não dá para disputar com os veiculos, quem diz que dá e se enfia no meio é suicida, sinto muito. Agora andar de bike na contra mão em uma rua movimentada ou avenida como esta nunca andei e nem vou andar , é falta de noção e burrice mesmo ! Tanto o ciclista pode ser atropelado como pode atropelar igual mostra o video !

    Comentário bem votado! Thumb up 24 Thumb down 2

  • Guilherme Caldas

    É bom lembrar que mesmo ciclistas trafegando pela via tendem a olhar apenas para o lado de onde vem os carros.

    Comentário bem votado! Thumb up 6 Thumb down 0

  • Fred

    O pior é o ciclista se justificar porque o cara não atravessou na faixa de pedestres. No transito é comum as pessoas cometem erro e em fez de pelo menos de desculpar elas preferem argumentar. Dessa forma fica difícil aprender com os erros.

    Comentário bem votado! Thumb up 19 Thumb down 0

  • Luis

    Por estas atitudes que nós ciclistas não somos levados a sério.

    Uma vergonha para mim que pedalo diariamente.

    Comentário bem votado! Thumb up 17 Thumb down 2

    • marcelo

      É triste mesmo.
      Estavamos pedalando na canaleta aqui em curitiba (errado mas bom) e um carro da guarda municipal parou ao nosso lado, na mesma mão.
      O sinaleiro estava fechado e nós esperavamos ao lado no meio fio, antes da faixa de pedestres, abrir o sinaleiro. Eu ja tinha visto pelo espelho retrovisor o carro da guarda, então ao abrir o sinal eu iria deixar ele passar e só assim seguiriamos.
      Neste momento vem um bicicletista a toda, mal freia, quase atropela um pedestre, passa a rua e quase causa uma colisão com um automóvel, passa sem cerimônia o sinal no vermelho e continua pedalando como se nada tivesse acontecido.
      Nesta hora minha esposa que estava logo atrás de mim falou com um dos guardas justamente isso”Por estas atitudes que nós ciclistas não somos levados a sério.”.
      O guarda concordou na hora, e nos desejou um bom pedal.
      Apesar de estarmos “errados” em pedalar na canaleta, em nenhum momento sentimos qualquer repreensão dos guardas, pois estavamos pedalando “certinhos” respeitando os sinais.
      Em resumo, diariamente vejo “ciclistas” realizando absurdos que denigrem a imagem de ciclomobilidade sustentável.

      Comentário bem votado! Thumb up 7 Thumb down 1

  • Sou “ciclista”, mas já fui atropelado por uma senhora pedalando rápido na calçada. Eu havia acabado de sair de uma loja e ela esbarrou em mim. Com reflexo e com sorte eu ainda a segurei para ela não cair com bicicleta e tudo. O pior é que ela não pediu sequer desculpas ou agradeceu. Eu sai com uma marca nas costela do guidão.

    Comentário bem votado! Thumb up 11 Thumb down 0

  • Rafael

    Totalmente errado !

    Comentário bem votado! Thumb up 7 Thumb down 1

  • qq é isso?
    o ciclista estava rápido, entre os carros! maluco!

    Comentário bem votado! Thumb up 8 Thumb down 1

Enviar resposta

  

  

  

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>