Sesc Campinas promove exposição e atividades com bicicletas até fevereiro

Exposição em Campinas vai até fevereiro. Foto: Rachel Schein

Exposição em Campinas vai até fevereiro. Foto: Rachel Schein

Oficina "Bicicloides" agrada crianças e adolescentes. Foto: Rachel Schein

Oficina “Bicicloides” agrada crianças e adolescentes. Foto: Rachel Schein

Veja também
Galeria de fotos da exposição

Nos meses de janeiro e fevereiro, o Sesc costuma promover diversas atividades relacionadas ao cuidado com o corpo e a atividades físicas, não só através do esporte mas de tudo que tenha relação com qualidade de vida. A unidade de Campinas, na sua 19ª edição dentro desse projeto de verão, montou uma programação intensa com bicicletas para esse início de 2013, começando pela exposição de bikes antigas e promovendo passeios, palestras, discussões, oficinas e atividades.

Entre elas, uma que agrada bastante as crianças e adolescentes é o “Bike Lab Biciclóides”, atividade lúdica que tem o objetivo de construir objetos com as peças não utilizadas das bicicletas. ”Mais importante que a funcionalidade do objeto é a estética dele”, conta Natália Magalhães, uma das coordenadoras da oficina. “Ele pode até vir a se tornar um objeto funcional como um candelabro, uma luminária, ou um brinquedo, mas o mais importante é a experimentação artística mesmo.” Para inspirar os participantes, referências de artistas como Marcel Duchamp são exibidas num monitor. Duchamp criou em 1913 a obra “Roda da Bicicleta”, retirando a utilização funcional do objeto e criando um novo sentido para ele.

Cássio Quitério, coordenador de exposições do Sesc. Foto: Rachel Schein

Cássio Quitério, coordenador de exposições do Sesc. Foto: Rachel Schein

Outra atividade interessante é o “Bike Lab Experimentações Eletrônicas”, onde os participantes podem aprender a criar acessórios como dínamos, capacetes luminosos, lanternas, decorações para rodas e outros, através de leds ou sucata eletrônica.

E quem fizer o “Rolê de Bike”, atividade que acontece aos domingos a partir de 26 de janeiro, pode filmar o passeio com uma câmera acoplada no capacete. As imagens serão exibidas depois na tela, na exposição em que o visitante simula um passeio pedalando na bicicleta de rolo. ”A ideia do ‘Rolê de bike’, além de passear pela cidade, é de mostrar as ciclofaixas que infelizmente só existem aos domingos, para que as pessoas comecem a usá-las mais e assim criar uma demanda para que possam ser permanentes”, diz Cássio Quitério, coordenador de exposições do Sesc. Bicicletas para pessoas com deficiência também estão disponíveis para os passeios, que são acompanhados por instrutores do SESC.

Imagens feitas durante o "Rolê de Bike" são exibidas em monitor, na bicicleta de rolo. Foto: Rachel Schein

Imagens feitas durante o “Rolê de Bike” são exibidas em monitor, na bicicleta de rolo. Foto: Rachel Schein

Cláudio Jorge, visitante da exposição: "Me fez lembrar de um monte de bicicletas, por isso achei muito legal." Foto: Rachel Schein

Cláudio Jorge, visitante da exposição: “me fez lembrar de um monte de bicicletas, por isso achei muito legal.” Foto: Rachel Schein

Recicleta, programa de reciclagem de bicicleta localizado em Sorocaba, promove o bate-papo “A bicicleta na sociedade contemporânea” , além de fazer um laboratório de reutilização de peças sem uso e troca de informações sobre manutenção de sistemas funcionais e do design das bicicletas. Quem tiver peças obsoletas ou sem utilização em casa pode levar para contribuir com a oficina.

Já na exposição de bicicletas antigas é possível relembrar a infância com a Caloicross e a Monark BMX, ou apreciar bicicletas de marcas como a americana “Schwinn”, que dominou o mercado no século XX; a brasileira Goricke, de origem alemã mas comprada pelo Brasil nos anos 50; e a Dawes (1948), conhecida pelos modelos de passeio.

A Monark BMX Super continua fazendo sucesso entre as crianças, como fez em sua época. O professor Cláudio Jorge, visitante da exposição, também apreciava as magrelas antigas: “me fez lembrar de um monte de bicicletas, por isso achei muito legal.”

Veja em nosso vídeo um pouco da exposição e das atividades:

Veja a programação completa abaixo – ou acesse este link.

 

Monark BMX Super: Sucesso entre as crianças desde os anos 80. Foto: Rachel Schein

Monark BMX Super: Sucesso entre as crianças desde os anos 80. Foto: Rachel Schein

Onde e quando

SESC Campinas
Rua Dom José I, 270/333 – Bonfim – Campinas

Até 23 de fevereiro de 2013
De terças a sextas, das 9h30 as 21h
Sábados e domingos, das 9h30 as 18h

 

Como chegar, saindo de São Paulo

De carro: pelas Rodovias Anhanguera ou Bandeirantes. Chegando em Campinas, seguir placas para Rodoviária, Centro ou Vila industrial, logo aparecerá placas de sinalização do SESC. Depois da última placa, há um cruzamento mais complicado, com 3 vias a seguir (de lá já dá pra ver o Sesc). Seguir pela via da direita, mantendo-se na pista da esquerda e logo a sinalização volta a aparecer. Rua próxima para referência: Governador Pedro de Toledo, altura do número 220.

De ônibus: Saídas da rodoviária do Tietê (linha azul do metrô). Custo da passagem: de R$24,00 a R$26,00 ida, de R$24,00 a R$26,00 volta. O SESC fica a menos de 500m da rodoviária de Campinas. Encontre um ônibus aqui.

De bicicleta: Pra quem quiser ir de bike, há bicicletário na parte de fora do Sesc. Leve uma boa tranca (veja como trancar sua bicicleta de forma segura).

 

Programação

 

EXPOSIÇÃO BICICLETAS

Mobilidade, urbanidade, saúde, sustentabilidade, educação e rede. Em janeiro e fevereiro, o Sesc Campinas celebra a importância da bicicleta na sociedade contemporânea, a partir de uma exposição de modelos lançados da década de 1940 até hoje e de uma cenografia inspirada no universo mecânico, estético e utilitário das bikes.

De 7 de janeiro  a 23 de fevereiro, terça a sexta, das 9h30 às 21h. Sábados e domingos, das 9h30 às 18h. Espaço Expositivo. Grátis. Livre.

 

MEU ROLÉ DE BIKE

Instalação audiovisual que incorpora filmagens de trajetos e passeios de bicicleta filmados em primeira pessoa pelo público inscrito na atividade Rolé de Bike (ver programação Esporte e Atividade Física).

De 7 de janeiro a 23 de fevereiro, terça a sexta, das 9h30 às 21h. Sábados e domingos, das 9h30 às 18h. Espaço Expositivo. Grátis. Livre.

 

BIKE LAB – ENSAIOS ESTÉTICOS E TECNOLÓGICOS

Criação e exposição de croquis e projetos artísticos de objetos criados a partir da desconstrução e intervenção do design e funcionalidade tradicionais das bicicletas.

De 7 de janeiro a 23 de fevereiro, terças a sextas, das 9h30 às 21h. Sábados e domingos, das 9h30 às 18h. Espaço Expositivo. Grátis. Livre.

 

BIKE LAB – BICICLÓIDES

Ateliê aberto de experimentação de propostas de objetos artísticos com peças de bicicletas a partir de referências da história da arte e design modernos e contemporâneos. Com Equipe Sesc.

Dias 8, 9, 15, 16, 22, 23, 29 e 30 de janeiro, 1, 5, 6, 12, 13, 19 e 20 de fevereiro, quartas e quintas, das 16h30 às 19h. Espaço Expositivo. Grátis. Livre.

 

PEDALANDO EM FAMÍLIA
Vivência e experimentação de bikes antigas propiciando uma atividade conjunta entre familiares e amigos.
Dias 11, 12, 18, 19, 25 e 26 de janeiro, sábados e domingos das 10h às 17h. Quadra Externa. Grátis. Livre.

 

BIKE LAB – RECICLETA
Laboratório de reutilização de peças de bicicletas sem uso e troca de informações sobre manutenção de sistemas funcionais e do design das bicicletas. O laboratório tem o objetivo de demonstrar a construção de uma bicicleta que funcione, a partir de peças que não estão mais sendo usadas e que serão captadas no Bike Lab. Além disso, o Bike Lab – Recicleta será um espaço contínuo de orientação de mecânica básica e pequenos reparos de bicicletas. O público pode contribuir para o projeto trazendo ao Sesc peças sem uso ou bicicletas obsoletas ou quebradas.  A atividade será orientada por um mecânico da Recicleta (www.recicleta.com.br), um programa de reciclagem de bicicletas usadas e peças descartadas.

Dias 11, 12, 18, 19, 25 e 26 de janeiro, 1, 2, 8, 9, 15, 16, 22 e 23 de fevereiro. Sábados, das 10h às 12h e das 14h às 15h e domingos, das 10h às 12h e das 14h às 16h. Espaço Expositivo.  Grátis. Livre.

 

ROLÉ DE BIKE

Passeio de bicicleta por locais de Campinas e região. Durante o percurso os participantes terão a oportunidade de filmar seu trajeto. Duração aproximada de 3 horas. Obrigatório o uso de capacete. Acompanhamento dos técnicos do Sesc. Inscrições no Galpão GMF a partir de 7/01. Vagas limitadas. A partir de 16 anos (menores deverão estar acompanhados do responsável legal). Mais informações consulte a programação na unidade.

Dias 26 de janeiro, 2 e 16 de fevereiro, domingos. Concentração às 7h no Sesc Campinas. Grátis. A partir de 16 anos.

 

BIKE LAB – EXPERIMENTAÇÕES ELETRÔNICAS

Encontros coletivos para criação de acessórios para bicicletas utilizando LEDs e placas microcontroladoras (arduínos) e para a construção de sistemas de conversão de energia elétrica usando sucatas eletrônicas. A atividade terá a orientação de Caio de Marco, pesquisador de eletrônica criativa, e de Antonio Celso, instrutor multimídia do Sesc Campinas ,para a criação de acessórios como dínamos, capacetes luminosos, lanternas, decorações para rodas, entre outros.

De 14 de janeiro a 21 de fevereiro, terças e sextas, das 15h às 18h. Espaço Expositivo. Grátis. Livre.

 

BIKE LAB –  ORIENTAÇÃO DE MECÂNICA BÁSICA PARA BICICLETAS

Mini aulas sobre aspectos do funcionamento e procedimentos de reparos de bicicletas. Serão abordados os seguintes temas: kit básico de ferramentas, peças e partes da bicicleta, conserto e remendo de câmaras, montagem e alinhamento de roda, regulagem de freio e câmbio, montagem geral da bicicleta. A atividade será conduzida por um mecânico da Recicleta (www.recicleta.com.br).

Dias 18 e 25 de janeiro, 1, 8, 15 e 22 de fevereiro, sábados, das 15h às 16h.

Espaço Expositivo. Retirada de ingressos na Central de Atendimento nos dias da atividade. 20 vagas. Grátis. Livre.

 

BATE-PAPO: A BICICLETA NA SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA

Roda de conversa e troca de experiências sobre os significados educativos, sociais e urbanísticos do uso da bicicleta na sociedade contemporânea. Com participação de Edmundo Caetano, da Recicleta (www.recicleta.com.br).

Dia 09 de fevereiro, domingo, às 15h. Espaço Expositivo. Grátis. Livre.

 

INFORMAÇÕES PARA O PÚBLICO

Central de Atendimento (19) 3737-1500


1 comentário para Sesc Campinas promove exposição e atividades com bicicletas até fevereiro

Enviar resposta

  

  

  

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>