Vá de Bike é destaque em mapeamento sobre iniciativas de estímulo ao uso da bicicleta

A equipe que vem fazendo do Vá de Bike um veículo comprometido com informação de qualidade e confiável sobre mobilidade em bicicletas: Lívia Araújo, Willian Cruz, Rachel Schein, Aline Cavalcante, Sabrina Duran, Enzo Bertolini, Verônica Mambrini e Priscila Cruz. Fotos: Vá de Bike/Arquivo pessoal

A equipe que vem fazendo do Vá de Bike um veículo comprometido com informação de qualidade e confiável sobre mobilidade em bicicletas: Lívia Araújo, Willian Cruz, Rachel Schein, Aline Cavalcante, Sabrina Duran, Enzo Bertolini, Verônica Mambrini e Priscila Cruz. Fotos: Vá de Bike/Arquivo pessoal

Imagem: Bike Anjo/Divulgação

Imagem: Bike Anjo/Divulgação

Em 24 de julho, o Bike Anjo divulgou o primeiro mapeamento do grupo feito com base em seu banco de dados, acumulado em cerca de dois anos de operação da plataforma online – que hoje ultrapassa 1000 membros em mais de 200 cidades do Brasil. “Desde o final do ano passado percebemos que o Bike Anjo se transformou em uma rede e, por isso, sentimos a necessidade de começar a saber quem faz ela acontecer pelos quatro cantos do país”, explicou JP Amaral, coordenador do projeto.

Além de entender quem movimenta a Rede do Bike Anjo, a pesquisa teve também o objetivo de identificar os movimentos e grupos que promovem o uso da bicicleta no Brasil, possibilitando enxergar um panorama do cicloativismo.

Dos 527 movimentos/grupos levantados pela pesquisa, o site Vá de Bike ficou entre os 5 mais citados como referência no cicloativismo no país, atrás apenas da Transporte Ativo, Ciclocidade, Bike Anjo e CicloIguaçu.

“Pra mim o que foi muito curioso nesse dado foi ver o número expressivo de grupos que têm como forma de atuação um canal de comunicação e, principalmente, por considerarem o Vá de Bike uma referência de influência no cicloativismo para começar a pedalar e se engajar. Inclusive o Vá de Bike é hoje um dos grandes responsáveis por informar às pessoas sobre o trabalho do Bike Anjo”, disse JP.

“Fiquei muito feliz ao saber que nosso trabalho foi considerado uma referência em nível nacional, junto a tantas entidades que realizam ações igualmente importantes para os ciclistas”, revela Willian Cruz, criador do Vá de Bike. “Esse reconhecimento é o maior estímulo que podemos ter para continuar nossa atuação, trazendo consigo a grande responsabilidade de realizar um trabalho ainda melhor, para cada vez mais ajudar, informar e dar voz a quem usa a bicicleta nas nossas cidades”, conclui.

Ainda segundo a pesquisa, 3% dos grupos estão focados em pesquisa sobre bicicleta e apenas 2% se dedica a ações diretas.

Bate-papo com Renata Falzoni, Arturo Alcorta e JP Amaral sobre panorama do cicloativismo no Brasil abriu o evento do Bike Anjo, no Bar e Bicicletaria Las Magrelas. Foto: Reprodução/Bike Anjo

Bate-papo com Renata Falzoni, Arturo Alcorta e JP Amaral sobre panorama do cicloativismo no Brasil abriu o evento do Bike Anjo, no Bar e Bicicletaria Las Magrelas. Foto: Reprodução/Bike Anjo

Participação das mulheres e outras boas surpresas

Segundo JP Amaral, nessa primeira avaliação da Rede boas surpresas apareceram. “Uma delas foi a participação importantíssima das mulheres, com cerca de 21% do total. Impressionou também perceber a atuação em cidades de todos os Estados, com várias já atuando com muita demanda sem a gente perceber”, informou JP, citando o caso de Curitiba (PR), onde eles tinham pouca aproximação, revelada como a quarta cidade em número de Bike Anjos e ocupando o 6oº lugar em número de pedidos.

Outro dado importante da pesquisa foi notar a grande procura por Bike Anjos em cidades menores, como Santos (SP), Natal (RN) e Guarulhos (SP). “Regionalmente a gente viu uma distribuição bem equânime, mas o nordeste se destacou como a região com o maior número de cidades envolvidas”, explicou JP. “Acredito que isso aconteça porque naturalmente existe uma cultura maior da bicicleta por lá,  mesmo com uma incidência forte da cultura do automóvel”.

Veja a pesquisa completa e o infográfico explicativo para entender quem são e onde estão os Bike Anjos.

Assista abaixo ao vídeo completo do bate-papo de lançamento do mapa e a discussão sobre  cicloativismo, com participação de diversas entidades referências no Brasil.


3 comentários para Vá de Bike é destaque em mapeamento sobre iniciativas de estímulo ao uso da bicicleta

  • PArabéns, que esse trabalho continue a colaborar para a discussão da cidade e de inclusão do modal como meio de transporte!

    Thumb up 2 Thumb down 0

  • Marcos Antonio

    Parabéns e longa vida ao Vá de Bike.
    Mas já tá na hora de dar uma atualizada/modernizada no site hein!
    Quem sabe disponibilizar alguns serviços, adicionar recursos.
    Acho que conteúdo e competência para transformar o blog em um portal de cicloativismo não faltam.
    A não ser, é claro, que este não seja o propósito.

    Thumb up 4 Thumb down 2

    • Obrigado pela sugestão, Marcos! Há algumas melhorias que desejamos fazer no site, mas entre melhorar o visual e mantê-lo atualizado, temos preferido a segunda opção. ;) Tivemos, por exemplo, que aposentar a Cicloagenda, pois não tínhamos quem pudesse atualizá-la. Alguns recursos consomem tempo/equipe para que sejam mantidos e só conseguiremos criá-los e mantê-los conforme o projeto tiver mais patrocinadores e anunciantes. Mas se você tiver sugestões de serviços ou recursos que possamos agregar, estudaremos a viabilidade de implantá-los!

      Comentário bem votado! Thumb up 5 Thumb down 0

Enviar resposta

  

  

  

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>