FixOlimpíadas 2013 uniu ciclistas de vários estados

Ciclistas aguardam início da prova de anticorrida, onde vence quem chegar por último. Foto: Rachel Schein

Ciclistas aguardam início da prova de anticorrida, onde vence quem chegar por último.
Foto: Rachel Schein

Conhecer gente nova, brindar com os amigos, festejar, divulgar a cultura da bicicleta… e pedalar, claro! Tudo isso ocupando ruas relativamente vazias na cidade de São Paulo, num feriado em que muitos paulistanos disputavam espaço nas estradas, causando mais de 400 km de congestionamento nas rodovias que saem da cidade. Esse foi o espirito das Fixolimpíadas 2013, que aconteceram de 13 a 16 de novembro, na capital paulista.

Apesar do calor intenso, a cidade  foi o palco perfeito para o campeonato de manobras para os fixeiros – ciclistas que usam bicicletas de roda fixa, onde a criatividade muitas vezes é mais importante do que o desempenho. Cartões postais como Av. Paulista, Pateo do Colégio, Estádio do Pacaembu e Praça Roosevelt foram alguns dos cenários escolhidos para as provas.

Aguardando a prova de freestyle na Praça Roosevelt, um dos locais escolhidos para o evento. Foto: Rachel Schein

Aguardando a prova de freestyle na Praça Roosevelt, um dos locais escolhidos para o evento. Foto: Rachel Schein

Aline Cavalcante: "a bicicleta de roda fixa representa uma cena muito forte dentro dos centros urbanos". Foto: Rachel Schein

Aline Cavalcante: “a bicicleta de roda fixa representa uma cena muito forte dentro dos centros urbanos”. Foto: Rachel Schein

Segundo Aline Cavalcante, colaboradora do Vá de Bike e uma das organizadoras desta edição, o último evento como esse se deu em 2010 e o meio ciclístico sentiu necessidade de voltar a organizá-lo, para que mais pessoas se encontrem, montem bicicletas desse tipo e conheçam a cena urbana da cidade. “A bicicleta de roda fixa representa uma cena muito forte dentro dos centros urbanos, ela tem muito a cara do street art, das tendências, não só no Brasil, mas fora também. A ideia é trazer a galera da bicicleta de outros lugares e estimular que outras cidades promovam encontros como este”, explica.

E assim a cidade foi transformada num grande encontro das bicicletas durante os dias em que se deu o evento. São Paulo recebeu ciclistas de Porto Alegre, Rio de Janeiro, Vitória, Brasília, cidades do interior do Estado, entre outras, e muitos deles puderam contar com a hospedagem solidária.

Laura Sobenes, uma das organizadoras, hospedou participantes do Roi Grande do Sul em sua casa. Foto: Rachel Schein

Laura Sobenes, uma das organizadoras, hospedou participantes do Roi Grande do Sul em sua casa. Foto: Rachel Schein

Hospedagem Solidária

“Conhecer conhecer uma cidade hospedado em casas amigas de quem vive o lugar é muito mais interessante do que hotéis. A ideia de fazer a hospedagem solidária pras Fixolimpiadas 2013, além de integrar ainda mais as pessoas, era para que a viagem a São Paulo, que acaba tendo custos maiores com comida, bares, hotéis, etc, não inviabilizasse a vinda dos amigos de outras cidades”, contou Laura Sobenes, também da organização.

Para isso, os organizadores entraram em contato com amigos que têm casas entre o centro e Pinheiros (bairros onde aconteceram as provas) e conseguiram as hospedagens necessárias. “Uma das coisas boas de hospedar e ser hospedado é a convivência social. O encontro se torna muito mais legítimo, a troca de experiências se solidifica e criam-se as boas amizades”, completa Laura, que hospedou ciclistas gaúchos em sua casa.

A hospedagem solidária foi só uma pequena amostra do espírito de colaboração dos envolvidos. Os prêmios foram todos cedidos por parceiros da bicicleta e pedia-se uma contribuição (não obrigatória) de 10 reais para ajudar a custear as despesas de produção.

O resultado foi uma grande satisfação e uma energia vibrante dos participantes durante todo o campeonato.

A prova de subida de ladeira, na Brigadeiro Luis Antônio. Foto: Rachel Schein

A prova de subida de ladeira, na Brigadeiro Luis Antônio. Foto: Rachel Schein

As provas

A gaúcha Silvia Pont se surpreendeu com as ladeiras de São Paulo. Foto: Rachel Schein

A gaúcha Silvia Pont se surpreendeu com as ladeiras de São Paulo. Foto: Rachel Schein

“Eu achei que Porto Alegre tinha ladeira, mas vocês [paulistanos] pedalam muito!”, desabafou a gaúcha Silvia Pont, referindo-se à subida da Av. Brigadeiro Luis Antônio, onde foi realizada a primeira prova do campeonato: a subida de ladeira.

Silvia conseguiu cumprir a prova em pleno sol de verão das onze horas da manhã do feriado. Mesmo com alguns pegando carona com a moto da filmagem, no vácuo de outros ciclistas ou com um pequeno empurrãozinho de um amigo, quem chegou primeiro na subida foi Genesis Cerqueira, que está acostumado com as ladeiras da cidade. Genesis também venceu a prova de arremesso, cujo objetivo era jogar uma garrafa de água colocada no chão o mais longe com a roda da bicicleta.

Genesis Cerqueira, o Geninho, vencendo isolado a subida de ladeira. Foto: Rachel Schein

Genesis Cerqueira, o Geninho, vencendo isolado a subida de ladeira. Foto: Rachel Schein

Mesmo com o ombro machucado, Carina Chandan participou da maioria das provas e venceu a anticorrida, onde o objetivo é chegar por último. O lance é  ficar o maior tempo possível equilibrado na bike sem fazer trackstand, ou seja, tem que se manter pedalando para a frente, mas não pode chegar primeiro.

Mesmo com o ombro machucado, Carina Chandan venceu a prova de anticorrida. Foto: Rachel Schein

Mesmo com o ombro machucado, Carina Chandan venceu a prova de anticorrida. Foto: Rachel Schein

Além de vencer as provas de Peanuts, Sprint  e Skid Diferentex, Wagner Carvalho ainda levou uma bicicleta no sorteio. Foto: Rachel Schein

Além de vencer as provas de Peanuts, Sprint e Skid Diferentex, Wagner Carvalho ainda levou uma bicicleta no sorteio. Foto: Rachel Schein

Nataly Gonçalves ganhou o prêmio de destaque feminino no Alleycat, por ser a representante das mulheres na prova, e ficou com o terceiro lugar feminino na corrida de ladeira.

No final, uma bicicleta da EightBike, de Porto Alegre, foi sorteada. “Nós [da organização] não queríamos dar a bicicleta para alguém que foi muito bom em alguma prova, achamos justo todos os participantes concorrerem igualmente”, disse Aline, durante a premiação. E, no sorteio, quem levou a bike foi Wagner Carvalho, que  já tinha acumulado outros prêmios durante o campeonato, por ter conseguido o primeiro lugar em Peanuts, Sprint e Skid Diferentex.

Neste campeonato, o importante não é ganhar, nem competir, mas de alguma forma conseguir participar! \o/

Foto: Claus Stellfeld

Foto: Claus Stellfeld

Veja como foi

Veja nossa galeria de fotos e assista ao vídeo:

Veja também a matéria escrita pela Aline no Bike é Legal.

Resultados FixOlimpíadas 2013

Alleycat de esquenta
Masculino
1- Yuri Gonzaga
2- Gustavo Meyer
3- Marcelo Pereira
Feminino
Nataly Gonçalves/SP
Ladeira
Masculino
1- Genesis Cerqueira/SP
2- Vinicius Hax/POA
3- Douglas/POA
Feminino
1- Luiza Peixe/SP
2- Beatriz Folly/RJ
3- Nataly Gonçalves/SP
Peanuts
1- Wagner Carvalho/SP
2- Cristine Nespoli/SP
3- Luciano Paiva Pulguinha/SP
Trackstand
1- Vinicius Hax/POA
2- Gustavo Meyer/SP
3- Tássia Furtado/POA
Skid
1- Lex Blagus/SP
2- Bernardo Falcão/RJ
Freestyle
1- Guilherme Pulice/SP
2- Wagner Carvalho/SP
3- Genesis Cerqueira/SP
Skid Diferentex
1- Wagner Carvalho/SP
2- Lex Blagus/SP
Sprint
1- Wagner Carvalho/SP
2- Ricardo Bruns/SP
3- Luiza Peixe/SP
Anti-corrida
1- Carina Chandan/SP
2- Gustavo Meyer/SP
Arremesso
1- Genesis Cerqueira/SP
2- Matheus Silva/BSB
Roller Race
Masculino
1- Cristian Flash/SP
2- Bernardo Falcão/RJ
3- Thiago Antonovas/SP
Feminino
1- Luiza Peixe/SP
2- Cristine Barrini/SP
3- Ana Carvalho/SP

5 comentários para FixOlimpíadas 2013 uniu ciclistas de vários estados

  • silvia

    LINDO VIDEO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! essa Fixa é apaixonante, me deu vontade de ter uma, a participação de todos foi muito muito impressioante, uma união. solidariedade, amizade incríveis!!!!!!!!!!

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • Valdemir

    Apesar de não possuir uma Bike Fixa, eu me simpatizo e muito com esta rapaziada !!!!! Acho as bikes fixas LINDAS!!!

    E acho a turma das fixas super animada, descolada e sem frescura de roupas, acessórios etc, cada um na sua e todos na mesma ! Show de bola !!!

    A minha bike não é fixa mas até que lembra ! KKKKK ! É uma Caloi 10 modelo novo com peneu 700x28c ótimo para uso urbano, só não transformei ela em fixa porque sou muito preguiçoso e preciso das marchas, principalmente quando vejo uma ladeira a frente ! KKKKKKKKKK

    Mas olha vcs estão de parabéns! Belo evento ! Tomara que mais eventos assim aconteçam !!!

    Acho que todo mundo aqui já conhece, mas não custa lembrar um filme muito bacana e que infelizmente não passou nos cinemas aqui do Brasil é o PREMIUM RUSH ( PERIGO POR ENCOMENDA ) para quem curte bike fixa e bikes em geral, é um filme delicioso, com o ator Joshep Gordon Levitt, é um dos filmes prédiletos que possuo na minha coleção ! Fica ai a dica!

    Bom Pedal a Todos !!!!!

    Comentário bem votado! Thumb up 6 Thumb down 0

  • Jacob

    Muito legal! Pena que, como a maioria era hipster, no ano que vem não será bike, mas patinete talvez… Brincadeirinha pessoal =)

    Parabéns aos organizadores e participantes!

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • Aline Cavalcante

    A-NI-MAL A COBERTURA RACHEL!!!!!!!

    muito obrigada mesmo, ficou lindo. muito orgulho de fazer parte de tudo isso.

    <3

    Thumb up 3 Thumb down 0

Enviar resposta

  

  

  

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>