Conheça o Plano Cicloviário da Lapa e participe da consulta sobre o projeto

Arte: Giovana Pasquini

Arte: Giovana Pasquini

A Ciclocidade - Associação dos Ciclistas Urbanos de São Paulo - inicia um processo de consulta sobre o Plano Cicloviário da região da Lapa (São Paulo/SP). Realizada em parceria com o site MootiroMaps e com a Subprefeitura da Lapa, a iniciativa busca colher subsídios e opiniões da população para que a proposta de um sistema cicloviário seja implementada na região.

Apresentação e consulta

Na quarta-feira, 24 de julho, a partir das 19h, será feita uma apresentação do projeto pela empresa que realizou os estudos, no auditório da Subprefeitura da Lapa. O evento é aberto ao público, para que a população possa conhecer o projeto e discuti-lo, e contará com a presença de representantes do poder público.

A partir do dia 25, a proposta também estará disponível para a coleta de sugestões e opiniões da população no site MootiroMaps, que permitirá a visualização da rede cicloviária proposta e a interação dos usuários (avisaremos aqui no Vá de Bike). Também estão sendo planejadas visitas aos locais onde será instalada a futura rede cicloviária.

O Plano Cicloviário da Lapa foi desenvolvido pela empresa Ativa Arquitetura e Urbanismo, vencedora de uma licitação realizada em 2010 e que previa o desenvolvimento de estudos para a implantação de rede cicloviária na região. O projeto foi concluído no início de 2012. Houve uma apresentação inicial em abril daquele ano (conforme noticiamos por aqui), para em seguida passar por análise da Secretaria de Transportes e da CET.

No primeiro semestre de 2013 a subprefeitura da Lapa solicitou à Ciclocidade um parecer sobre o projeto. A associação decidiu ampliar essa consulta à população, fazendo com que a comunidade se aproprie das informações e faça sugestões. Ao final do processo, a associação produzirá um relatório considerando a participação comunitária. Com isso, espera-se aumentar a possibilidade de tirar o projeto do papel.

O plano

O plano apresentado em abril de 2012 previa 100 km de estrutura construída, dividida em três momentos:

  • o primeiro de reformas mais simples (38 km de ciclofaixas e ciclorrotas), em até 2 anos;
  • o segundo, com 27 km, prevê obras pequenas e sinalização, já incluindo ciclovias;
  • o terceiro, com 35 km e obras de maior porte, deve demorar até 10 anos para ser concluído.

De acordo com informações da Ciclocidade na época da primeira apresentação, o Plano Cicloviário da Lapa previa também a restruturação das pontes da região, para que passassem a ter espaços específicos para as bicicletas. O estudo que embasou o plano mostrou um grande fluxo de ciclistas nestas alças, que são colocados em situação de risco. O plano também propõe a ligação da infraestrutura cicloviária às estações de trem e de metrô da região e leva em conta locais de maior interesse, como igrejas, comércio e faculdades.

Mas é importante assistir a essa apresentação, pois o projeto pode ter mudado.

Quando e onde

Apresentação do Plano Cicloviário da Lapa

Quarta-feira (24/07), às 19h

Auditório da subprefeitura da Lapa – Rua Guaicurus, 1000

Plano Diretor

No sábado, 27 de julho, ocorrem as últimas oficinas de propostas para o Plano Diretor da cidade, recebendo sugestões para as seguintes regiões: Butantã, Lapa, Pinheiros e Sé. É uma ótima oportunidade para pedir a implantação desse plano cicloviário, da mitológica ciclovia da Eliseu de Almeida, de sinalização e melhorias na ciclovia da Faria Lima, da ciclofaixa da R. dos Pinheiros…

Entenda como funcionam essas oficinas aqui e veja locais e horários aqui.

 


10 comentários para Conheça o Plano Cicloviário da Lapa e participe da consulta sobre o projeto

  • MARCELO

    Pq não existe ou está prevista uma ligação entre a Vila Leopoldinha do lado da CEAGESP que possuiu vários novos empreendimentos com o Parque Villa Lobos? Não seria simples e emergencial ligar a Av Gastão Vidigal com o Parque Villa Lobos? Inacreditável como o plano só olha para um lado da cidade, todo suas expansão é priorizada no sentido do Ibirapuera/Centro.

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • Carlos

    Aproveite e divulgue entre seus colegas de pedal, e não-pedal. Nas redes sociais. Aproveitando divulgue também nas e para as lojas de bikes, que claro, com mais rotas cicláveis, a clientela vai aumentar.

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • Cícero Soares

    Pô, que maus, queria ter ido. Mas até finais de agosto minhas noites estão, hum, compromissadas, infelizmente.

    Ah, mas a quem interessar possa, as contribuições já podem ser feitas via internet: http://maps.mootiro.org/project/247

    Logo vou lá fazer a minha, quanto a esse negócio de “Espaço Compartilhado”. Essa concepção, que derivou inclusive na criação das ciclorrotas, acho que precisa ser atualizada e, hum, radicalizada, com sua implementação abrangendo toda a municipalidade. (Bão, mas vou desenvolver melhor esse meu pitaco lá no próprio Mootiro.)

    Pô, Carlos, já que cê fez esse exercício fundamental de ouvinte, faz agora um exercício de relato sobre os fundamentos que “se assucederam-se” lá…rs.

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • Carlos

    Uma forma de divulgar este plano é através de jornais e revistas locais, associações, e até mesmo alguns estabelecimentos comerciais. Usando como pretexto, para falar em paraciclos, benefícios diversos desde saúde a segurança ( olhos extras ). Outra é através de divulgação via vídeos em Youtube, e suas respostas. comentários. Meios sociais é uma boa também.

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Carlos

    Participei. Fiquei mais exercitando a minha capacidade de ouvir e se por no lugar dos outros. E entender o contexto do plano para o meu bairro. Acho que as pessoas deveriam participar, nem que seja somente para ouvir.

    Thumb up 3 Thumb down 0

  • Carlos

    Só 4 paraciclos na subprefeitura da Lapa ? Precisamos incentivar o uso de bicicletas nas subprefeituras, será que podemos sugerir isto no Plano Viário, mais paraciclos nas subprefeituras ?
    Bom, se puder ir hoje ( 24/07 ) vou ter que ir de trem ( infelizmente não tenho nenhuma dobrável, ou bicicletário ), que é tranquilo na linha 8 Diamante.

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • Thiago Ciclista Urbante

    William,

    Sabe se tem paraciclo no local?
    Abs

    Thumb up 3 Thumb down 0

Enviar resposta

  

  

  

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>