Doação de bicicletas alegrou o Natal de 230 crianças no litoral paulista

Crianças de duas comunidades que ficam ao longo da Rota Márcia Prado receberam as bicicletas. Foto: Rachel Schein

Crianças de duas comunidades que ficam ao longo da Rota Márcia Prado receberam as bicicletas. Foto:Rachel Schein

Havia bicicletas de todos os tamanhos. Foto: Rachel Schein

De todos os tamanhos, as bicicletas foram reformadas antes de serem entregues. Foto: Rachel Schein

Crianças de duas comunidades ao longo da Rota Cicloturística Márcia Prado tiveram um natal antecipado e mais  feliz. No dia 22 de dezembro, um domingo, dois caminhões lotados de bicicletas saíram de São Paulo e desceram a serra em direção a Santos. O primeiro parou na “Água Fria”, comunidade que faz parte do município de Cubatão, e distribuiu 100 bicicletas. O segundo, em São Manoel, bairro localizado na zona noroeste de Santos, onde 130 bikes ganharam novos donos.

As 230 bicicletas foram recebidas ao longo de um mês no Largo da Batata, em São Paulo, e reformadas para doação. “Nós recebemos mais de 300, mas não conseguimos colocar todas para rodar. Às vezes, três bicicletas viravam uma só”, conta Maria Livia Venezi, voluntária da ONG Os Bicicreteiros. ”Muitas delas estavam paradas há até 8 anos”, conta André Pasqualini, coordenador do projeto. “Nós só fizemos o meio de campo e colocamos elas pra rodar”.

Sorrisos que não têm preço. Foto: Rachel Schein

Sorrisos que não têm preço. Foto:Rachel Schein

Segundo André, a ação é uma iniciativa de aproximação com as comunidades, para tentar inibir os assaltos que alguns ciclistas sofrem ao passar por elas, durante a descida da Serra do Mar. ”Em vez de pedir escolta da polícia, aumentando a distância entre nós, achamos melhor nos aproximar dessas comunidades e explicar o que é a Rota, pra tentar inibir esses assaltos”. O próximo passo seria fazer oficinas comunitárias para tornar a rota mais convidativa: “Dá pra montar uma tenda, trocar idéia, dar uma água, arrumar um pneu, enfim, dar um apoio. Hoje o que se vê é uma grande quantidade de gente com medo de descer a serra”.

Para o vereador de Cubatão Ivan Hildebrando, a doação foi um grande presente para a comunidade. “A gente sempre vê um grande número de ciclistas passando por aqui e hoje tivemos a oportunidade de sermos abençoados por eles”, declara. Segundo o vereador, o bairro da Água Fria era composto por 1386 famílias, mas devido a uma mudança pelo programa Serra do Mar e depois da enchente que ocorreu em fevereiro, hoje a comunidade tem 700 famílias. E muitas dependem da bicicleta como meio de transporte. “Acredito que muitas crianças vão poder utilizar a bicicleta para ir à escola, que fica a 2 km daqui”, diz Ivan.

Já o bairro de São Manoel conta com mais de mil crianças. Foi por isso que Edmilson Duarte, o Didi, diretor da Sociedade Melhoramento, percorreu casa por casa, beco por beco pra escolher a dedo as crianças que ganhariam a bicicleta. No final, ainda sobraram algumas, que foram distribuídas entre as crianças que estavam no local e aguardavam ansiosamente por uma desistência.

Veja a galeria de fotos
doacao de bicicletas natal 2013 - galeria

Assista o video da entrega:


2 comentários para Doação de bicicletas alegrou o Natal de 230 crianças no litoral paulista

Enviar resposta

  

  

  

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>