Estudantes chilenos criam bicicleta que é trancada usando o próprio quadro

O próprio quadro da bicicleta transforma-se em cadeado. Criadores da Yerka dizem que bicicleta é "à prova" de furto. Foto: Reprodução

O próprio quadro da bicicleta transforma-se em cadeado. Criadores do Yerka dizem que sistema é eficaz o bastante para evitar furtos. Foto: Reprodução

O furto de bicicletas é um problema recorrente na maioria das grandes metrópoles do mundo. Ano após ano, cadeados são pensados e desenvolvidos para tentar mitigar esse mal, e invariavelmente ciclistas carregam u-locks e outros recursos com a esperança de não serem alvos de ladrões.

Vítimas em duas ocorrências, três estudantes chilenos criaram uma bicicleta que utiliza o tubo inferior do quadro e o canote do selim como trava. Se a barra do canote é estourada os pedais se travam com o braço inferior do tubo com o qual se forma o cadeado.

O projeto Yerka nasceu de uma trabalho de Andrés Roi, Juan José Monsalve e Cristóbal Cabello para uma disciplina do curso de engenharia civil da Universidade Adolfo Ibáñez (UAI), em Santiago, capital do Chile. Segundo seus criadores, não é necessário a utilização de nenhum outro dispositivo de segurança para evitar que a bicicleta seja furtada.

A ideia dos estudantes atraiu a atenção de ciclistas do mundo todo nas redes sociais. Segundo eles, o próximo passo é testar a tecnologia em diferentes modelos de bicicleta. Ainda com patente provisória nos Estados Unidos e buscando registro em outros países, os estudantes estão em busca de apoio de investidores para que a Yerka seja produzida e comercializada em até dois anos.

Veja como funciona o projeto:


5 comentários para Estudantes chilenos criam bicicleta que é trancada usando o próprio quadro

  • Carlos

    Para nosso país, o melhor são as soluções públicas, ao invés de individuais como essa que não resolver em nada o problema de insegurança. Melhor é ir pressionando, solicitando soluções públicas: paraciclos, bicicletário, … locais mais adequados para deixar a bicicletas.

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • Carlos

    Boa idéia, vindo principalmente de estudantes que serão usuários convictos da bicicleta. Tem lá seus problemas, mas para Chile, um país mais educado que o nosso, pode servir de bom tamanho.

    Thumb up 1 Thumb down 0

  • Fabio Tod

    A idéia é boa, pode ser aperfeiçoada e seria mais uma opção. Afinal a maioria das travas são facilmente arrebentadas.

    Thumb up 0 Thumb down 0

  • tiagobarufi

    Toda essa complicação só por preguiça de carregar uma trava?
    Esse projeto também não leva em consideração o número de postes disponíveis por pessoa :)
    O peso adicional dessa articulação e a perda de rigidez me parecem desvantagens suficientes.

    Comentário bem votado! Thumb up 5 Thumb down 0

    • Carlos

      Por falar em quadro. Creio que o pessoal que faz quadro com PET pode também dar alguma solução neste sentido. Contudo, são soluções para indivíduos que sentem insegurança, mas não conseguem soluções no terreno público. O certo é que a solução simples individual tenha segurança em público com paraciclos e bicicletários.

      Thumb up 0 Thumb down 0

Enviar resposta

  

  

  

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>